Saiba aqui a programação de festas de réveillon em Florianópolis (SC).

Quem ficou animado depois da confirmação da festa de Réveillon desse ano na cidade de Florianópolis, irá se decepcionar com a última notícia feita pela Secretaria de Turismo na terça-feira, dia 13 de dezembro. A programação para a virada na capital de Santa Catarina, que irá iniciar às 22 horas do último dia do ano de 2016 e terminará 1:00h da madrugada do dia primeiro de janeiro de 2017, a qual contará com show de um DJ e duas bandas locais. Os patrocinadores ainda não revelaram as atrações que estarão no evento. Os investidores serão liderados pelos Bares, Restaurantes e pelo Sindicato de Hotéis, da cidade de Florianópolis, e irão custear completamente o evento que acontecerá no trapiche, localizado na avenida Beira-Mar Norte.

Além de ter a programação diminuída, Zena Becker, a secretária de Turismo, informou que o espetáculo da queima de fogos de artifício teve uma diminuição de três minutos ao ser comparado com o ano de 2015. Ao virar o ano para 2016, somaram 22 minutos de queima dos fogos. Já para virar o ano para 2017, contabilizarão 19 minutos. Apesar disso, o município irá observar a entrada de 2 milhões de turistas neste ano, ou seja, o brilho do evento não será ofuscado.

A secretária garantiu que está sendo montada a festa com o que possuem, porém, irá haver uma descontinuidade se comparado com o ano de 2015, somente na duração dos fogos. Entretanto, esses detalhes estão sendo definidos ainda pela comissão organizadora e ainda esperam a mesma quantidade de participantes do ano passado, que bateu os 300 mil.

A prefeitura de Florianópolis irá participar no Réveillon 2017 apenas com questões referentes à infraestrutura. Assuntos referentes à segurança, limpeza, credenciamento de food trucks e comerciantes ambulantes, além da participação do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal e da SESP (que cuidará da iluminação pública) foram definidos em reunião na terça-feira. Da mesma forma que ocorreu no ano de 2015, não terá evento na Beira-Mar Continental, apenas segurança e banheiros públicos.

No final do mês de setembro, César Souza Júnior, o prefeito do município, direcionou R$ 4,5 milhões do orçamento do Carnaval e da programação de Réveillon para cobrir as contas públicas da prefeitura.

FILIPE R SILVA


O caminho que separa o litoral central catarinense da região serrana de Santa Catarina abrange aproximadamente 350 km, percorridos em cerca de quatro horas de carro, em que é possível desfrutar de uma das costas mais famosas do Brasil e das atrações típicas do turismo rural.

É o único lugar do planeta em que formações geográficas e climáticas tão distintas oferecem opções tão variadas de atividades num espaço tão curto.

Você pode aproveitar o  “turismo invernal”, como a comida típica em hotéis fazenda, mesmo no verão já que a temperatura na serra nunca é elevada como no litoral.

E no inverno da costa catarinense, pode-se aproveitar as praias, já que o frio não chega a ser extremo: diferente da serra, onde na mesma época, chega a nevar.

Assim, é possível usufruir as atrações de ambos num mesmo feriado!

Turismo de inverno e de verão em qualquer época de ano e economizando na locomoção!

Como destaque, seguem os sites das duas principais cidades das duas regiões: Lages (www.lages.sc.gov.br/turismo) e Balneário Camboriú (www.secturbc.com.br).

Por Emerson Del Sent


A Pousada Barra Mar fica em Imbituba, Santa Catarina, em meio à Praia de Ibiraquera.

Um casal apaixonado pelo local resolveu pesquisar as necessidades dos visitantes e construir uma pousada que as atendessem, proporcionando conforto, segurança, bons serviços, qualidade, sem deixar de lado a simplicidade dos moradores da região.

A pousada fica de frente para o local onde a lagoa se encontra com o mar. O local é muito utilizado para a prática do windsurf, do surf e do kitesurf.

Quanto às acomodações, há quatro opções disponíveis: Luxo, Luxo Romântico, Master e Família.  A pousada oferece um farto café da manhã em estilo tropical, serviço de camareira, kit praia (cadeiras de praia e guarda-sol), estacionamento, e também conta com um restaurante com pratos baseados na cozinha Mediterrânea.

Quanto às opções de lazer possui piscina, sala de jogos, sala de TV, mini biblioteca, churrasqueira, parquinho infantil, dentre outros. No período de agosto a novembro ainda é possível observar o espetáculo das baleias-francas.

Mais informações através do site www.pousadabarramar.com.br.

Por Elizabeth Preático


Um dos resorts mais descolados e luxuosos do Brasil, localizado em Santa Catarina, apresenta opções de pacotes para casais. Durante os feriados de Tiradentes e Páscoa, de 20 a 24 de abril, a hospedagem para quatro dias sai a partir de R$8.735, com todas as refeições e bebidas não alcoólicas incluídas. À parte, somente as taxas de ISS, turismo, room service, transfer, passeios e bebidas alcoólicas.

Localizado na península Governador Celso Ramos, o Ponta dos Ganchos possui 25 bangalôs exclusivos com vista para o mar. Em sua estrutura existe sala de ginástica, cinema, restaurante e bar, sala de jogos, quadra de tênis, piscina térmica e tendas para massagem, além de oferecer trilhas para bicicletas ou a pé, e passeios de helicóptero.

Informações e reservas podem ser obtidas pelo site www.pontadosganchos.com.br ou pelo telefone (48) 3262.500.

O Ponta dos Ganchos Exclusive Resort está localizado na Rua Eupídeo Alves do Nascimento, 104, em Governador Celso Ramos, Santa Catarina.

Por Danielle Vieira


O Resort Costão do Santinho, localizado em Florianópolis, apresenta pacote para o feriado de Páscoa e Tiradentes entre os dias 20 e 24 de abril e terá muita diversão para as crianças, como a chegada do Coelhinho da Páscoa no dia 23.

Além disso, elas terão uma extensa programação com brincadeiras e shows. No sábado, elas participarão de uma caçada aos ovos por todo o local; além de um almoço especial no domingo com música ao vivo. Os adultos também terão uma programação própria, com festa de boas vindas, luau, shows, aula de fitness e caminhada ecológica.

A hospedagem para quatro noites em apartamento standard sai a partir de R$ 1.654 por pessoa com sistema Vip Inclusive. Informações e reservas pelo site, acesse: www.costao.com.br.

O Resort Costão do Santinho está localizado ao norte da ilha de Santa Catarina. O complexo possui 750 mil metros quadrados de Mata Atlântica preservada e mais de 200 mil metros quadrados de área construída. Seu atendimento segue o padrão internacional, e possui restaurantes de alta gastronomia, SPA, campo de golfe, complexo esportivo e náutico. Sua capacidade é de 1.900 pessoas divididas em 14 vilas que levam os nomes de elementos da fauna e flora da região.

Por Danielle Vieira


O município de São Bento do Sul, localizado no Estado de Santa Catarina, sul do Brasil, é conhecido por seu potencial madeireiro, sendo o 1° Polo Exportador de Móveis do Brasil – “Capital Nacional dos Móveis” – e o 4° Maior Exportador de Santa Catarina.

Entretanto, o que poucos sabem é que a cidade também vem desenvolvendo seu potencial para o Ecoturismo: recantos, parques, morros, rios e cachoeiras compõem parte do roteiro turístico local.

Uma das atrações especiais é conhecida como “Ano Bom / Braço Esquerdo”, constituindo-se por um conjunto de cachoeiras (com quedas d’água de até 100 metros) que leva até belo portal de pedra, após o qual chega-se ao “Vale Perdido”, local com ainda mais cachoeiras, além de uma piscina natural com águas cristalinas.

O site da Prefeitura da cidade – www.saobentodosul.sc.gov.br – traz ainda outras informações sobre os demais locais para Ecoturismo em São Bento do Sul, como o Parque Natural das Aves, o Morro da Igreja e o Recanto Rural Água Doce. Vale a pena conferir!

Por Laura Skws.


Florianópolis, capital de Santa Catarina, é um paraíso à parte procurado por turistas de diversos lugares. Entre as inúmeras atrações da cidade está o Costão do Santinho Resort.

Localizado no norte da ilha, na Praia do Santinho, o resort possui 750 mil metros quadrados de área preservada de Mata Atlântica, além de uma ampla área construída, onde é possível desfrutar de várias opções de lazer como um conjunto de piscinas aquecidas, campo de golfe e complexo náutico e esportivo.

Sua estrutura e seu alto padrão de atendimento vêm dando ao Costão do Santinho vários prêmios como melhor resort de praia brasileiro.

Outra característica que se destaca no local é a preocupação com o meio ambiente. O Costão busca saídas ecológicas para os seus resíduos, por isso realiza o reflorestamento e reaproveitamento de cem por cento da água utilizada.

Conheça mais sobre o Costão do Santinho aqui.

Por Elizabeth Preático


O Resort Costão do Santinho, em Florianópolis, preparou um pacote especial para o carnaval 2011 que inclui, entre outras atrações, show com Diogo Nogueira, apresentação de escola de samba, shows de calouros, apresentação de circo e Desfile à fantasia.

A abertura do “CarnaCostão” será na sexta-feira e o show do cantor Diogo Nogueira acontecerá no sábado de carnaval, dia 5 de março. Além de matinês para as crianças, os adultos também poderão se divertir no futebol das bonecas com a escolha da “boneca Costão”. E para que ninguém esqueça o ambiente de praia maravilhoso do resort haverá Luau no dia 07.

As acomodações vão desde apartamentos standard até superior com valores a partir de R$ 147,00 a parcela. Nos intervalos das brincadeiras de carnaval o hóspede pode fazer caminhadas ecológicas, sandboard e aulas fitness.

O site do Costão é www.costao.com.br.

Por R. Tesch


Os bons restaurantes revelam o segredo daquele mar; uma mesa recheada de pratos ou petiscos à base de lula, camarões, ostras e mariscos abrem qualquer apetite. Mesmo quem nunca provou pratos exóticos pensa: “Eu não posso deixar esta oportunidade passar…vou morrer sem provar que sabor o mar tem? Já que eu vim até aqui não vou recuar”!

Não tem como sair dali sem a sensação de nunca ter comido nada igual, “lambendo os dedos” e de como era bom e suculento o prato principal. Preparados pelas mãos não de “chefs” famosos, mas pela de legítimos manezinhos e manezinhas que passam de mãe para filha, de vô para neto, os segredos de temperar os pratos como quem tempera a vida com paciência, ousadia, bom humor e uma dose de algo picante; assim são os restaurantes do Pântano do Sul em Floripa, abertos de segunda a sexta na temporada e nos feriados, sábados e domingos durante o inverno; servem pratos típicos da culinária local, sempre preparados com peixes e frutos do mar muito frescos, recém trazidos pelos barcos de pescadores da colônia local.

Pedacinho do Céu é um dos restaurantes na beira da praia que servem desde tira gosto à base de peixe ou camarão até lula recheada. Servindo pratos com gosto de comida preparada em casa, o restaurante é de uma antiga família do Pântano.

Sua simpática proprietária, dona Zenaide, comanda os filhos servindo as mesas ou na cozinha e desfila por entre as mesas certificando-se de que todos estão bem servidos. Conta histórias, dá informações sobre as praias, fala da história e das tradições açorianas que conseguem se manter mesmo com a modernidade tão presente; coloca a par da programação festiva do local e a quem solicitar.

As festas locais são sempre muito familiares e reúnem moradores e turistas; muito coloridas e alegres, dão charme ao vilarejo.

Passar um dia no “Panto sul” – apelido carinhoso típico da fala rápida do manezinho legítimo – é dar um banho na alma, um bronzeado no corpo e sentir vontade de recomeçar (mesmo que nada tenha acabado). Passe o dia todo lá, espere o entardecer e, quando partir,  guarde a saudade, sinta por antecipação a vontade de voltar para sentir todos os temperos e sensações daquele lugar mágico da Ilha da Magia.

Dica: se desejar desfrutar do mar vá em dia de sol e mar calmo, não se importe em entrar na água. Quer conhecer ou apenas desfrutar de um bom paladar estando a chover ou o vento sul a soprar,  leve um bom abrigo para pôr sobre o biquíni, pode ter certeza que o frio descobriu que você foi pra lá e no fim da tarde vai te encontrar, mesmo que seja verão.

Por Márcia Machinski


Quem deseja apenas passar por ali, pode chegar com o carro bem perto do mar (se levantar cedo para encontrar vaga) e estacionar sobre a areia, ouvir música e se bronzear. Se o que quer é descansar e ali ficar, a pedida é alugar uma casa de pescador e provar do estilo rústico do lugar.

Com as casas de madeira, de pedra ou tijolo de barro, encravadas no morro ou na vila ou na beira da praia; estamos falando do Pântano do Sul. Vilarejo no extremo sul da Ilha de Florianópolis que abriga uma das mais antigas colônias de pescador que cotidianamente, a toda hora, chegam do mar trazendo seus peixes e frutos.

Pela ponta esquerda da praia, quem não esqueceu o par de tênis em casa, pode subir o morro pela trilha para descer do outro lado e se deparar com uma das mais belas praias do mundo, a Lagoinha de Leste. Praia deserta, só pode ser acessada a pé ou de barco (se é dia de mar calmo).

Quem tem bom fôlego e é corajoso pode completar o passeio e subir o Morro da Coroa e lá no alto ficar de pé na pedra que imita uma prancha sob o vazio e fingir surfar sobre o mar verde da Lagoinha ao fundo. Leve alguém junto para registrar este momento único.

Todos irão invejar suas fotos e os seus futuros netos não acreditarão que você um dia foi até lá. Já na ponta direita fica a trilha para a praia da Solidão; como o nome bem diz, praia para sentar e pensar na vida ou em como pode existir lugares tão cheio de beleza, vida e paz.

Alugue casa, faça amizade com os moradores e logo descobrirá quem pode os acompanhar nesses passeios famosos. Agora se não dispõem de tanto tempo para ficar ali, pare no ponto de informações turísticas no aeroporto, na rodoviária ou na Ponte ou procure antes de sair em viagem pela internet e busque a indicação de guias ambientais profissionais. Com toda a segurança eles são preparados para conduzirem os turistas pelas trilhas da Ilha e levá-los para contemplar do alto as mais belas paisagens que misturam o urbano, o mar e a Mata Atlântica. Ainda de quebra contam segredos da Ilha que você levará de volta na bagagem e não serão contos de pescador.

Por Márcia Machinski


Quem pensa que passar as férias em Floripa é sinônimo de tomar sol, banho de mar, água de coco e andar no calçadão, está muito enganado. Estas imagens, tão associadas às férias na praia, tem tudo a e nada a ver com a Ilha da Magia, pois férias em Floripa é muito mais que promessa de descanso e bronzeado.

Em seus 57 km de extensão, Floripa reserva ótimos shoppings, cinemas 3D, museus, teatros, vida noturna para os diferentes gostos, gastronomia espetacular (que vai da comida mexicana à tainha na brasa com pirão de peixe, tradicional prato da Ilha) e não falta o açaí na tigela ou a torta integral de banana, preferidos pelos surfistas.

Janeiro é ainda promessa de muita atividade esportiva ao ar livre, desde os esposrtes radicais como saltar de pára-pente na Praia Brava, até a mais “zen” prática de Yoga, no paradisíaco cenário da Praia Mole. Isto, sem citar o inesquecível mergulho subaquático na Reserva da Ilha do Arvoredo, para iniciantes ou mergulhadores profissionais.

Se o que você quer mesmo é caminhar, isso pode se dar com os pés na água, em uma das suas mais de 30 praias balneáveis, ou nos calçadões da Av. Beira-Mar, do Cacupé, do Sambaqui, ou no Parque Ecológico do Córrego Grande. Este parque situado bem próximo ao centro da cidade, tem suas trilhas desfilando entre a Mata Nativa, contém mais de 100 espécies de árvores identificadas e possui trilhas adaptadas em condições de acessibilidade para pessoas com necessidades especiais de locomoção.

Ainda, se a noite estiver quente e sem vento, a dica é curtir a praia de Ponta das Canas. Com suas águas rasas e mansas, iluminação pública, turistas e moradores locais visitando a feirinha da pracinha, é frequente encontrar casais, pais e filhos, grupos de amigos, refrescando-se nesse cenário pitoresco.

Difícil será escolher entre os diferentes destinos e atividades oferecidas. Se depois das férias inesquecíveis, o turista ficar com a sensação de que não conseguiu aproveitar tudo e faz a promessa de que voltará nos próximos verões, isso não é um sentimento individual, é a sensação coletiva de todos que descobrem a magia da Ilha.

Para conferir a programação de atividades culturais, esportivas e das badalas programadas para este verão, acesse www.floripatem.com.br – ali você encontra desde onde emprestar bicicletas, até onde assistir aos ensaios das escolas de samba.

Por Marcia Machinski


Uma excelente opção nas férias são as excursões, forma bem econômica de viajar e estar na companhia de outras pessoas. Os pacotes de excursões para essa época de férias são muito variados assim como os preços.

A dica para esse ano é Balneário Camboriú, localizado em Santa Catarina no sul do pais, esse local reserva inúmeras belezas e passeios incríveis. Suas praias são belíssimas, repletas de atividades e programas para pessoas de todas as idades.

Através do site www.guiacamboriu.com.br você poderá ver algumas das paisagens que irá encontrar durante a viagem, além de informações sobre o turismo na cidade.

Os pacotes duram em média 7 dias, com hospedagem, translado e passeios incluídos, mas variam muito de acordo com a empresa organizadora.

Procure uma agência de viagens e verifique as opções, vantagens e formas de pagamento. Não perca tempo, aproveite suas férias!

Por Milena Evelyn


Santa Catarina é conhecida por seu clima frio, mas em épocas de calor, há ótimas opções para quem quer se refrescar e proporcionar diversão para a criançada.

O parque aquático Recantos das águas, oferece diversas atividades, dentre elas: a produção de pipas é uma das mais requisitadas pelos meninos. Há também oficina de circo, onde é ensinado para as crianças a arte de se equilibrar em uma perna de pau e os segredos dos malabares. A diversão toma conta quando a cama elástica é liberada para pular.

Na horta, os pequenos aprendem como plantar e colhem ingredientes para fazerem seu próprio lanche. E para quem pensa que de noite é só cama, está enganado, pois as brincadeiras continuam com contação de histórias e shows de talentos.

A takstour oferece pacote a partir de R$ 6.405, incluindo quatro noites, translados e pensão completa.

Para maiores informações, entre no site: www.takstour.com.br

Juliana Alves


A cidade de Nova Trento, localizada em Santa Catarina, é um ponto de visitação religiosa muito interessante. Lá, está o Santuário de Madre Paulina, ou Santa Paulina, uma mulher nascida na região de Vígolo, na Itália, que veio a Nova Trento e se destacou pela sua imensa dedicação aos mais necessitados.

No local onde viveu Madre Paulina, há diversos pontos de visitação para que os que lá chegam possam saber um pouco da história desta bondosa santa.

Um dos lugares do santuário é a colina, que em seu trajeto possui diversas placas de agradecimento dos fiéis por graças concedidas. No alto da colina encontra-se uma imagem de Madre Paulina, onde se pode contemplar, rezar e sentir toda a paz que o local proporciona.

Outros pontos de visitação são a igreja, suas capelas, e uma réplica da casa onde Santa Paulina viveu.

Por Elizabeth Preático


Estamos chegando nas últimas semanas para conseguir ver algum tipo de neve no Brasil. A Serra Catarinense costuma ser sempre fria, até mesmo no verão, mas nevar apenas ocorre no inverno…ao menos até agora.

O mês de agosto proporcionou um verdadeiro inverno europeu, com muita neve cobrindo estradas, árvores, casas e tudo mais.

Mesmo em outubro ainda há riscos de que isso ocorra por isso fique de olho no clima e nas previsões e corra para as regiões serranas para não perder este evento único que ocorre não apenas nos municípios catarinenses como em 20 municípios da Serra gaúcha. Não perca!

Por Victor Gonçalves


Uma opção de passeio no dia das crianças ou em qualquer outro dia que é sinônimo de diversão garantida para a família toda é uma visita ao Parque do Beto Carrero World.

O Beto Carrero além de ser o maior parque multitemático da América latina com mais de 10 milhões de metros quadrados é também zoológico, lá neste mundo encantado todos voltam a ser criança. Localizado no município da Penha em Santa Catarina o parque funciona das 9h às 18h, o calendário com os dias abertos vocês encontram em http://tinyurl.com/33xnxoce se você for ao parque no dia do seu aniversário apresentando a certidão de nascimento você entra e brinca de graça.

Além dos mais modernos e radicais brinquedos para todas as idades, o parque conta também com passeio na Ferrovia DinoMagic onde se faz um passeio pela época dos dinossauros, passando pela casa do Beto Carrero no Velho Oeste com direito a encenação de bandidos do velho oeste assaltando o trem, e tudo isso com o Betinho Carrero narrando o passeio, diversos animais no zoológico, shows dos mais diversos tipos como o espetáculo que é o Show das Águas Dançantes, o Excalibur, a África Misteriosa entre muitos outros.

Com toda certeza você e toda sua família irão curtir muito o passeio e voltarão muitas outras vezes, pois o parque esta sempre com novidades.

Por Ana Carolina


Se você não sabe onde ir em suas férias uma dica é a Serra Catarinense. Ela faz parte do grande complexo de cânions formado pela serra geral.

Na borda oriental da cadeia de montanhas fica o planalto de Santa Catarina.Lá em cima não se encontram apenas grandes paredões verticais, como o cânion das laranjeiras.

O platô abriga também o quarto pico mais alto do sul do Brasil, com 1822 metros, conhecido como morro da igreja.

Lá detém o recorde de frio do Brasil: 17 graus negativos registrados em 1990.

Umas das opções mais bonitas de se chegar é a estrada SC-438 que sobe a serra do Rio do Rastro até o município de Bom Jardim. A via chama atenção pelas curvas fechadas e pelas paisagens que oferece. Uma ótima dica é se hospedar no Rio do Rastro Eco Resort que fica no alto da serra.

Por Victor Gonçalves


Para quem não sabe aonde ir no inverno, segue aqui uma dica de amigo. Aparados da Serra, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul é a grande pedida neste frio, que é justamente a melhor época para se chegar lá,quando chove menos e o frio aumenta o aconchego das montanhas e a estiagem ocorre nos meses entre junho e setembro.

As opções de lazer são variadas, desde lojas, refeições que na serra são uma verdadeira incursão á maravilha da gula,visitas aos parques nacionais  e inclusive um passeio a cachoeiras dentro de terrenos particulares. 

Então, fique atento. Inverno? Passeio?Dúvida? Aparados da Serra !

Por Teresa Almeida


A cidade de Garopaba está situada no litoral Sul do Estado e Santa Catarina e é um dos destinos mais badalados da região durante a temporada de verão. Suas belíssimas praias atraem turistas, sendo em sua grande maioria jovens e surfistas, de todo o Brasil e de países vizinhos, como Chile e Argentina.

Sua população, que durante o ano soma aproximadamente 13 mil habitantes, chega a até 60 mil nos meses do verão. Entre as praias mais procuradas está a famosa praia da Ferrugem, muito freqüentada por jovens de alto poder aquisitivo e pelos amantes do surf. À beira da praia, dezenas de quiosques lotam durante todo o dia e boa parte da noite, sempre com muito agito e badalação.

Ao todo Garopaba conta com nove praias, das quais sete são excelentes para a prática de surfe, fato que deu à cidade o titulo de Capital Nacional do Surfe. Mas no meio de todo o agito, ainda é possível encontrar sossego e tranqüilidade em Garopaba.

Na região sul do município, há 14 quilômetros do centro da cidade, estão situadas duas praias que passam o verão praticamente desertas: a praia do Ouvidor e a praia Vermelha, ideais para quem não abre mão do silêncio e do descanso durante as férias.

Por Juliete Lunkes


Balneário Piçarras está localizado no litoral norte de Santa Catarina e faz divisa com o balneário de Penha, ambas muito procuradas por turistas do país inteiro durante a temporada de verão. Nos seus sete quilômetros de orla, um calçadão permite longas caminhadas e descontração aos fins de tarde. No lado norte está situado um dos grandes pontos turísticos naturais de Piçarras, a Ponta do Jaques, repleta de uma belíssima vegetação de restinga, localizada numa área muito procurada pelos surfistas devido a formação de grandes ondas.

As ilhas são outros grandes atrativos do balneário, como a do Itacolomi, formada por dois rochedos praticamente unidos. Na foz do Rio Piçarras, no limite sul da praia, é possível fazer passeios de escuna que ao até alto mar. Além da beleza das praias, Piçarras ainda possui grande destaque no turismo rural, com inúmeras áreas de lazer na tranqüilidade dos campos, onde é possível realizar passeios a cavalo, trilhas e passeios de pedalinho em suas lagoas.

Por Juliete Lunkes


A cidade de Navegantes, localizada no litoral catarinense, fazendo divisa com Itajaí, possui praias ainda pouco exploradas por turistas de lugares mais distantes. Apesar de possuir um dos maiores aeroportos de Santa Catarina, as belezas de suas praias muitas vezes são ofuscadas pelos balneários maiores e mais badalados.

Mas nem por isso Navegantes deixa de ser um ótimo destino turístico na temporada de verão. Sua orla limpa e bem cuidada abriga as praias de Gravatá e as praias do centro, onde há maior concentração de bares e quiosques à beira mar e onde circula a maior quantidade de gente durante o verão.

Além das praias, Navegantes revela outros belos pontos turísticos, como o Farol da Barra, que foi construído na década de 30 e atrai centenas de turistas devido a sua proximidade com as grandes embarcações que circulam diariamente no porto da cidade.

Outro excelente ponto turístico de Navegantes ainda é uma novidade, o Morro da Pedra. Do alto dele é possível ter uma visão panorâmica de toda a região, e ainda há uma ótima infra-estrutura para a prática de esportes radicais e trilhas ecológicas.

Por Juliete Lunkes


Itapema é um dos principais destinos turísticos de Santa Catarina durante a temporada de verão. Seus 14 quilômetros de orla marítima de águas calmas e limpas atraem turistas de todas as regiões do país, e também de países vizinhos. A cidade é ideal para famílias com filhos pequenos, pois costuma ser muito segura e tranqüila.

A cidade pequena, com aproximadamente 30 mil habitantes, se transforma durante o verão, onde seus mais de 160 mil turistas vão as ruas para participar dos inúmeros eventos ao ar livre promovidos na cidade. Na praça da Paz a concha acústica é palco de diversos shows nacionais gratuitos durante todo o verão.

A agitação maior fica em Meia Praia, parte sul da cidade. É lá onde ficam os shoppings e os bares com maior fervo e também onde um belíssimo calçadão repleto de excelentes bares e restaurantes fazem a alegria dos turistas.

Os prédios próximos à orla foram planejados para serem de baixa altura, permitindo que o sol atinja a praia na maior parte do dia. Os morros que cercam a cidade são de encher os olhos alguns dos lugares preferidos dos turistas para fotografarem é o Canto da Praia, com suas inúmeras embarcações e também a charmosa Ponte dos Suspiros.

Por Juliete Lunkes

Concha acústica de Itapema – Palco para eventos


Palhoça está localizada na região da Grande Florianópolis, litoral de Santa Catarina, e, além de possuir belas praias e belezas naturais, ainda é um importante pólo comercial e industrial e um centro onde a cultura está presente em diversos aspectos.  Suas praias  paradisíacas e parques ecológicos repletos de natureza vibrante não chegam a atrair turistas de locais muito distantes, mas é um destinos favoritos dos catarinenses conhecedores de seu litoral.  Entre as praias mais badaladas de Palhoça está a Guarda do Embaú, que atraí milhares jovens, principalmente de alto poder aquisitivo, durantes os fins de semanas do verão.

Quem prefere tranqüilidade, a melhor opção é a praia de Pinheira, que possui águas limpas e calmas e é cercada pela mata nativa, ideal para viagens em família. Além dos balneários, a cultura é pulsante em Palhoça. A arquitetura antiga, herdada pelos colonizadores alemães, italianos, açorianos e portugueses embelezam ainda mais as ruas da cidade. O artesanato local preserva os seus costumes e são reflexo de sua cultura, principalmente a indígena.

Fonte: Guia Santa Catarina

Por Juliete Lunkes


O município de Penha está situado no litoral norte catarinense e, além de sediar o Beto Carrero World, maior parque temático da América Latina, a cidade oferece o maior número de praias de toda a região e vários pontos turísticos e culturais.

Entre as praias mais visitadas em Penha estão a Praia da Armação, com suas águas calmas e límpidas, a Praia Alegre, perfeita para descansar devido a presença de várias árvores, e a Praia do Quilombo, muito propícia para a prática do surfe. Além destas há ainda inúmeras belíssimas praias, como a Praia Grande, a da Saudade, a de São Roque, a Vermelha e outras tantas.

Um dos lugares mais interessantes a serem visitados em Penha é a chamada Ilha Feia, que fica na divisa com a cidade de Piçarras, a vinte minutos da costa indo de barco. O lugar possui uma beleza natural impar e ainda abriga uma pequena caverna, praticamente inexplorada, chamada Gruta do Diabo. A Ponta da Vigia também é um belíssimo ponto turístico da cidade, pois de lá é possível ter uma visão quase completa de toda a costa da Penha.

Por Juliete Lunkes


O município de Barra Velha está localizado no litoral norte de Santa Catarina e um dos destinos turísticos mais procurados do verão quando o objetivo é ter descanso e tranqüilidade. A cidade pequena, de belas praias e mar manso, atrai turistas de todas as partes do país e dos países da América Latina.

A praia de Itajuba é uma das mais procuradas e sua vegetação ainda presente na areia, além de proporcionar uma belíssima paisagem, ainda traz um clima de tranqüilidade. A praia das Pedras Brancas uma das mais perfeitas para banho, por possuir um mar calmíssimo, além de proporcionar uma beleza única através de suas pedras brancas contrastando com as rochas escuras. 

Um dos lugares mais bonitos de Barra Velha é a lagoa, que se estende em direção ao mar, proporcionando a prática de esportes aquáticos, caminhadas ou um simples dia de descanso pela sua orla de grama ao mesmo tempo que se observa a tranquilidade de suas calmas águas.  

Por Juliete Lunkes


A cidade de Itajaí, localizada no litoral catarinense, apesar de possuir belas praias, não é tão lembrada assim quando o assunto é areia, ondas e água salgada. Famosa pelo seu porto, a cidade além de ser um excelente balneário para turistas no verão, é também berço de muita cultura e história. A praia Brava é a mais procurada por turistas do país inteiro, e de países vizinhos como Argentina e Chile, e é uma das poucas na região que não foi transformada em um badalado centro urbano.

A praia de Cabeçudas, apesar de mais urbana, consegue manter seu ritmo de organização, ficando lotada nos dias quentes do verão. Próxima a ela, está a praia da Atalaia, muito procurada pelos surfistas de toda a região. Nos dias não muito propícios para banhos de sol e mar, a cidade possui ainda um leque de outras atrações.

Seus prédios históricos, incluindo o belíssimo palácio Marcos Konder, que sedia o Museu Histórico, são de encher os olhos. Uma volta no píer turístico também é uma boa pedida, e você já pode aproveitar para tomar um café em um dos bares da cidade velha e dar uma volta do calçadão comercia Hercílio Luz.

Por Juliete Lunkes


O município de Bombinhas, no litoral catarinense, é repleto de belíssimas praias de águas claras e calmas. O clima perfeito para viagens em família ou viagens românticas é facilmente encontrado na pequena cidade. Suas ruas são tão calmas fora de temporada que em conjunto com suas casas e prédios impecavelmente bem cuidados lembra até uma cidade cenográfica.

Ao contrário da badalação presente em cidades próximas, como Balneário Camboriú, em Bombinhas você encontra descanso, tranquilidade e diversão sem grandes fervos.

O que mais chama atenção nas praias de Bombinhas é a água limpíssima e quase sem ondas, onde a vegetação ainda é onipresente e não foi castigada pelas mãos do homem. Entre as mais belas e paradisíacas praias está a praia da Conceição, perfeita para famílias com crianças pequenas, que podem se banhar uma piscina natural entre as rochas.

A praia de Canto Grande é uma das mais procuradas, junto com a do Mariscal, a praia de Zimbros e a de Quatro Ilhas.

Por Juliete Lunkes


Um dos principais destinos turísticos do sul do país no verão é a cidade catarinense de Balneário Camboriú. A pequena cidade, que em baixa temporada possui menos de 100 mil habitantes, no verão chega a um milhão de pessoas.

Além de sua beleza urbana, seus belíssimos prédios e ruas organizadas, sua praia central é uma atração a parte. O calçadão repleto de canteiros floridos lota no fim das tardes quentes do verão. O molhe, localizado no pontal Sul, é um dos pontos turísticos mais visitados e é onde também ficam as instalações do parque Unipraias, que conta com um teleférico que leva os turistas até a praia de Laranjeiras e um trenó que passa em alta velocidade no meio da mata nativa.

O pontal norte também é uma belíssima atração, onde os turistas podem caminhar em um longo deck sobre a água do mar ao pé de um morro, onde também é possível realizar trilhas ecológicas. Um pouco mais distante da praia também há outro belíssimo atrativo, o Cristo Luz. Localizado no alto de um morro, de cima dele é possível ter uma visão panorâmica de toda a cidade.

Por Juliete Lunkes


Na cidade de Apiúna, em Santa Catarina, foi reconstruído um trem Maria Fumaça utilizado até a década de setenta para o transporte local, que agora serve de passeio para os turistas que visitam a região da Ferrovia das Bromélias, na Estrada de Ferro Santa Catarina.

Durante o percurso, é possível verificar acima uma estrada que era utilizada antigamente e que fazia a ligação entre o Sul e os outros estados brasileiros. Também pode-se ver do alto a Usina de Salto Pilão, onde o rio passa em um pequeno tubo de gera energia através da água. Os passeios acontecem aos domingos, geralmente uma vês por mês, onde o trem sai de hora em hora, com duração de aproximadamente cinqüenta minutos.

Próximo ao local também se pode conferir uma deliciosa polenta com galinha durante o almoço e saborear um delicioso café com diversas opções de bolos caseiros feitos no local.

Por Elizabeth Preático


Ascurra é uma pequena cidade de Santa Catarina de colonização italiana cercada de belezas naturais. E para quem gosta de um passeio ecológico e gastronômico uma ótima opção é visitar Mariota, um complexo turístico rural com um restaurante de dar água na boca.

Lá tudo é muito simples, mas percebe-se o carinho e a alegria com que os pratos típicos italianos são feitos, além de ter aquele gostinho de comida caseira do interior. Você pode almoçar ao ar livre, contemplando um riacho com uma pequena queda d água ao som dos patinhos que nadam no local. Outra opção também é a vinícola Mondini que fica ao lado do restaurante e é aberta à visitação. Lá, os visitantes podem degustar os vinhos e sucos de uva feitos no local e conferir a arquitetura belíssima da cantina.

Por Elizabeth Preático


A pequena cidade catarinense de Pinheiro Preto nasceu a partir da construção de uma estrada de ferro. Sua colonização foi formada basicamente por imigrantes italianos e sua economia gira em torno da agricultura e principalmente na produção frutífera como a uva, maçã e pêssego, frutas típicas do clima temperado.

O Caminho dos Lírios é um dos locais mais bonitos do município. São ruas marcadas com pés de lírios por toda sua extensão repletas de cantinas com venda e degustação de vinhos e produtos coloniais. O Túnel Ferroviário é outro ponto interessante da cidade, construído em 1909 por meio da perfuração de uma rocha, ele tem cerca de 100 metros de comprimento.

Uma boa dica de hospedagem para quem for até a cidade é o hotel Três Colinas, que oferece quartos aconchegantes e seguros, além de um ambiente tranqüilo e rústico.

Por Juliete Lunkes


Dotada de muitas heranças da colonização italiana e germânica, o município catarinense de Presidente Getúlio conserva grande parte dos costumes através de seu folclore, culinária e projeções arquitetônicas. A cidade é conhecida como “Vale das Cachoeiras” devido às suas dezenas de quedas d’água, totalizando 72 cachoeiras. Juntamente com a intensa mata nativa da região, as quedas d’água tornam Presidente Getúlio um excelente ponto para a prática de esportes como o cascading, trakking, caboyning, voo livre e rapel.

Um das cachoeiras mais bonitas e também mais procuradas para a prática de rapel e canoying é a Cachoeira do Cará, que possui quedas de 62 metros de altura. A Cachoeira Tabarelli também é uma das mais procuradas devido aos seus 47 metros de queda.  Mas quem prefere um passeio mais calmo não pode deixar de conhecer o Recanto Favo de Mel, que conta com fabricação e venda de mel e derivados, além de possuir ótimos restaurantes e quiosques para acampamento.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


Rio Negrinho está localizado no Planalto Norte de Santa Catarina e sua colonização é basicamente formada por imigrantes alemães, portugueses, italianos e poloneses. Sua economia é baseada em suas inúmeras indústrias e no turismo rural, de aventura e principalmente de negócios. Um dos principais atrativos do municipio é a Maria-Fumaça, que oferece pequenas viagens até municípios vizinhos através de um belo trem a vapor.

Quem gosta de um clima de aconchego enquanto degustas maravilhas da culinária colonial, precisa conhecer o Café Colonial da cidade. Lá são servidos pratos multiculturais, sempre com o jeitinho colonial da mão de obra familiar.

Uma boa dica de hospedagem para quem visitar o município é a Pousada das Araucárias, que oferece uma deslumbrante área verde de cerca de 100 mil metros quadrados, com direito a campos e quadra de jogos, piscina, salão de festas, trilhas, café colonial e cavalgada.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


O pequeno município catarinense de Doutor Pedrinho faz parte da rota do Vale Europeu. Com a economia sustentada pela extração de madeira de reflorestamento e agricultura, a cidade conta ainda com belezas naturais espalhadas por todas as partes. Além de reservas biológicas, podem ser vistas com abundancia diversas grutas, cascatas, corredeiras, cachoeiras, cânions e morros. A paisagem atrai não apenas visitantes em busca de belezas naturais e tranqüilidade, como também centenas de praticantes de esportes radicais.

Aos interessados na prática de esportes como, canyoning, ducking, e rapel, a dica é entrar em contato com a Ativa Rafting, uma empresa especializada em turismo ecológico e de aventura.

Para quem visitar a cidade, uma sugestão de hospedagem é a Bella Pousada, que oferece quartos decorados, bem equipados e super aconchegantes, além de uma belíssima paisagem.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


Localizada em Santa Catarina, Joinville possui ingredientes distintos que se complementa. A herança dos imigrantes europeus, cultivada na dedicação ao trabalho, faz da cidade um lugar especial para se conhecer. Maior e mais rico município de Santa Catarina, com 490 mil habitantes, Joinville une a vocação industrial com a de centro de excelência em turismo. Cultura, história, gastronomia típica, eventos, atividades ligadas à natureza e à vida rural são alguns dos inúmeros aspectos que a cidade oferece.

Em Joinville há muito o que se fazer. Você pode caminhar pela Rua das Palmeiras e visitar o Museu Nacional da Imigração, conhecer o turismo rural da Estrada Bonita e do Pirai, ver a cidade do alto indo ao Mirante e passando pelo Parque Zoobotânico ou subir a Serra Imperial Dona Francisca. Os mais aventureiros podem ir com o barco Príncipe de Joinville III até São Francisco do Sul.

O município também é uma referência internacional na dança. Lá funciona a única filial em outro país da Escola do Teatro Bolshoi. O Festival de Dança de Joinville é o maior da América Latina. Anualmente envolve 4 mil bailarinos amadores e profissionais, atraindo um público de 50 mil pessoas. No roteiro há balé clássico, dança contemporânea, jazz, dança de rua, danças populares e sapateado.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


Conhecida por suas cachoeiras, rios, montanhas e piscinas naturais, a cidade catarinense de Ibirama atrai mais de trinta mil turistas anualmente. Repleta de natureza preservada, a cidade é chamada de “cidade dos belos panoramas”, e, além disso, ainda conserva características da colonização germânica, através de edifícios históricos, culinária e artesanato.

O município é rota certa para praticantes de esportes radicais como rafting, cascading, rapel, treking e canyoning. Um dos trechos mais procurados para a prática de rafting é o Morro do Pelado, que tem cerca 7,5 quilômetros. Através da  Eco Adrenalina os turistas podem curtir a aventura em vários pontos, principalmente nas descidas que correm em seis cachoeiras no Rio Rafael e no Ribeirão das Pedras.

Na Ferrovia das Bromélias, que recorta a topografia da serra do Rio Itajaí-Açu, é possível praticar trekking tendo como plano de fundo belíssimas cachoeiras e antigas pontes ferroviárias.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


Urupema está localizada na Serra Catarinense e se destaca pelo clima frio, pelas belas paisagens e pelo rio repleto de peixes que corta o centro da cidade. A cidade tem a maior altitude média do Estado, cerca de 1.425 metros, e por isso a geada é frequente pelos seus campos, e até a neve chega de vez em quando para encher os olhos dos turistas e moradores.

Um dos pontos turísticos mais interessantes da cidade é a cascata que congela. Situada no Morro das Torres, a cascata é uma suave queda d'água de 12 metros que, em dias muito frios, transforma-se em gelo, gerando uma linda paisagem. Em algumas ocasiões a cascata chegou a ficar congelada por cinco dias consecutivos. O Morro das Torres está situado no ponto mais alto da cidade, com 1.750 metros de altura que proporciona  uma visão panorâmica da bela paisagem da região.

Quem gosta de turismo rural não pode deixar de visitar a Fazenda do Barreiro. Fundada em 1782, a fazenda é administrada pela oitava geração do português José Joaquim Pereira. Em seu museu, a história dos mais de duzentos anos da fazenda é contada através de objetos.

Dentro da fazenda um hotel super equipado com 23 apartamentos dotados de aquecimento e abastecimento de água mineral de fonte própria é sucesso entre os visitantes. Lá ainda é possível fazer caminhadas, cavalgar, pescar em açudes e descer um rio de bote.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


A cidade catarinense de Sombrio possui uma faixa litorânea de cerca de 23 quilômetros e diversos atrativos turísticos, incluindo a Praia de Gaivotas, a Lagoa de Sombrio, o Morro da Moça e o conjunto de furnas. A zona urbana do município apresenta ainda atrações como o calçadão cultural marcado por belos quadros em mosaico e a Igreja de Santo Antônio de Pádua. Com uma economia forte e bastante diversificada, Sombrio também é um expressivo centro do turismo de compras da região.

A Lagoa de Sombrio é a maior lagoa de água doce de Santa Catarina, com 54 quilômetros de área, sendo muito utilizada para a prática de esportes náuticos e competições de motonáutica. Outra atração turística do município é o conjunto de cinco grutas conhecidas como Furnas de Sombrio. Os desenhos nas paredes das cavernas formam uma visão deslumbrante juntamente com as orquídeas, bromélias e lianasencontradas na entrada das cavernas. Em sua área ainda há um restaurante, um bar e banheiros para os visitantes.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


A cidade de Praia Grande é conhecida como a “Capital Catarinense dos Cânions”, fato que torna o município uma excelente rota turística em todas as estações do ano. Repleta de cachoeiras, piscinas naturais e muita mata nativa, Praia Grande mantém uma ótima infra-estrutura para turistas, com nove hotéis e pousadas de excelente qualidade, vários restaurantes e bistrôs, além de um aconchegante café rural.

Os Cânions dos Aparados da Serra fazem parte da Rota dos Cânions. Eles se localizam a poucos quilômetros da cidade e proporcionam visuais impressionantes, possibilitando também a prática de esportes radicais, como trekking, canyoning, rapei, bóia-cross, além de cavalgadas. É possível ainda tomar banho de cachoeiras e praticar caminhadas nas diversas trilhas. A Trilha do Canyon Malacara é feita no interior do Cânion, dentro do Parque Nacional da Serra Geral. O destaque da trilha é a vista das paredes do cânion e as várias espécies de animais como tucanos, sabiás e pica-paus.

Fonte: Praia Grande Turismo / Santur

Por Juliete Lunkes


O município catarinense de Videira faz parte do roteiro Vale da Uva e do Vinho, o que torna sua agricultura um grande atrativo turístico. Com aproximadamente 50 mil habitantes, a cidade possui excelente infra-estrutura para receber seus visitantes, dispondo de hotéis bem equipados e ótimos restaurantes.

Um dos atrativos turísticos da cidade é o Museu do Vinho Mário Pellegrin, construído em 1931, que conserva a história da uva de do vinho através de documentos, objetos, e equipamentos. O Observatório Astronômico Domingos Forlim é outro ponto que não pode ser deixado para trás por quem visitar Videira. Lá os turistas tem a inesquecível experiência de visualizar o universo, experimentando todo o deslumbre dos planetas e das estrelas.

A Estação Ferroviária, que hoje foi transformada em área de lazer, conta com a venda diversos produtos de artesanato. Um dos pontos mais bonitos da cidade é a Igreja Matriz Imaculada Conceição. Localizada em um dos pontos mais altos da cidade, a prédio pode ser visto de todos os lugares da cidade. Construída em estilo romântico, com forma de basílica, no ano de 1947, possui todo seu interior decorado com pinturas.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


O município catarinense de Piratuba é conhecida nacionalmente por suas águas, com temperatura de 38,6ºC e propriedades terapêuticas. Por conta disso, o turismo é a principal economia da cidade. No Parque Termal, também conhecido por balneário, os visitantes poderão usufruir de um complexo de piscinas de vários modelos: rasas, fundas, cobertas, ao ar livre, semi-olimpicas e com toboágua. Além das piscinas, há opções de banheiras de imersão, duchas individuais. A infra-estrutura do parque ainda permite práticas de iodoterapia, massoterapia, hidroginástica, e recreação. Também é possível realizar caminhadas em sua extensa área verde.

Quem for até Piratuba poderá também conhecer outros pontos turísticos interessantes, como Cascata do Monge, a Usina Hidrelétrica de Machadinho, o Cemitério Redondo, a Rota do Engenho, entre outros.  Quem gosta de adrenalina ainda pode fazer uma viagem de Maria-Fumaça construída na Bélgica em 1906 em um trajeto de quatro horas até a cidade Marcelino Ramos.

Fonte: Santur

Por Juliete Lunkes


Quem gosta de frio e sonha em ver neve sem ir para muito longe não pode deixar de visitar São Joaquim. O município catarinense, localizado no Planalto Serrano, a 276 km de Florianópolis, tem a maior altitude do país, sendo também o clima mais frio. No verão a temperatura dificilmente ultrapassa os 25 graus, e no inverno a média não passa dos 14, possibilitando até a neve em dias muito frios.

A paisagem coberta de gelo no inverno encanta turistas de todo o país que hospedam-se em hotéis luxuosos ou então em pousadas mais simples e econômicas. Além do frio, outro atrativo turístico da cidade é a Festa Nacional da Maçã, que tornou a cidade conhecida por produzir as melhores maçãs do país. A igreja Matriz é outro ponto turístico que não pode deixar de ser visitado pelos turistas que forem apreciar o friozinho e a tranquilidade de São Joaquim.     

Clique aqui e confira dicas de onde se hospedar em São Joaquim

Por Juliete Lunkes


A cidade mais alemã do Brasil tem pouco mais de 25 mil habitantes e carrega um charme todo especial. Localizada entre as cidades de Blumenau e Joinville, Pomerode conserva as antigas características e construções desde sua colonização. Entre elas está a fábrica da cerveja Schornstein, a primeira cervejaria artesanal de Santa Catarina. O prédio da fábrica tem cerca de 50 anos de existência e é tombado pelo patrimônio histórico municipal.

Quem vai à Pomerode não pode deixar de conhecer também os quatro museus da cidade: o Pomerano, a Casa do Imigrante, a Casa do Artesão e o Museu do Marceneiro. Outro atrativo é o Zoo Pomerode, terceiro zoológico mais antigo do país, onde é possível conhecer mais de 250 espécies de animais, entre elas, 19 espécies que estão ameaçadas de extinção.

A paisagem bucólica da Rota Enxaimel, maior acervo de construções alemãs fora da Alemanha, é perfeita para quem busca tranqüilidade e descanso nas férias de inverno.

Por Juliete Lunkes


Quem pretende curtir um inverno intenso, com direito até a neve, pode realizar este sonho sem precisar sair do Brasil. A cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, possui um inverno cuja temperatura pode chegar a dez graus negativos, congelando lagos e cachoeiras e rendendo bons papos ao redor da lareira ou do fogão a lenha.

É durante o mês de abril que São Joaquim realiza a colheita das suas plantações de maçã, que é considerada a melhor do país, e onde ocorre também a Festa da Maçã, durante dez dias consecutivos, com diversas receitas deliciosas a partir da fruta. Uma outra atração local é a vinícola Villa Francioni, aberta à visitação com direito à degustação e explicação sobre a produção do vinho.

Por Márcia V. L. Galvão


Santa Catarina como todos sabemos é o estado que mais atrai turistas que buscam qualidade de vida, belezas naturais e conforto.

Uma das cidades mais visadas, além da famosa capital e ilha da magia; Florianópolis, é Balneário Camboriú. Não é nem de perto tão grande quanto a vizinha “Floripa”, mas também possui sua própria ilha, a das cabras, na área central de sua costa. Balneário é um paraíso de hotéis caros e desenvolvidos para atrair com bom gosto e sofisticação.

Há também shoppings, grandiosas casas de decorações que não deixam nada a dever as grandes metrópoles e também atrativos diversos, planejados para manter fiéis os seus visitantes, como o bondinho, o teleférico, barco pirata, uma marina requintada, bares e restaurantes de cozinhas internacionais, além de praias paradisíacas bem próximas ao balneário. Não perca a oportunidade de visitar esta linda cidade!


Santa Catarina é o estado ambicionado por uma grande quantidade de brasileiros para morar. A qualidade de vida e as belezas naturais por si só já bastam-se para arrancar suspiros e uma inveja positiva dos que lá vivem. Para quem não pode realizar este desejo visitar, a princípio, já está de bom tamanho.

A praia do Rosa localizada entre garopaba e Imbituba é um desses destino dos sonhos. Conhecida pela prática de Windsurf, surfe e vela, o loca é um paraíso frequentado por surfistas e admiradores de esportes náuticos. As ondas são altas, o verde é extasiante e as montanhas cobertas pela mata atlântica.

Existe bastante opções de hospedagem, os restaurantes servem delícias caprichadas e o resto a própria praia se encarrega de oferecer. E é por essa e por outras que Santa Catarina é o sonho de consumo de muita gente!

Por: Teresa Almeida


Os apreciadores de lugares frios, gelados e onde cai até neve em certos períodos do ano, não precisam ir para a Europa ou América do Norte, dentre outros, para encontrarem esse tipo de clima. Aqui no Brasil, em Santa Catarina, temos a cidade de São Joaquim, lugar de clima muito diverso e ares europeus.

O período ideal para se apreciar a precipitação de neve é entre os meses de junho e agosto, época em que o clima é glacial na Serra Catarinense. Toda a região fica tomada pela neve que cobre tudo, casas, campos, montes e isso acontece até três vezes durante o ano. As árvores chegam a congelar a temperaturas de até -10° C é muito frio. A região é famosa, também, pela produção de maçãs de excelente qualidade e todos os anos acontece na cidade a Festa Nacional da Maçã que é muito concorrida e atrai pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo.

Para conhecer e comprovar a beleza natural, diversidade cultural e a hospitalidade da população de São Joaquim, só indo lá. Ficou interessado? Saiba mais, clicando aqui.

Por Lindomar Vieira


Foi nesta região de Santa Catarina que aconteceu a Guerra do Constado, entre 1912 e 1916. A região que serviu como palco para uma das mais violentas guerras do país é hoje uma das mais visitadas do estado.

A região atrai por sua variedade de paisagens e culturas. Você pode começar o passeio pela Rota da Amizade, formada pelas cidades de Piratuba, Treze Tilhas, Videira, Tangará, Fraiburgo e Pinheiro Preto, onde estão os melhores hotéis, restaurantes e as paisagens mais lindas.

Entre as muitas opções de visitação na região estão um passeio ao Lago das Araucárias, em Fraiburgo e um banho nas águas termais de Piratuba.

Por Rosana Radke


A maior cidade de Santa Catarina, Joinvile, também é uma das mais procuradas pelos turistas. Reconhecida pelas flores que embelezam a cidade, Joinvile atrai turistas em várias épocas do ano, principalmente em época do Festival de Dança, que acontece uma vez por ano.

 Joinvile é a única cidade do Brasil e do mundo a sediar uma filial do Teatro Ballet Bolshoi de Moscou.

Além da dança a cidade é conhecida como Cidade das Flores, ela inclusive sede o Festival das Flores, um evento anual.

Se você preferir passeios ligados à cultura e à história pode ir ao Museu Nacional da Imigração e Colonização, localizado na famosa Rua das Palmeiras.

Por Rosana Radke


Descoberta em 1504 pelo navegador francês Binot Palmier de Gonneville, a cidade de São Francisco do Sul, no norte de Santa Catarina, é a mais antiga do estado e também uma das mais antigas do país.

Fazer turismo por esta cidade é pegar carona por seu passado histórico: são mais de 150 prédios históricos reunidos somente no centro de São Francisco do sul. Às margens do Oceano Atlântico, a cidade encanta os turistas com suas belezas naturais e arquitetura em estilo português.

Passeie pelo litoral da cidade e visite as vilas de pescadores, que tentam manter as tradições. As praias também são muito procuradas, entre elas a Praia Grande e a Prainha ficam lotadas no verão. Não deixe de conhecer o Museu Nacional do Mar e o Forte Marechal Hercílio Luz.

Por Rosana Radke


Urubici é o lugar perfeito para descansar e curtir o frio no inverno. A mais ou menos 2 horas de Florianópolis, a cidade fica no ponto mais alto do Brasil e, em conseqüência, é uma das mais frias.

Quem pretende se aventurar encontra diversas opções em Urubici. Entre os mais procurados estão o Rafting, o rapel, o montanhismo e as trilhas ecológicas.

A cidade é pacata, mas com uma boa estrutura hoteleira para recepcionar os turistas. Há restaurantes que servem comidas típicas e chocolatarias.

O contato direto com a natureza, com o frio e a rusticidade são marcas registradas desta cidade serrana, com povo acolhedor e hospitaleiro.

Por Rosana Radke


Bares, restaurantes, boate, e até um museu arqueológico compõe o Costão do Santinho, o mais completo resort do sul do país. Com uma área superior a 1 milhão de m2, o resort luxuoso fica no norte da ilha de Florianópolis.

O resort é um verdadeiro conto de fadas para os hóspedes.  Com padrão internacional aliado à beleza da ilha, encanta até quem está acostumado a ambientes requintados. Lá fora o visual fica por conta dos costões rochosos, das dunas e de uma reserva particular de Mata Atlântica.

O Costão do Santinho possui 625 aptos e suítes, e as opções de lazer do resort incluem passeios à cavalo, saunas, trilhas ecológicas, parede de escalada, Costão Game, com jogos eletrônicos, e muito mais.


A maior colônia austríaca do Brasil é uma cidade pequena, sossegada e aconchegante chamada Treze Tilhas. A cidade fica no oeste de Santa Catarina e atrai turistas em todas as épocas do ano. Treze Tilhas fica em meio a colinas e jardins e a arquitetura, tipicamente austríaca, está por todos os cantos, desde as floreiras até as casas em estilo Alpino.

Além da cultura austríaca, quem visita a cidade pode conhecer o parque Lindendorf, que oferece shows de músicas típicas e o Termas Internacional Vale das Tílias, abastecido por águas termo-minerais.

Apesar de a cidade ser pequena, a estrutura hoteleira é muito boa, com mais de 500 leitos à disposição dos turistas. Com relação à culinária, se prepare para saborear pratos típicos, com nomes difíceis de soletrar, como apfelstrudel e gulash.

Por Rosana Radke


Há 80 quilômetros ao sul de Florianópolis, a Praia do Rosa é cercada de beleza por todos os lados. Com sete quilômetros de extensão, em formato de meia-lua, a praia atrai todos os anos milhares de turistas.

Em 2003, a Organização Não Governamental Club de las plus belles baies du monde, com sede em Paris, reconheceu a Praia do Rosa como uma das 30 baías mais belas do mundo.

Nos cantos da praia o mar é agitado, lugar muito freqüentado por surfistas. Ao centro o mar é calmo, propício para curtir ao lado da família. E não é só isso não, os morros ao fundo escondem um conjunto de quatro lagoas.

Outro grande atrativo é a observação das baleias franca, que vêm à Costa Catarinense se reproduzir. A melhor época para avistar as baleias é entre os meses de julho e outubro.

Para saber mais sobre a praia, hotéis, pousadas e casas para alugar na região acesse o site http://www.praiadorosa.tur.br

rosanorte

Por Rosana Radke


Santa Catarina é o menor estado da região Sul do Brasil, e sua capital atrai os mais variados tipos de turista desde surfistas a pessoas que gostam do ecoturismo, esportes radicais, quem gosta de paisagens rurais etc.

As hospedagens agradam todo o tipo de gostos e bolsos, se pode alugar a casa de um pescador a, até mesmo, passar a temporada em um luxuoso resort paradisíaco.

No aspecto natural as paisagens na capital catarinense estão à altura do Rio de Janeiro com diversas montanhas, lagoas, dunas, manguezais, Mata Atlântica, restingas e várias praias, oficialmente 42 praias, selvagens ao sul e urbanas ao norte.

Se você for a Florianópolis tente ficar na cidade por uma semana, pelo menos, já que, algumas atrações como, os passeios de barco para a Ilha do Campeche e para as fortalezas coloniais duram 1 dia cada. Lembre-se que o Sul não é igual ao Nordeste, lá só faz calor na primavera e no verão. Não se impressione se a vontade de voltar para Floripa for muito grande, é o que acontece naturalmente com a maioria dos turistas, nunca se vai à cidade uma vez só.

Para ver um bom guia da cidade com as principais atrações clique aqui.

Por Levi Rocha


A cidade de Iomerê, a 425 km de Florianópolis, é um município do interior catarinense ideal para quem deseja conhecer os costumes do interior do Estado. Entre seus pontos turísticos, destaca-se o Parque Santa Paulina, inaugurado em 2002. O espaço foi construído para que visitantes e moradores possam ter momentos de tranquilidade em meio à natureza.

Outro ponto histórico de Iomerê é a Praça Prefeito Waldemar Kleinübing, propício para os turistas que gostam de resgatar a história das cidades que visitam. Ali, era um campo aberto utilizado pela comunidade como espaço de lazer, onde celebravam as festas do ano e praticavam esportes. Hoje, a praça está reformada, ganhou ‘cara nova’, está mais segura e com um monumento que homenageia o colono.

Hospede-se em Caçador, a 79 km de Iomerê:

Paula Cassandra


A 105 km de Florianópolis, a cidade de Ilhota é uma ótima opção para descansar e aproveitar as belezas da natureza. Um de seus pontos turísticos é o Recanto Duas Quedas, um espaço maravilhoso com infraestrutura de cabanas e locais para se alimentar. Também conta com trilhas ecológicas, piscinas, quadra de esporte e, para as crianças, toboáguas.

As trilhas são de fácil acesso e os turistas podem percorrê-las sozinhos, sem guias, tranquilamente, desfrutando de uma paisagem fascinante em meio à natureza. O recanto é um dos inúmeros atrativos naturais de Ilhota, sendo considerado um dos lugares mais bonitos do município.

Escolha entre uma das opções abaixo para descansar:

  • Camping Parque Botânico Morro do Baú (47) 3348.8725
  • Hotel Ilhota (47) 3343.1883
  • Hotel Itaguaçú (48) 3241.2424‎

Paula Cassandra


Ilhota, a 105 km de Florianópolis, é um lugar lindíssimo repleto de pontos turísticos com belas paisagens. O Parque Ecológico do Morro do Baú é um deles, situado na localidade de Alto Baú, conta com 750 hectares de Mata Atlântica.

O lugar possui grutas e cachoeiras, além de um pico com 819 metros de altura. O parque tem área para acampar e infraestrutura necessária para receber os visitantes com aconchego, aonde é possível ainda praticar futebol e voleibol.

Entre as trilhas que o lugar oferece, existe uma autoguiada que leva até o topo do morro, quem chega até o local tem o privilégio de uma encantadora vista da região, que abrange o Balneário Piçarras e o Camboriú, entre outras praias.

Além do acampar, o turista pode escolher um dos seguintes locais para se hospedar:

Paula Cassandra


Dionísio Cerqueira está a 809 km de Florianópolis, é o lugar ideal para os turistas que gostam de aventura e desbravar terras pouco conhecidas. Os visitantes podem escolher entre conhecer a cachoeira ou o cânion da região.

A Cachoeira do Toldo, a 8 km da zona urbana, é acessada apenas por uma estrada de chão, é um local muito agradável para passar o dia. Conta com área de camping, churrasqueira e açudes para se refrescar.

Já o Cânion do Assentamento é um lugar extremamente lindo, conta com uma trilha em meio à vegetação e durante seu percurso encontram-se quatro fascinantes cachoeiras. A mais alta tem 62 metros de altura.

Hospede-se em uma das seguintes opções:

Hotel Iguaçu (49) 3644.1029

Hotel Província (49) 3644.1261

Palace Hotel (49) 3644.1748

Por Paula Cassandra

Chapecó, a 630 km de Florianópolis, é o destino certo para turistas que desejam conhecer o interior catarinense. Lugar de diversos atrativos, o município conta com o Balneário de Águas Termais, onde a água quente natural é mineral e sulfurosa, numa temperatura média de 43º C.

Já o Ecoparque é uma área lindíssima para entrar em contato com a natureza, tem árvores nativas e exóticas, uma pista para se exercitar e caminhar, bem como praticar esportes. O Parque Palmital também possui infraestrutura e o Parque das Palmeiras é uma área bem arborizada e iluminada.

A Gruta de Sede Figueira é um atrativo encantador, formado por três grutas, que se transformam numa cachoeira com 8 metros de altitude. A Trilha dos Mistérios do Rosário encontra-se entre a mata nativa e possui 15 esculturas de pedra em seu trajeto.

Hospede-se:

Eston Hotel (49) 3323.1044

Golden Hotel (49) 3331.0311

Almasty Hotel (49) 3361.2300

Por Paula Cassandra

Distante 630 km de Florianópolis, situa-se o município de Chapecó. Nele encontra-se o Vale do Rio Uruguai, que pode ser avistado em toda a sua magnitude ao descer a serra. Do Mirante da Ferradura também é possível se ter uma bela visão do rio.

Nas estradas que cercam o Rio Uruguai, encontram-se paisagens bucólicas, de rara beleza, com uma imensa biodiversidade de animais e plantas. Os turistas não podem deixar de conhecer também a Trilha do Pitoco, formada por cinco cachoeiras, a maior delas conta com 45 metros de altitude.

Uma das quedas deságua numa piscina natural de águas cristalinas, ideal para um banho refrescante. O destino da caminhada é um deslumbrante recanto ecológico para apreciar a natureza e praticar esportes, como o rapel.

Algumas sugestões para pouso:

Hotel Chapecó Plus (49) 3361.7200

Hotel Ideal (49) 3322.0362

Hotel Chap.Center (49) 3361.8200

Por Paula Cassandra

Chapadão do Lajeado, a 194 km de Florianópolis, é um lugar exuberante com atrativos naturais de incontestável beleza. A Cachoeira do Rio do Salto tem uma queda d’água de 90 metros, junto a ela, localiza-se uma imensa caverna. Para se chegar até a cachoeira, caminha-se por uma trilha ladeada por um paredão de rocha.

A flora e a fauna da região contam com um diversificado conjunto de espécies. Já o Morro da Santa possui uma trilha com mais de mil metros que leva a imagem de Nossa Senhora Aparecida, em seu topo. O cenário é também usado para a prática de esportes, como as escaladas e a asa-delta.

Algumas sugestões para se hospedar em Rio do Sul, a 54 km:

Hotel Demarchi (47) 3525.1125

Hotel Mauri (47) 3521.0768

Hotel Schreiber (47) 3521.2219

Por Paula Cassandra

A 43 km de Florianópolis está a cidade de Celso Ramos, repleta de cascatas para turistas de todos os gostos. As quedas formam cenários de grande beleza junto à natureza, destacam-se a Cascata em Lageado da Atafona, com uma queda de 22 metros, a Cascata Pouso dos Tropeiros, com 24 metros, e as duas quedas d’água, uma de 20 e a outra com 60 metros, que constituem as Cascatas do Lageado Ellas.

A Cascata do Lageado Nossa Senhora de Lourdes, a Cascata Giácomo Bernerdo Ferrari e a Cachoeira do Marmeleiro são outros atrativos encantadores de Celso Ramos. As Furnas também são uma opção para visitar. A principal delas é a do Brechó, um lugar fascinante, que tem a sua frente a lindíssima queda da Cascata da Furna, com 43 metros.

Algumas dicas para se hospedar:

Hotel Porto da Ilha (48) 3322.0007

Coral Plaza Hotel (48) 3225.6002

Hotel Oscar (48) 3222.0099

Por Paula Cassandra

A rede hoteleira, de restaurantes e bares de Blumenau, em Santa Catarina, vive momentos de êxtase no mês de outubro. Devido a festa típica alemã, que acontece desde 1984, no mês de outubro e a quantidade de pessoas chega a triplicar na cidade e região.

Vários shows e espetáculos acontecem nos pavilhões do Centro de Convenção e os bailes típicos germânicos garantem a animação durante todo o dia. Regado a muito Chopp e com várias opções de pratos típicos da Alemanha, é uma forma de divertimento antes das festividades do final de ano.

A cidade de Blumenau está preparada para atender todos os turistas, a infraestrutura local é excelente e os empresários locais demonstram simpatia e gratidão aos turistas sedentos por festa e divertimento.


A Festa do Pinhão em Lages é uma ótima oportunidade para conhecer o maior município em território de Santa Catarina. A festa é realizada em julho e é um grande evento, pois ocorrem vários shows e eventos no Parque de Exposição.

São oferecidos diversos pratos típicos como, por exemplo, o Entrevero, Pinhão de várias formas e em diversos pratos. Quentão e churrasco servem para esquentar o clima, até porque as temperaturas normalmente chegam a zero grau, ou menos.

Campings, hotéis e pousadas necessitam de reservas antecipadas, pois são muito procurados e solicitados. É um evento que atraem gaúchos, catarinenses e paranaenses principalmente, inclusive vários turistas de outros estados.


A maior festa alemã das Américas de 2009 já tem dada e hora para começar: a Oktoberfest 2009 começará às 22 h, no dia 1o de outubro, logo após o desfile oficial de abertura, às 19h30m, com entrada gratuita.

A festa, que já está na sua 26a edição, oferece muito chope, muita música e muita comida, não podendo faltar os pratos típicos alemães mais populares, como o kassler (costeleta de porco, salsicha branca e vermelha, purê e chucrute), eisnbein (joelho de porco e demais acompanhamentos) e marreco assado.

Nos domingos da festa bandas tocam a partir das 16 h e animam os participantes. E para quem não sabe, o Bierwagen (carro da cerveja) distribuirá chope de graça pelo centro da cidade sempre no período da tarde.

Fonte: http://www.proeb.com.br/oktober2009


Os turistas que desejam desvendar o interior de Santa Catarina precisam visitar Xanxerê, distante 550 km de Florianópolis. A pequena cidade é tranquila e entre seus atrativos naturais, destacam-se suas cascatas.
A Cascata S’manella é uma das três exuberantes quedas d’água que caem no Rio Chapecozinho. Elas foram um dos mais belos cenários da região e estão localizadas na divisa das cidades de Xanxerê com Ipuaçu.
A Praça Tiradentes é outro ponto turístico do município, muito arborizada, é propícia para o descanso em uma de suas sombras. No local, encontra-se a Casa do Artesanato, que oferece exposições permanentes com diversos produtos locais para os visitantes levarem de lembrança.
Escolha uma das opções para se hospedar:
Center Hotel (49) 3441.5900
Hotel do Viajante (49) 3433.0221
Hotel Xanxerê (49) 3433.0699

Os turistas que desejam desvendar o interior de Santa Catarina precisam visitar Xanxerê, distante 550 km de Florianópolis. A pequena cidade é tranquila e entre seus atrativos naturais, destacam-se suas cascatas.

A Cascata S’manella é uma das três exuberantes quedas d’água que caem no Rio Chapecozinho. Elas foram um dos mais belos cenários da região e estão localizadas na divisa das cidades de Xanxerê com Ipuaçu.

A Praça Tiradentes é outro ponto turístico do município, muito arborizada, é propícia para o descanso em uma de suas sombras. No local, encontra-se a Casa do Artesanato, que oferece exposições permanentes com diversos produtos locais para os visitantes levarem de lembrança.

Escolha uma das opções para se hospedar:

Center Hotel (49) 3441.5900

Hotel do Viajante (49) 3433.0221

Hotel Xanxerê (49) 3433.0699


Santa Rosa de Lima, a 120 km de Florianópolis, é uma cidade do interior catarinense. Nela, é possível visitar sítios e apreciar a gastronomia local. O Sitio da Cristini é ideal para os turistas que desejam descansar. Da casa, avista-se uma área verde nativa, da onde se escuta o ronco do bugio.
Os turistas são convidados a colher frutas, ovos, pescar no açude e tirar leite de vaca, o que aproxima o visitante da forma de vida do lugar. Ao final da estadia, pode-se adquirir produtos da região, como queijo, macarrão caseiro e mel.
O Sítio da Tabita é outra opção, o visitante é convidado a se deliciar com a comida caseira local, que é feita em fogão a lenha. Além da maravilhosa gastronomia, o lugar encanta com sua paisagem, que oferece caminhadas e pesca.
Descanse em:
Pousada Tenfen (48) 8802.5304
Pousada Vitória (48) 3654.0048
Hotel Stuepp (48) 3654.0040

Santa Rosa de Lima, a 120 km de Florianópolis, é uma cidade do interior catarinense. Nela, é possível visitar sítios e apreciar a gastronomia local. O Sitio da Cristini é ideal para os turistas que desejam descansar. Da casa, avista-se uma área verde nativa, da onde se escuta o ronco do bugio.

Os turistas são convidados a colher frutas, ovos, pescar no açude e tirar leite de vaca, o que aproxima o visitante da forma de vida do lugar. Ao final da estadia, pode-se adquirir produtos da região, como queijo, macarrão caseiro e mel.

O Sítio da Tabita é outra opção, o visitante é convidado a se deliciar com a comida caseira local, que é feita em fogão a lenha. Além da maravilhosa gastronomia, o lugar encanta com sua paisagem, que oferece caminhadas e pesca.

Descanse em:

  • Pousada Tenfen (48) 8802.5304
  • Pousada Vitória (48) 3654.0048
  • Hotel Stuepp (48) 3654.0040

A cidade de Rio do Sul, a 237 km de Florianópolis, é um belo lugar para conhecer. Entre seus pontos turísticos, destaca-se a Ponte dos Arcos, erguida em 1936, está sobre Rio Itajaí do Sul e é patrimônio histórico do município.
Ligada à preservação de sua história, o lugar conta com o Museu Histórico Cultural de Rio do Sul e o Arquivo Público Histórico, ambos instalados na antiga sede da Estação Ferroviária, também construída nos anos 1930, é considerada uma das mais belas do Estado.
Já no Museu Ferroviário, o turista pode passear em 500 metros de trilhos, dentro de uma Maria Fumaça restaurada. O Morro dos Três Picos, de 965 metros, a Cachoeira da Magia e o Recanto Cachoeira dos Índios são os atrativos naturais da cidade, todos guardam fascinantes paisagens.
Pouse em:
Novo Hotel Tinho (47) 3525.3130
Hotel Ferrari de Ambrósio (47) 3521.0262
Hotel Aliança Express (47) 3531.5900

A cidade de Rio do Sul, a 237 km de Florianópolis, é um belo lugar para conhecer. Entre seus pontos turísticos, destaca-se a Ponte dos Arcos, erguida em 1936, está sobre Rio Itajaí do Sul e é patrimônio histórico do município.

Ligada à preservação de sua história, o lugar conta com o Museu Histórico Cultural de Rio do Sul e o Arquivo Público Histórico, ambos instalados na antiga sede da Estação Ferroviária, também construída nos anos 1930, é considerada uma das mais belas do Estado.

Já no Museu Ferroviário, o turista pode passear em 500 metros de trilhos, dentro de uma Maria Fumaça restaurada. O Morro dos Três Picos, de 965 metros, a Cachoeira da Magia e o Recanto Cachoeira dos Índios são os atrativos naturais da cidade, todos guardam fascinantes paisagens.

Pouse em:

Novo Hotel Tinho (47) 3525.3130

Hotel Ferrari de Ambrósio (47) 3521.0262

Hotel Aliança Express (47) 3531.5900


Águas Mornas, a 36 km da capital catarinense, é uma região de grande importância ambiental. Na cidade, está a Cachoeira do Rio Salto, um delicioso lugar para tomar um banho refrescante e praticar esportes, entre eles, o rapel.

Próximo dali, o Mirante do Rio Salto é o lugar perfeito para se ter uma visão panorâmica do município e apreciar o belo cenário composto por vales e cachoeiras. Outra cachoeira é a do Rio dos Porcos, o turista precisa fazer uma caminhada em meio à vegetação para chegar até ela.

Águas Mornas possui uma das melhores águas do país, encontrada no Fontanário Luiz Elias Daux, todos os turistas podem experimentá-la. Outra deliciosa água, mas indicada a um delicioso banho é a da Queda Wasserplatz.

Hospede-se em:

  • Pousada Rancho Paraíso (48) 3245.9263
  • Pousada Cascata das Bromélias (48) 3246.0920
  • Águas Mornas Palace Hotel (48) 3245.7015

São muitas as belezas que Santa Catarina oferece, algumas estão localizadas na cidade de Águas de Chapecó, distante 665 km de Florianópolis. No município, existe o Salto do Rio Chapecó, formado por uma vegetação selvagem que circunda as corredeiras do Rio Chapecó, é o lugar certo para quem aprecia os esportes radicais.

Já o Salto do Rio Uruguai, também situado em Águas do Chapecó, constitui-se de corredeiras com deliciosas águas no Rio Uruguai. Ideal para os esportes de aventureira, as corredeiras são rodeadas de mata nativa.

Outro fascinante local é o Parque Hidroeste, da onde brotam águas minerais de um poço artesiano. A temperatura média da água é de 37°C, o que permite com que tenha grande valor medicinal no tratamento de doenças como o reumatismo, o cálculo renal e a úlcera.

Sugestões para se hospedar:

  • Pousada das Orquídeas (49) 3339.0233
  • Cabanas Galli (49) 3339.0324
  • Hotel Taglian (49) 3339.0466

Você pode estar pensando que para se esbaldar de boa cerveja em Blumenau é preciso ir na época de Ocktoberfest. Mas está enganado. A cerveja está tão presente na história deste município que não há como visitar a cidade sem conhecer algumas das cervejarias blumenauenses. E, isso em qualquer época do ano!

Em 1860, quando Blumenau possuía menos de mil moradores, o imigrante alemão Heinrich Hosang fundou a primeira cervejaria. Desde lá, a produção não parou de aumentar. Muitas marcas foram lançadas e tornaram-se reconhecidas nacionalmente graças a esta tradição de beber cerveja.

Entre um copo e outro, o visitante experimenta a sensação de perpetuar uma tradição que prevalece há mais de um século. Pode-se aproveitar a oportunidade para conhecer mais sobre a história da bebida no Museu da Cerveja, no centro de Blumenau, ou dar uma caminhada pelo Biergarten (jardim da cerveja). O que não vai faltar por este trajeto são belas histórias e muita cerveja.


Está chegando a festa mais esperada para aqueles que adoram uma cerveja! A Oktoberfest 2009 acontece de 1 a 18 de outubro, em Blumenau – SC.

A festa reúne muita gente divertida e bonita, que além de aproveitar a festa, sai para conhecer os pontos turísticos da cidade. Além disso, é um ótimo lugar para fazer compras.

Um dos acontecimentos mais esperados da festa é o Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro. O concurso acontece todos os dias e quem for o mais rápido a tomar uma tulipa de um metro de chopp (aproximadamente 600ml), é o grande vencedor.

Quem puder ir, vale a pena! Além de boa bebida, gente bonita e muita diversão, você conhecerá uma cidade linda!


A cidade de São Francisco do Sul, a 200 km de Florianópolis, está repleta de pontos turísticos para se conhecer. Entre tantos, destaca-se o Balneário de Capri, onde existem duas praias de águas tranquilas e transparentes, repleta de espécies marítimas, como siri e camarões. O lugar é apropriado também para os turistas que apreciam os frutos do mar, encontrados com facilidade nos restaurantes da região.

A cidade também oferece a Praia Grande, que possui áreas pouco conhecidas pelo homem, ainda selvagens, e águas violentas. A Praia do Ervino é o ponto mais distante da Praia Grande, com vegetação de restinga, algumas partes são formadas por matas ainda virgens e abriga uma grande variedade de espécies.

Hospede-se em alguma das opções:

  • Hotel Nils (47) 3443.6117
  • Pousada Solar da Beira (47) 3444.5835
  • Pousada Villa da Glória (47) 3449.5026

BXK26072_sao-francisco-do-sul-baia-da-babitonga800


São Bento do Sul, distante 259 km de Florianópolis, reserva lindos cenários em meio a Serra do Mar, situada no município. Uma fascinante caverna se esconde por entre a vegetação da serra e no seu interior existe uma deliciosa cascata. A região conta com cachoeiras de 100 metros de queda e um portal de pedra, conhecido como o Vale Perdido. Ali, localizam-se outras cachoeiras e uma refrescante piscina natural.

O Parque 23 de Setembro é um belíssimo lugar que abriga araucárias e cedros centenários. Já o Parque Natural das Aves é o recanto de várias espécies, onde são feitas trilhas contemplativas para os visitantes acessarem diferentes pontos do parque. O Borboletário é outro atrativo e lá é possível conhecer o ciclo de vida da borboleta.

Hopede-se em:

  • Hotel Tank (47) 3633.4171
  • Hotel Stelter (47) 3634.1182
  • Hotel São Bento do Sul (47) 3634.1112

czsbs035yu


O charmoso município localizado no litoral catarinense, distante 84 km de Florianópolis, é um dos principais destinos de muitos brasileiros, argentinos, uruguaios, chilenos e paraguaios, que encontram em Balneário Camboriú uma bela opção para passeio, tanto de famílias, em busca de descanso e lazer, como grupos de amigos interessados em aventuras ecológicas, além de uma vida noturna agitada.

A diversidade de praias também é um fator que atrai muitos turistas, entre as mais freqüentadas, destacam-se a praia do Pinho, conhecida como uma das melhores praias de naturismo do Brasil. Laranjeiras é a opção mais indicada se o desejo for algo mais calmo, a praia ainda possui acesso ao teleférico, que possibilita ao turista ter uma visão panorâmica da cidade, além de desfrutar das belezas da mata atlântica.

No verão, a praia do Estaleiro conta com Dj’s para animar a galera que busca descontração.  Na hora de se alimentar, os restaurantes oferecem os mais variados pratos. Se os visitantes buscam um cardápio mais refinado, a dica é passar na Via Gastronômica.

À noite, a praia Central fica lotada, o movimento é constante e o comércio se mantém aberto até a meia noite. Quem ainda possui energia pode se divertir nas festas que atendem a todos os estilos.

camboriu


Imbituba, a 90 km de Florianópolis, é o paraíso terreno com muitas praias. Destaca-se a Praia de Ibiraquera – eleita o melhor local para a prática do windsurf no país. Propícia para a pesca de camarão, Ibiraquera é uma mistura de lagoas, rios, dunas e ilhas.

Outro destaque é a Praia do Rosa, considerada uma das 30 baías mais fascinantes do planeta. O Rosa, como é mais conhecida, conta com 7 km de areia e, ao seu redor, encontram-se cactus e belas flores nas montanhas verdes, além de trilhas em meio à natureza.

No centro da paria existe a Lagoa do Meio. Sua água é tranquila e salgada. Além dela, um conjunto de lagoas esconde-se atrás dos morros, originadas do mar, as lagoas estão hoje separadas por pedaços de terra.

Hospede-se no:

  • Silvestre Praia Hotel (48) 3255.1230
  • Hotel Pousada Henrique Lage (48) 3255.0333
  • Pousada Cabanas da Ribanceira (48) 3255.4977

Para os turistas que desejam conhecer lugares deslumbrantes, Urupema, a 206 km de Florianópolis é o lugar certo. É nesta cidade que se encontra a cachoeira que congela, localizada no Morro das Torres, a 7 km do centro.

A Cachoeira tem uma queda d’água tranquila de 12 metros. Nos dias com temperaturas mais baixas, as águas transformam-se em gelo. Mesmo que o visitante conheça o lugar no verão, vale a pena devido à beleza da região.

O Morro das Torres também revela outros atrativos. Ele é um dos pontos mais altos do Estado. De seus 1.750 metros é possível ter uma vista panorâmica de toda a beleza natural que está ao seu redor.

Algumas sugestões de hospedagem:

  • Hotel Fazenda do Barreiro (49) 3236.1126
  • Sítio dos Cambarás (49) 3236.1133
  • Pousada Alternativa (49) 3236.1238

Localizada a 60 Km de Florianópolis, Bombinhas é uma cidade que agrada toda a família. Na parte da manhã, é comum ver crianças brincando na areia, enquanto surfistas e mergulhadores aproveitam o mar.  À noite, a diversão ocorrre nos bares, restaurantes e luaus da praia da Conceição.

As praias mais conhecidas de Bombinhas são Bombas, Quatro Ilhas, Bombinhas, Mariscal, Canto Grande e Zimbros.

Conhecida como “Capital do Mergulho Ecológico”, Bombinhas é um dos balneários mais procurados por quem entende de mergulho. O Morro do Macaco, situado entre as praias de Canto Grande de Fora e de Dentro, é o ponto ideal para se ter uma bela visão panorâmica da cidade.


O estado catarinense possui fascinantes paisagens além das praias litorâneas, é o caso dos atrativos naturais de Atalanta, a 199 km de Florianópolis.

No município, localiza-se a Reserva Particular do Patrimônio Natural Serra do Pitoco, com uma área de 3 hectares de remanescente florestal de Mata Atlântica. Nela, passa o rio Dona Luiza, com uma cascata de 9m de altura e uma trilha de fácil acesso até ela.

Já o Parque Natural Municipal Mata Atlântica é uma Unidade de Conservação com 54 hectares. O lugar possui um mirante, de onde se avista a cachoeira com 41m de queda, e duas trilhas em meio a mata atlântica, dando acesso a Cascata Córrego do Rio Caçador com 18m e a Cachoeira Perau do Gropp com 41m de queda.

A cidade conta com quartos coloniais para hospedagem:

  • Família Sieves (47) 3535.0229
  • Propriedade Kuchen Haus (47) 3535.0063
  • Propriedade Paraíso das Trutas (47) 3535.0119

A 188 km de Florianópolis, está a encantadora ilha de São Francisco do Sul. Repleta de lindas praias, destaca-se a Praia da Saudade, ou Prainha. De águas revoltas, é propícia à prática do surf.

Outro belíssimo recanto para os surfistas é a Praia de Itaguaçu, com águas claras e agitadas. O lugar também é adequado para a pesca de arremesso. Próximo dali, no costão do Morro João Dias, afloram à superfície veios da muito procurada areia monazítica, aconselhada pela medicina alternativa para o tratamento de enfermidades.

Além das belezas naturais, a cidade conta com o lindo cenário romântico do Centro Histórico. O local possui 150 casas tombadas em estilo antigo e bem conservadas.

Sugestões de hospedagem:

  • Pousada Farol da Ilha Rua (47) 3449.1802
  • Pousada do Morro (47) 3442.2944
  • Hotel Porto de Paz (47) 3442.5706

A ilha de São Francisco do Sul mistura tranqüilidade e divertimento num mesmo lugar.


Entre as belezas do litoral catarinense, está a praia do Siriú, a 9 km de Garopaba. Faz parte do Parque Nacional da Serra do Tabuleiro e, por ser uma área de preservação permanente, tem características naturais conservadas, como a formação em triângulo de enormes e lindas dunas que existem no local.

Atividade obrigatória para quem for visitar o Siriú é praticar o sandboard ou surf na areia, nas dunas que chegam a 40m. Nele, é usada uma pranchinha de madeira ou de fibra de vidro ou de carbono que varia de 1,20 a 1,70m.

A praia conta ainda com o Rio Siriú, continuidade da Lagoa do Macacú, onde camarões e peixes diversos procriam-se.

Alguns lugares para se hospedar:

  • Pousada do Taxo (48) 3913-0023
  • Recanto do Siriú (48) 3245.5323

Para os turistas que procuram descontração e beleza natural, a Praia do Siriú não vai decepcionar.


Se você procura sossego, precisa conhecer a bucólica São Martinho, no estado catarinense, a 170 km de Florianópolis. Com seus vales verdes, o lugar exibe uma paisagem exuberante.

A Cachoeira do Capivari, a 6 km do centro da cidade, é um exemplo, como o Lago Hoinzen, ideal para a pesca e as águas termais e minerais.

O local também é propício para o turismo rural. Os moradores fabricam e comercializam artesanato e deliciosos produtos caseiros. Ponto de visita obrigatório é a Casa do Rio, onde uma construção é separada por um pequeno rio e ligada por uma ponte.

Pousadas da cidade:

  • Dom Laurino (48) 3645.6025
  • Pousada Hellmann (48) 36456166 ramal 24
  • Pousada Salto das Águas (48) 3645.0321

Não deixe de conhecer São Martinho, você irá desfrutar de momentos de incrível bem estar.


Entre os belos atrativos naturais catarinenses, as trilhas nos morros da Guarda do Embaú são uma das melhores opções para se aventurar. A caminhada no Vale da Utopia, como é conhecido, na divisa com a Praia da Pinheira, é um lugar fantástico, parecendo uma paisagem lunar cheio de pedras redondas.

Localizada no município de Palhoça, a 50 km de Florianópolis, o local conta com uma vila de pescadores e com um rio que corta a praia e deságua no mar através de um canal.

As ondas do mar são perfeitas para a prática do surf. Mas quem prefere passeios de barco ou caiaque pode se aventurar no rio. Os serviços são oferecidos pelos moradores.

Opções para se acomodar:

  • Pura Vida Pousada (48) 3283.2252
  • Pousada Vila Piola (48) 3283.2209
  • Espaço Maeporã Camping (48) 9167.6607

A Guarda do Embaú é a escolha certa para os aventureiros de plantão.





CONTINUE NAVEGANDO: