Turismo de inverno definitivamente não se resume apenas a serra gaúcha, mesmo sendo o principal destino dos brasileiros na estação mais fria do ano, há belos roteiros também em outras regiões, como a Serra do Cipó, em Minas Gerais.

A cidade atualmente é um dos principais destinos de Minas, oferecendo aos seus visitantes uma gama enorme de atrações entre as belas paisagens do Parque Nacional da Serra do Cipó (para realizar ecoturismo), as montanhas, trilhas e cachoeiras (para o turismo de aventura), além de uma gastronomia regional de dar água na boca.

Para os aventureiros, o ideal é fazer pacotes de aventura, incluindo diversos passeios e esportes radicais. Mas a cidade também é ótima para quem busca sossego e tranquilidade com a agradável temperatura anual de 17 graus. Serra do Cipó possui também excelentes restaurantes e uma boa infraestrutura de hospedagem, como a Pousada Eco Bamboo e a Fazenda Monjolos, ambas localizadas em meio a muito verde, oferecendo conforto e tranquilidade aos hóspedes.

Por Juliete Lunkes


Localizado na Serra da Mantiqueira, na cidade de Camanducaia, no Estado de Minas Gerais, está o distrito de Monte Verde, cada vez mais procurado por turistas que desejam passar um inverno diferente, tranquilo e aconchegante.

A charmosa cidade, localizada ao sul do estado mineiro, possui diversas pousadas e hotéis; no inverno muitos desses lugares que possuem lareiras, quando as acendem, tornam o ambiente mais gostoso. Nas épocas mais frias a temperatura chega até zero grau.

Para quem quer respirar ar puro, caminhar e aproveitar o clima e a vista das montanhas, este é certamente o lugar certo. A distância da capital paulista é de apenas 160 km e arquitetura do local é europeu.

Há vários passeios para se fazer, a maioria deles ligados aos picos e pedras da Serra da Mantiqueira. O lugar por ser turístico possui várias agências locais que oferecem esses tipos de passeios, além também de passeios a cavalo.

Para quem sai de São Paulo ou Belo Horizonte de carro, basta pegar a rodovia Fernão Dias até Camanducaia e depois seguir para Monte Verde. É possível também chegar de ônibus indo até Camanducaia e de lá até Monte Verde.

Por Karin Foldes


Que tal passar a lua de mel em uma das cidades consideradas mais românticas do Brasil e ainda pagar um preço promocional por isso? A Pousada Moinho Velho, situada em Monte Verde, Minas Gerais, tem um pacote especial para a viagem de casamento ser perfeita.

Em abril, o pacote com quatro diárias sai a partir de R$ 1.270 no Chalé do Conde, com direito a café da manhã, banho de ofurô,espumante em um ambiente decorado com velas e pétalas de rosas.

A pousada fica a 170km de São Paulo e parece com uma legítima mansão inglesa. As acomodações, dispostas em volta de um jardim planejado, garantem o clima aconchegante aos hóspedes que podem desfrutar, a cada amanhecer, de um café da manhã no estio colonial: com pães, tortas e bolos.

Outras informações: 35/3438-1346 e 11/4063-8883

Site: www.pousadamoinhovelho.com.br

Por Amanda Pieranti


Para quem está querendo economizar no feriadão de 21 de abril mas não abre mão da qualidade uma ótima opção é aproveitar a Excursão Rodoviária para o Vale da Mantiqueira, que fica no lado mineiro da Serra.

Com uma ótima infraestrutura, o Hotel Fazenda Vale da Mantiqueira, na cidade de Virgínia, oferece diversas opções de lazer. Piscinas, quadras, lagoa com pedalinho e barco a remo disputam atenção com a beleza exuberante das cachoeiras, das pedras e de toda natureza local.

A excursão custa a partir de R$ 478,00 por pessoa em apartamento duplo com varanda, saindo de São Paulo, é possível reservar de 3 a 5 dias para aproveitar o período de descanso.

O site do hotel, com belíssimas imagens para começar a sonhar com o paraíso, é o www.valedamantiqueira.com.br.

O pacote completo com transporte pode ser reservado no site www.cvc.com.br.

Por R. Oliveira


Monte Verde, no sul de Minas Gerais, foi considerada a cidade mais romântica em 2009. E não é por menos: sua vegetação com ipês, araucárias e cedros, além das montanhas, tornam o cenário simplesmente bucólico. A 1.154 metros de altitude, ela é uma cidade fria, principalmente no inverno, quando as temperaturas chegam a graus negativos. E ela está a apenas 168 km de São Paulo.

Para os casais apaixonados ou famílias que querem conhecer a cidade, uma boa opção para relaxar e se divertir é o Hotel Porthal das Videiras, que oferece muita paz e luxo em sua estadia. Lá, você pode se hospedar em um dos chalés que comportam até 4 pessoas com bastante conforto. Eles possuem TV, frigobar, lareira e estacionamento privativo. No hotel, há diversão para toda a família: piscina aquecida coberta, SPA com hidroterapia, salão de jogos, salão de ginástica e sauna.

Para as crianças, há um playground e uma mini-fazenda, com animais domesticados e bem tratados. De manhã, os hóspedes são tratados como reis, pois o café da manhã tem mais de 40 deliciosas opções, entre frutas, doces e salgados.

Não perca tempo, faça já sua reserva pelo site do hotel: www.hotelportaldasvideiras.com.br, e boa viagem!

Por Flávia Yoshitani


Os amantes do ecoturismo não podem perder a oportunidade de conhecer a Serra da Canastra, uma região de Minas Gerais que abrange 6 cidades (São Roque de Minas, Vargem Bonita, Delfinópolis, Sacramento, São João Batista do Glória e Capitólio).

A região é muito conhecida pelo Parque Nacional da Serra da Canastra, criado pelo IBAMA com o objetivo de proteger e preservar as nascentes do Rio São Francisco. Além da cachoeira Casca D’Anta, com 200 metros de altura e 5 quedas do Rio São Francisco, o parque abriga ainda espécies de animais ameaçados de extinção, como o lobo-guará, o tatu-canastra e o tamanduá-bandeira.

O público pode visitar o parque diariamente, das 8h às 18h. A região oferece ainda diversas pousadas para os turistas. Para aqueles que desejam se hospedar na cidade, a mais próxima é São Roque de Minas, a apenas 8 km da entrada do parque.

Para mais informações acesse o site: www.serradacanastra.com.br.

Por Tamara Fonseca


A expansão comercial, de hotéis e de pousadas em Monte Verde (MG) mostra o quanto esse local caiu de vez no gosto dos brasileiros. Oriundos de todas as regiões, os turistas possuem bons números de locais disponíveis para se hospedar e comer em meio ao ambiente confortante da Serra da Mantiqueira.

A Pousada dos Ciprestes, localizada a cerca de dois quilômetros do centro de Monte Verde, preparou pacotes de quatro ou cinco noites para o feriado de Carnaval. A partir de R$ 1.290 por casal é possível se hospedar em apartamento luxo com lareira. Caso faça muito frio nas gélidas noites da região, é possível “alugar” o sistema de calefação por R$ 20 diários.

O local possui piscina aquecida com deck envolto por árvores, salão de jogos, sala de TV, lojinha de presentes e conveniências e acesso wireless (sem custo). Nos quartos há frigobar, colchão de mola, travesseiros de plumas de ganso e secador de cabelos.

Para informações sobre outros valores e formas de pagamento, acesse o site da Pousada dos Ciprestes ou entre em contato através dos telefones (35) 3438- 1701 ou (19) 3294- 8950.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Para observadores de Aves, é um ótimo lugar para fugir do carnaval é Inhaúma, município de Minas Gerais, localizado próximo a Sete Lagoas a 83 km de Belo Horizonte. Além de sua exuberante natureza, Inhaúma é conhecida também  pela existência de um sitio com um grande número de pássaros conhecidos por inhumas, pelo qual deu origem ao nome da cidade.

Uma cidade pequena, calma, aconchegante. O que você pode fazer lá? Caminhada nas trilhas,tratamentos de Spa, pesca esportiva, jogar Tênis, desfrutar a natureza e muito mais.

Dica de hospedagem: Resort Águas do Treme, que integra a associação "Roteiros de Charme".

Mais informações no site www.aguasdotreme.com.br.

Por Andrea Sutil


Para aqueles que pensam que não é possível fazer turismo em uma cidade grande, precisam conhecer Belo Horizonte. A cidade, que mistura a arquitetura clássica e contemporânea num perfeito equilíbrio, é conhecida pela hospitalidade do seu povo.

Mas o que muitos não sabem é que existem muitos locais turísticos para apreciar na cidade. Além da conhecida Lagoa da Pampulha, cujo complexo foi projetado por Oscar Niemeyer, a capital mineira conta ainda com o Jardim Zoológico, os estádios Mineirão e Mineirinho, a Praça do Papa (conhecida por sua linda vista noturna), o Parque das Mangabeiras e o famoso Mercado Central, parada obrigatória dos mineiros depois das baladas.

Beagá, como é carinhosamente chamada, oferece ainda diversos bares noturnos, que torna a noite na cidade uma grande animação.

Visite o site portalpbh.pbh.gov.br e veja tudo o que a cidade oferece aos turistas.

Por Tamara Fonseca


Passear de trem pode apresentar muitas vantagens: resgatar o valor histórico e cultural das cidades, ajudar na despoluição ambiental e, ainda, aproveitar para poupar alguns reais.

Em Minas Gerais algumas ferrovias ligam cidades fazendo um "tour histórico" inesquecível. Entre os trechos preservados estão o Trem da Vale que desde 2006 faz passeios pela ferrovia de Ouro Preto a Mariana. Um dos vagões é panorâmico para que a paisagem possa ser melhor observada; o Trem das Águas, que liga São Lourenço a Soledade por uma ferrovia construída por ingleses há 115 anos; a Estrada de Ferro Oeste de Minas, que vai de São João Del Rey a Tiradentes em um percurso de 13 km e o Trem da Serra da Mantiqueira, que sai da Estação Central de Passa Quatro com destino à Estação Coronel Fulgêncio.

A Associação Brasileira de Preservação Ferroviária é a responsável pela recuperação das estradas. Quem quiser obter mais informações sobre os passeios, o site é o www.abpf.org.br.

Por R. Tesch


Impressionante como um lugar tão perto da agitação de Belo Horizonte consegue manter-se longe da poluição, do barulho e da agitação da cidade grande. Esse lugar é Macacos. Situado a apenas 25 km da capital mineira, mantém todo seu aconchego e tranquilidade em meio às suas belezas naturais, o que faz dela uma ótima opção para descansar no fim de semana.

Devido às montanhas e quedas d’água que cercam Macacos, também é procurada pelos amantes do ecoturismo.  E não há com o que se preocupar, pois a cidade possui várias pousadas aconchegantes, além de uma variedade de restaurantes e bares noturnos. Vale a pena conhecer!

Acesse o site para informações sobre hospedagem, lazer, gastronomia e muito mais: www.guiamacacos.com.br.

Por Tamara Fonseca


Para aqueles casais que vão se casar, estão com o orçamento apertado e gostam de curtir a natureza, a Serra do Cipó pode ser uma ótima opção para curtir os momentos a dois. Localizada a 100 km de Belo Horizonte/MG, a Serra do Cipó é hoje uma das principais regiões turísticas de Minas Gerais.

E é lá que encontramos a Pousada Carumbé, que além de sua bela construção inspirada na beleza natural da região, ainda oferece vários serviços diferenciados aos hóspedes, dentre eles pacotes especiais de lua de mel.

A partir de R$ 1.158,00 (por 5 diárias) o casal pode curtir todo o conforto da pousada, café da manhã e jantar incluídos, quarto decorado com flores nativas, espumante e chocolates, além de um passeio ecológico motorizado.

Para mais detalhes, acesse o site: www.carumbe.com.br.

Por Tamara Fonseca


Lavras Novas, localizada no alto da Serra do Espinhaço, a 17 km de Ouro Preto/MG, é um vilarejo em meio a montanhas e cachoeiras, conhecido por suas casinhas coloridas em estilo colonial.

Ótima opção de viagem para quem quer tranquilidade e contato com a natureza. Cercado por duas serras imponentes, Serra da Chapada e Serra do Trovão, o vilarejo possui inúmeras nascentes de água, além de cachoeiras belíssimas.

Lavras Novas oferece também esportes de aventura, como rapel, tirolesa, caiaque, off road, trekking, entre outros. Outra beleza natural da região é a Represa do Custódio, onde é possível acampar, pescar e nadar.

E o melhor, um fim de semana em Lavras Novas pode sair bem em conta, considerando que o vilarejo oferece muitas opções de pousadas.

Para mais informações sobre atrações turísticas, noturnas e hospedagem, acesse o site: www.lavrasnovas.com.br.

Por Tamara Fonseca


Caldas Novas fica no interior do estado de Goiás, na região centro-oeste do Brasil. Durante a alta temporada, a cidade, que tem uma população de cerca de 70 mil habitantes, chega a receber mais de meio milhão de pessoas.

O Carnaval de Caldas Novas é muito famoso. Todos os anos acontecem shows de grandes artistas. Já estão sendo vendidos diversos pacotes turísticos, com preços a partir de R$ 310. O pacote em questão é para hospedagem no Golden Dolphin Grand Hotel. Mais sobre esse e outros pacotes nesse link.

Para quem prefere descansar, a CVC, empresa especializada em turismo, está com um pacote de 4 dias e 3 noites, em baixa temporada, custando a partir de R$ 498, sendo que o preço pode ser dividido em até 10x sem juros no cartão. O pacote inclui hospedagem em hotel de sua escolha, mais transporte aéreo, traslado e passeios pelos principais pontos turísticos da cidade. 

Clique nesse link e saiba mais.

Por Thiago Martins


O Brasil inteiro é rico em cultura. Para quem pretende conhecer o país, não pode deixar de visitar os principais patrimônios culturais brasileiros, como o Elevador Lacerda, na Bahia. É o ponto turístico mais famoso do lugar, sua média de transporte de passageiros é de 900 mil por mês, ao custo de apenas quinze centavos.

Ainda na Bahia, o Pelourinho é outro importante patrimônio, sendo preservado pela UNESCO. Outra bela cidade turística em Minas Gerais, é Ouro Preto.  Com casarões, igrejas antigas e monumentos de Aleijadinho, tem sido um local muito visitado por turistas do mundo todo.

Olinda, em Pernambuco, se torna um atrativo pelo seu carnaval colorido e pelo frevo. Brasília é outra cidade turística muito procurada por sua harmoniosa arquitetura.

Antes de conhecer outros países, conheça primeiro o Brasil. Tenha certeza de que fará passeios inesquecíveis.

Conheça mais os pontos turísticos do Brasil: www.brasil.com.br.

Por Monique Mota


Com 873 metros de altitude, São Lourenço está situada na região sul de Minas Gerais. Seu território possui uma das principais estâncias hidrominerais do Brasil. As águas cristalinas são utilizadas também para fins terapêuticos.

A principal área para turismo é o parque das águas, com suas cachoeiras e fontes, onde é possível desfrutar das piscinas, tomando duchas e recebendo massagens relaxantes. De uma paz angelical, os bosques, a alameda e o lago trazem completo bem-estar. Para quem gosta de romantismo, os passeios de pedalinho ou de barco, no lago, são inesquecíveis.

São Lourenço tem teleférico, passeio de charrete, viagem de Maria Fumaça, Casa da Cultura e artesanatos mineiros, que são vendidos nas feiras. Uma olhadinha no site www.saolourenco-mg.com.br pode aguçar ainda mais a curiosidade por este lugar de energia tão especial.

Por R. Tesch


Os acampamentos de férias são uma excelente opção para crianças e adolescentes passarem um tempo divertido ao ar livre com a devida segurança e conforto.

É fundamental conhecer bem a empresa que organiza o acampamento, para obter as informações necessárias e ficar seguro na hora de embarcar o seu filho.

O acampamento NR Sapucaí Mirim é uma das melhores opções quando o assunto é acampamento para crianças. Situado na Serra da Mantiqueira, sul de Minas, o acampamento chega a receber 30 mil acampantes por ano. Nele as atividades são coordenadas por profissionais treinados e aptos a diversas situações, tudo com muita segurança.

Recentemente o site Viaje Aqui da Editora Abril publicou uma matéria a respeito desse conceituado acampamento, sendo citado como seguro e incrivelmente atrativo para crianças e adolescentes.

Acesse o site www.nr.com.br e saiba mais a respeito. Seu filho vai adorar essa opção.

Por Milena Evelyn


Localizado na Zona da Mata, o Parque Estadual do Ibitipoca, nos municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca, em Minas Gerais, possui uma área de 1.488 hectares e apresenta aos visitantes, lindas paisagens e belezas naturais.

O significado de Ibitipoca na linguagem tupi-guarani, é Serra Fendida. O parque além de ser o mais visitado do estado, é um dos mais conhecidos no Brasil. Entre as atrações do local, a Ponte de Pedra, a Gruta dos Três Arcos, a Janela do Céu e o Pico do Pião estão entre os mais apreciados.

A fauna é muito rica e apresenta algumas espécies em extinção como a onça parda e o lobo guará. A flora possui diversas espécies encontradas na unidade de conservação como as candeias, samambaias e bromélias.

Vale à pena visitar Ibitipoca e se encantar com a natureza ao redor do parque.

Juliana Alves


Minas Gerais tem muito mais oferecer além de seus pães de queijo e outros quitutes. Localizada na Serra da Mantiqueira, Virgínia é uma cidade que impressiona quando o tema são as belezas naturais. A cidade tem como oferta riachos, cachoeiras e bosques de araucárias.

Considerado um dos melhores para a prática de moutain bike, o local também é um dos maiores complexos ecológicos de Minas Gerais.

Com 1600 metros de altura, o Pico de Virgínia e os Picos do Varjão e do da Fortaleza é são os mais famosos da cidade.

Na Pousada e Camping Maeda, os preços variam de R$ 50 a R$ 100.

No Hotel Fazenda Vale da Mantiqueira, as diárias ficam a partir de R$ 220 com pensão completa e atividades de lazer como sauna, piscina fria, aquecida entre outros.

Juliana Alves


A capital mineira , Belo Horizonte,  conta agora com uma bela opção gastronômica saudável. Inaugurou o “Alegria de comer Bem”  na Rua Congonhas, 510.

Totalmente voltado para o público vegetariano, vegano ou para os que gostam e admiram  uma boa refeição leve, bem planejada,gostosa e de quebra recheada de saúde. 

O Restaurante inclui pratos com peixes e frutos do mar, mas essas são os únicos tipo de carnes que você verá por lá.  Além da beleza dos pratos, o lugar é muito agradável e fica em uma bela no bairro Santo Antônio.  Para maiores informações ou reservas ligue : 31 2511 4168 

Por Teresa Almeida


A capital dos mineiros é uma ótima opção para quem gosta de aliar pontos turísticos, arte, lazer, cultura mesclado com ares de capital e interior ao mesmo tempo. Belo Horizonte é terra de gente bonita, hospitaleira e tipicamente mineira em tudo que se relaciona a ela.

Cada pedaço de seus pontos turísticos tem uma historia peculiar que transmite uma emoção para quem visita a cidade. Repleta de bares tradicionais e restaurantes com o melhor da cozinha mineira, Belo Horizonte se orgulha de suas ruas e avenidas que fazem e contam historia.

Cercada por montanhas a cidade se destaca no meio cultural e artístico de Minas. E na lagoa da Pampulha podemos esquecer do transito agitado e da correria presentes no dia a dia da capital mineira.

Diversidade nas paisagens e nos costumes, é rotina do mineiro que visita ou reside na capital. Vale a pena conhecer e sair encantado por Belo Horizonte.

Por Milena Evelyn


Se você vai viajar para Minas Gerais e gostaria de saber a média de preços dos hotéis em diversas cidades do estado,  a lista abaixo pode lhe ser muito útil.

Selecionamos hotéis que podem ser reservados através do site da CVC Turismo, e pagos em até 5 vezes sem juros. Confira a lista:

  • Belo Horizonte: diárias a partir de R$172,00
  • Araxá: diárias a partir de R$156,00
  • Barbacena: opções de hospedagem a partir de R$158,00
  • Betim: diárias a partir de R$130,00
  • Contagem: a partir de $258,00
  • Conceição das Alagoas: a partir de R$260,00
  • Diamantina: a partir de R$172,00
  • Ipatinga: diárias a partir de R$190,00
  • Juiz de Fora: hospedagem a partir de R$124,00
  • Lambari: a partir de R$110,00
  • Monte Verde: diárias  a partir de R$192,00 para aproveitar a beleza natural da região
  • Montes Claros: diárias a partir de R$256,00
  • Passa Quatro: a partir de R$302
  • Poços de Caldas: a partir de R$102,00
  • Varginha: hospegagem a partir de R$184,00.

Para maiores informações acesse www.cvc.com.br e confira as opções em detalhe. Boa viagem!

Por: Cris Keller


Para aquelas pessoas que gostam de viajar, conhecer lugares novos e interessantes, de preferência com uma natureza exuberante, existe um lugar ideal, "O Parque da Lapa Grande". Situado a poucos metros de Montes Claros, cidade pólo do norte de minas gerais.

Este parque segundo o site Intertevonline possui 8 mil hectares reservados à natureza. Seis quilômetros dividem a cidade do Parque Estadual da Lapa Grande. Ainda segundo o site, o parque foi criado em 2006 por decreto. Esta maravilha ecológica além da paisagem é um recanto de pesquisas, uma vez que, o mesmo, possui mais de 40 sítios arqueológicos. Sendo assim posso assegurar que este parque não é só um deslumbre para os olhos, mais também uma rica fonte de pesquisas. Um verdadeiro tesouro ecológico.

Por Celia Jane Santos


Localizada no Sul de Minas na Serra da Mantiqueira, é considerada a “Suiça Mineira”, por sua arquitetura e clima frio. Sendo opção de casais, familiares e principalmente para quem quer mais contato com a natureza. Serras, cascatas, pinheiros, ciprestes e muito ar puro.

Com um pequeno centro comercial, com lojas diversas, restaurantes e hotéis. Oferecem passeios á cavalo, jeep, quadriciclo, motos, trenzinho, avião monomotor, patinação no gelo, caminhadas, trilhas pelas pedras, cachoeiras, rafting. Por estar localizado na serra, tem o mirante a 1560m de altitude, em que se chega por trilhas, e a visão da chegada gratifica o esforço.

Para quem vem de São Paulo pegue a Via Dutra BR-116, em direção a Guarulhos. Chegando ao Kilômetro 13 entre na Rodovia Fernão Dias e siga até o km 121 em Camanducaia. Entre na cidade, siga as placas por mais 30 km e chegue em Monte Verde.

Não se esqueça de ir com roupas adequadas para o frio e exercícios, respeite seu limite, e principalmente a natureza

Informações sobre hospedagens, passeios, localização, historia e mais no site www.monteverde.com.br.

Por Thais Gusmão


Poços de Caldas tem muito a oferecer ao turista. Abaixo listamos o que fazer na cidade, que está localizada a apenas 259 km de São Paulo e 489 km do Rio de Janeiro.

1) Recanto Japonês: agradável local com jardins que seguem a temática oriental, com carpas, casa de chám quiosque e caramanchão, fonte dos três desejos e trilhas diversas. A natureza reserva ao viajante a oportunidade de observar animais silvetres em seu habitat natural, neste resquício de Mata Atlântica. Ainda há uma loja que vende diversos artigos, como cds de música japonese, doces típicos e camisetas e lembranças diversas.

2) Fonte dos Amores: ao pé da Serra de São Domingos fica o cartão postal da cidade, a Fonte dos Amores. Imperdível.

3) Cristais Cá d'Oro: os cristais são produzidos reproduzindo técnicas seculares oriundas de Murano, na Itália, e são vendidos numa ampla loja na cidade. Através de uma janela é possível ver os artesãos trasnsformar os elementos em autênticas obras de arte.

Além disso há o teleférico, o Mercado Municipal, e a Pedra do Balão. Visite o site da cidade e faça seu roteiro: www.pocosdecaldas.mg.gov. Boa viagem!

Por Cris Keller


A choperia Albano’s em Belo Horizonte teve o seu chope considerado como o melhor chope de BH em 11 anos seguidos.

Albano Cellini abriu sua primeira choperia em Ribeirão Preto, em 1964, a Confeitaria Pinguim. Em 1996, no dia primeiro de maio, a choperia Albano’s foi inaugurada. Hoje, o proprietário Albano Cellini conta com duas unidades em Belo Horizonte.

– Albano’s Sion, na Rua Rio de Janeiro, número 2076, em Lourdes (esquina da Tomás Gonzaga);
– Albano’s Lourdes, na Rua Pium-i, número 611, em Anchieta (esquina da Montes Claros).

 O cardápio conta com o Chef Adriano Santos. Porções como fritas com parmesão, batata do chefe, bufallo wings, costelinha defumada ou filet mignon à palito com molho especial são ótimas pedidas para acompanhar o melhor chope da cidade.

 Fernanda T. Sodré


Caldas Novas  é uma opção para os apreciadores de termas, recebe cerca de um milhão de turistas por ano. Localizada no cerrado  distante do mar, as águas termais  tornaram-se o maior centro de turismo de Goiás. Na cidade existem mais de sessenta hotéis em vários estilos e com piscinas termais com águas na temperatura média de quarenta graus.

Entre os passeios imperdíveis o Hot Park  que é um parque aquático com águas quentes, os hotéis e resorts oferecem uma programação própria e diferenciada para os hospedes como  shows musicais, e outros espetáculos artísticos.

As opções gastronômicas são diversificadas atendendo os mais deferentes paladares, desde o fast food, vegetarianos e até a sofisticada gastronomia francesa.

Alguns hotéis têm estilo de clube com muitas badalações, outros  fazem o gênero SPA, e ainda  oferecem um serviço de city tour para seus hospedes com direito a degustação de  doces caseiros típicos da região.

Por Silvane Romero


Conhecida como a capital brasileira do boteco, Belo Horizonte, mantém este tradicional paradigma, pois tem como explicação a ausência de mar. Assim, a opção é ir a um belo e bom boteco. Existem até constatações do IBH – Índice de Boteco por Habitante – que beira a margem 3 para 1 e, obviamente um dos maiores índices do Brasil.

Mas, brincadeiras a parte, ressalta-se os tradicionais botecos como Casa Cheia, dentro do Mercado Central e o Café Palhares, que serve a 50 anos o “kaol”, um prato feito de arroz, linguiça e ovo. Também existem os moderninhos como o Maria de Lourdes Botequim, onde? Em Lourdes.

No evento Comida di Buteco, onde mais de 40 casas participam, a intenção é divulgar a gastronomia. Entretanto, quem visita BH e pensa que só vai degustar a típica comida mineira; engana-se. O circuito gastronômico de “Beagá” varia desde a comida baiana até pratos que são destaques internacionais.

Por Patricia Gujev


As águas terapêuticas de Araxá funcionam como um chamariz ao turismo. Entretanto, a atração principal está no Grande Hotel, onde ficam as termas. Com um prédio do ano de 1940, onde funcionava um cassino, o imponente hotel, com teto de vitrais e piso de mármore, mantém o luxo da época em seus salões e nos jardins planejados por Burle Marx.

A cidade também oferece os sabonetes de lama sulfurosa da Estância do Barreiro. Famosos pelas propriedades hidratantes e neutralizadoras da oleosidade da pele, além de aromas para qualquer tipo de gosto, seu uso promete garantia na diminuição de cravos, espinhas e manchas causadas pelo sol.

Por Patricia Gujev


Ao sul de Minas Gerais e a 100 km de São Paulo existe uma cidadezinha, bem pequena, mas muito acolhedora chamada Extrema. Ideal para quem deseja tranquilidade para descanso. Moradores de São Paulo e região têm como opção de férias e como local ideal de passeio nos finais de semana.

Muitos sítios e chácaras da região são de paulistas. Entretanto, se gosta de agitação, esta não é uma boa opção. Apesar de a cidade ter atrativos naturais, como corredeiras e pequenas cachoeiras, as opções de atividades restringem-se as oferecidas pelo hotel.

A gastronomia típica mineira está presente em praticamente todos os restaurantes e locais de hospedagem. Vale a pena conhecer!

Sugestão de Hospedagem: Hotel Fazenda Amoreiras

Sugestão de Restaurante: Taberna de Extrema

Por Patricia Gujev

 


Longe da badalação de Rio e São Paulo, Minas vive de sua rica história cultural. Cidades como Ouro Preto, Mariana e Tiradentes abrigam ótimos roteiros turísticos.

Ouro Preto além de se destacar com um dos carnavais de ruas mais disputados pelos jovens brasileiros, também se destaca com suas construções tombadas, como Patrimônio Histórico, bons restaurantes e bares. Lá vale a pena conhecer o Museu da Inconfidência, a Feira de Artesanato em Pedra Sabão, as Igrejas, a Rua Direita e a Maria Fumaça.

Mariana foi a primeira cidade de Minas Gerais e caracteriza-se pela aparência de vila, com ruas de paralelepípedos e antigas casas. Se você visitar Mariana, não deixe de conferir a Praça Gomes Freire, a Mina da Passagem e a Cachoeira do Brumado.

A Vila São José, atual Tiradentes é local perfeito para férias sossegadas.  Repleto de pousadas e pequenos restaurantes, Tiradentes, é um verdadeiro pólo turístico-gastronômico de Minas Gerais.  Além da comida típica, confira em Tiradentes, as Igrejas de Santo Antônio, de São Evangelista e de Nossa Senhora do Rosário, o Largo das Forras e a Cachoeira do Bom Despacho.

Por Fernanda Peixoto


As férias de julho estão chegando, e já tem muita gente pensando para onde ir. É claro que nessa época de frio a maioria prefere as cidades serranas da região Sul e Sudeste, como Gramado, Canela, Campos do Jordão. Curtir o frio com muito chocolate quente, aproveitar as belezas naturais e, quem sabe, torcer para a neve cair.

Outra opção para curtir as férias também pode ser conhecer o interior de Minas Gerais, e suas cidades históricas como Ouro Preto e São João Del Rey. Não dá para esquecer também que o estado é famoso por sua gastronomia.

Mas se você não sabe qual cidade escolher, dê uma olhada no site Tourist Analisator. Lá você informa o nome da sua conta do Twitter e o site analisa o seu perfil. No final ele dá dicas artísticas e culturais e informa qual a melhor opção.

Por Maximiliano da Rosa


Minas Gerais destaca-se por suas cidades históricas, cercadas por obras de artistas que deixaram suas marcas registradas em vários pontos visitados por turistas de todas as partes. E uma das cidades que se destacam neste cenário é Diamantina, repleta de casarões coloniais e igrejas históricas.

Para você que pretende conhecer esta cidade, uma dica de hospedagem é a Pousada Sempre Viva, instalada no local desde 1999, com vista para diversos pontos turísticos. A pousada conta com um ótimo serviço, primando pela qualidade e conforto de seus visitantes, além de um delicioso café da manhã, cujas frutas vêm diretamente da roça localizada em Desembargador Otoni.Agende sua visita e venha desfrutar das maravilhas do estado mineiro.

Fonte: www.pousadasempreviva.tur.br

Por Elizabeth Preático


Para você que procura um destino diferente nas suas próximas férias, uma boa opção é a cidade de Caldas Novas, localizada no estado de Goiás.

O local se destaca pelas suas águas termais, com temperaturas que variam entre 30 e 57 graus, muito procuradas pela melhor idade e pelas famílias. Quem gosta de aventuras pode também curtir o Hot Park, que fica na cidade de Rio Quente, há trinta quilômetros de Caldas Novas, com corredeiras e toboáguas que garantem uma ótima adrenalina.

E para quem quiser curtir uma pouco de água fria, também tem a opção de ir ao Lago do Corumbá, onde podem ser feitos passeios de barco e esportes náuticos.

Por Márcia V. L. Galvão


A cidade de Tiradentes, em Minas Gerais, é um ótimo lugar para se visitar. E para se hospedar, há uma opção muito legal, a Pousada do Ó, localizada no Centro Histórico da cidade. A pousada possui um café da manhã típico da região, com proximidade aos vários pontos da cidade e uma vista belíssima do seu jardim, onde os hóspedes podem contemplar a Serra de São José.

Os apartamentos dividem-se entre standard e luxo, possuindo TV, frigobar, ventilador e chuveiro elétrico. O apartamento de luxo possui ainda jardim de inverno. As diárias ficam entre R$130,00 na baixa estação e R$150,00, na alta estação.

Em Tiradentes, o turista pode aproveitar para fazer um delicioso passeio de charrete, visitando os diversos atrativos culturais e históricos da cidade.

Por Márcia V. L. Galvão


Um dos destinos mais procurados do estado de Goiás, Caldas Novas está no roteiro de muitos turistas brasileiros e estrangeiros.

Para isso a cidade se prepara cada vez mais para receber os turistas que crescem a cada ano.

Cercada por hotéis, pousadas e chalés o ecoturismo predomina como atração turística da cidade, porém os bares, clubes e boates também fazem a cabeça dos turistas mais baladeiros.

Uma cidade que conta sua historia por si só ela é ponto turístico obrigatório para qualquer viajante.

Sendo assim procure uma agencia de viagem ou simplesmente abasteça o carro e pé na estrada.

Pela Brasil Turismo esse passeio de 4 dias e 3 noites com passagens aéreas da TAM, fica no valor aproximado de 10 X R$ 49,80.

Saiba mais através do site: www.brasilturismonet.com.br

Créditos da Foto: Flikr

Por José Alberi Fortes Junior.


Para quem pretende passar o Carnaval longe das grandes escolas de samba do Rio de Janeiro s São Paulo, Mariana é uma opão, a primeira capital de Minas Gerais, é também uma das cidades que mantem a tradição carnavalesca.

A cidade faz parte do Circuito do Ouro. Com uma história rica e envolvente ela traz em suas igrejas com partes de ouro marcas da época em que ostentava um posição privilegiada.

Além de pular carnaval você pode conhecer os pontos turísticos da cidade. Para se programar antes você pode visitas o site que traz mais informações: www.mariana.org.br.

Os ensaios já começaram e você pode obter mais informações através do telefone:( 31) 3557-900.


Ouro Preto é a cidade que acolheu os universitários, o que fez com que a cidade ficasse muito agitada e se tornasse palco de muitos shows.

Abriga muitos restaurantes, com aquelas comidinhas bem mineiras, bares e muita história, é claro. O Museu da Inconfidência é parada obrigatória para quem visita a cidade. Cheio de roupas, armas, mobília, documentos do julgamento dos inconfidentes, além de muitas obras de Aleijadinho, o museu conta com peças de grande valor.

Sempre acontecem micaretas por lá, o que faz a alegria dos jovens universitários e dos vários jovens turistas que chegam na cidade para curtir a festa. Vale a pena conhecer Ouro Preto e curtir um pouco da alegria que a cidade oferece.


Por Larissa Nalin


Há muitos anos, a cidade mineira de Poços de Caldas era considerada, a melhor cidade para passar a lua de mel, não é a toa que a maioria das pessoas de todas as partes do país conhece algum casal que já foi para lá curtir o clima de romance que a cidade tem a oferecer.

Hoje, a cidade está totalmente evoluída, com uma população muito grande e com muito mais atrações para oferecer além do clima super agradável. A cidade investe em festivais todos os anos para aumentar a quantidade de visitantes e dá certo.

Em vários meses do ano é possível acompanhar uma programação cultural super diversificada e intensa. São várias as opções, JulhoFest, com bandas da cidade, Festival Musica nas Montanhas, com orquestras de todo Brasil e do exterior e várias peças de teatro e muitas outras atividades.

Além disso, os pontos turísticos são ótimos, como Véu das Noivas, Cascata das Antas, Recanto do Japonês, Cristo Redentor, passeio de bondinho e muitos outros lugares para visitar. Além disso, a culinária é fantástica, com doces e comida mineira de dar água na boca. Vale a pena conhecer!

Por Susan Mélany



Uma das maiores metrópoles do Brasil, rodeada de bares e muita badalação. Belo Horizonte é assim, lugar ideal para quem procura muita diversão e paisagens extremamente bonitas. A arquitetura da cidade que é a capital de Minas Gerais, é toda modernista e com boa parte de projetos feitos por Oscar Niemeyer.

Além disso, o que chama a atenção por lá é a culinária, que além de ser mineira, ainda tem opções bem modernas misturadas com receitas bem antigas. Além disso, outro ponto alto da visita é se você for na época do festival “Comida di Buteco”, aí sim você vai ver o que é uma boa comida.

Indo para BH, você ainda tem a sorte de estar muito próxima de cidades como Mariana e Ouro Preto e por isso não podem perder a chance de dar um pulinho por essas outras lindas cidades mineiras.

Por Susan Mélany


Monte Sião é o destino certo para quem gosta de compras. A Capital das Malhas como é conhecida, tem um pólo industrial de malhas enorme e produz cerca de 2,5 milhões de peças todos os anos.

Fácil é encontrar por lá muita coisa boa para levar para casa, malhas lindas, uma infinidade de cores de modelos e ainda por cima uma culinária mineira de dar água na boca. Por isso, a cidade que vive da produção de roupas, recebe os turistas muito bem, com uma hospitalidade e atendimento diferenciado, e conquista tanto pela boca como pelo bolso, já que os preços são em conta.

Os melhores períodos para visitar a cidade são: de Abril a Maio, que ocorre a Feira Nacional de Tricô e Julho, que ocorre a Tricofest, Festival de Inverno da cidade.

Por Susan Mélany


As cidades históricas de Minas Gerais são um convite a tudo que é belo e harmonioso: Ouro Preto, com suas paisagens, reserva surpresas incríveis ao turista, sendo o maior e mais homogêneo conjunto de arquitetura colonial portuguesa em todo o mundo, é Patrimônio Cultural da Humanidade e merece ser visitada!

Não deixe de ir ao Museu do Aleijadinho, às várias igrejas e de conferir os excelentes produtos artesanais da região. Há muitas pedras preciosas e arte em jóias na cidade!

Em Mariana não deixe de fazer o passeio de trem da Maria Fumaça!

O pacote de 03 dias inclui visitas às cidades de Ouro Preto e Mariana:

  • 10/10 Sábado: recepção no aeroporto de Belo Horizonte e traslado para o Hotel em Ouro Preto, onde os turistas passarão a noite.
  • 11/10 Domingo: tour pelas cidades de Ouro Preto e Mariana. Pernoite em Ouro Preto.
  • 12/10 Segunda-feira: translado para o aeroporto em Belo Horizonte.

Para mais informações, acesse www.ouropretotravel.com.

Fonte: http://www.ouropretotravel.com/

Créditos: Cris Keller


As formações geológicas de Gonçalves, a 464 km de Belo Horizonte, devem ser visitadas pelos turistas que forem conhecer a cidade. A Pedra de São Domingos é um pico com mais de dois mil metros de altura e de seu topo é possível ter uma visão belíssima.

A Pedra do Forno é acessada por uma trilha em meio à vegetação, de seu topo avista-se a Pedra do Baú. Já a Pedra Bonita é o ponto mais alto, com uma visão incrível, enxerga-se o Vale do Paraíba e a Serra do Mar.

A Pedra do Cruzeiro é uma rocha imensa que emerge do Vale do Lambari, conforme o ângulo que o visitante olhar para ela, vai enxergar uma forma diferente. Em um dos lados da pedra, está o acesso para uma gruta.

Pouse em:

  • Pousada Serra Vista (35) 3654.1314
  • Pousada Dona Manoela (35) 9917.4742
  • Pousada Solar D´araucária (35) 3654.1398

Paula Cassandra


Próximo 30 km de Belo Horizonte, está o município de Betim, que conta com as maravilhas do turismo ecológico para os visitantes que gostam de conhecer lugares em meio à natureza. Encontram-se na cidade atrativos naturais como a Trilha dos Bandeirantes, a Lagoa Várzea das Flores, além de montanhas por onde é possível praticar caminhadas, cavalgadas, rapel e mountain bike.

A Várzea das Flores é um lugar muito frenquentado pelos moradores da região e turistas, é um lugar de grande beleza e ideal para o descanso. Já a Fazenda Vale Verde oferece 150 hectares transformados em parque ecológico. Os guias do local levam os visitantes a um passeio por toda a área, onde entre outros atrativos, se conhece a produção de doces e conservas artesanais, bem como o preparo das cachaças da região.

Hospede-se em:

Hotel Serra Negra (31) 3594.4137

Hotel Maia (31) 3594.2594

Hotel Nuar (31) 3531.1914

Paula Cassandra

Alfenas, a 340 km Belo Horizonte, é uma ótima opção para quem deseja conhecer o interior mineiro. Um dos principais cartões turísticos da cidade é o Lago de Furnas, que banha todo o município. O lago é um dos maiores América Latina, possui grande beleza e uma vegetação riquíssima.

No lago, o turista pode velejar e fazer passeios com outros tipos de embarcações. No município, foi construída uma rampa náutica pública, próxima 3 km do centro de Alfenas. Pela rampa, o visitante pode acessar o Lago de Furnas, além de conseguir informações sobre os pontos turísticos do lugar. O turista também tem acesso a estacionamento e píer flutuante, podendo ainda praticar a pescar esportiva e encontrar o tucunaré azul, que pode chega a mais de 5 quilos.

Algumas sugestões para se hospedar:

  • JS Palace (35) 3292.3333
  • Plaza Inn (35) 3291.3255
  • Alfenas Palace (35) 3291.7828
Paula Cassandra

Segundo estado mais populoso do país, Minas é um lugar de muitas histórias e beleza.

Com um povo muito caloroso e receptivo, o estado nos mostra desde antigos casarões até modernas e agitadas cidades, como Belo Horizonte, por exemplo.

A melhor época para visitar Minas Gerais é o verão, para que você possa aproveitar as inúmeras cachoeiras e rios e conhecer os parques que existem por lá.  As quedas d´água mais visitas ficam em Ouro Fino, Carrancas e Aiuruoca.

Dica importante: se possível, vá de carro! Você estará mais livre para ir e vir. Agora é só planejar a viagem, arrumar as malas e curtir belas paisagens e deliciosos pães de queijo, claro!

Por Larissa Nalin
Fonte: Viaje Aqui

Quem deseja conhecer o interior mineiro deve visitar Dom Joaquim, a 180 km de Belo Horizonte. Na cidade, existe o Complexo Turístico da Represa, onde são inúmeras as opções para se divertir, entre elas, cachoeiras e piscinas. O local conta com restaurantes, bares e ginásio de esportes. O visitante pode praticar jet-ski e canoagem.

Em Dom Joaquim, está instalada a Área de Proteção Ambiental Gameleira, constituída por uma grande floresta por onde passam praias, corredeiras e cachoeiras com deliciosas águas cristalinas. O lugar oferece ainda a beleza do encontro das águas do Ribeirão do Jacém e do Rio do Peixe.

Lindas paisagens também são vistas na Cachoeira da Maria Bamba, que é cercada por vegetação nativa, que formam trilhas e onde é possível acampar para aproveitar o dia.

Algumas dicas de hospedagem:

  • Pousada Caminho das Minas (31) 3866.1478
  • Pousada do Gaia (31) 8322.8532
  • Halley Hotel (31) 3866.1104
Por Paula Cassandra

Espera Feliz, distante 378 km de Belo Horizonte, é uma cidade repleta de cachoeiras para os turistas conhecerem. Entre elas, a Cachoeira do Chiador tem águas límpidas, por onde o visitante pode deslizar até chegar numa encantadora piscina natural.

A Cachoeira Vale a Pena, como o próprio nome já diz, é de uma beleza exuberante que deve ser apreciada, formada por piscinas naturais e um clima muito fresco. A sua estrutura oferece aconchego para toda a família.

Outra cachoeira é a Recanto da Paz, pouco explorada, possui trechos ainda virgens, com uma piscina natural de puríssimas águas dentro de um fascinante bosque. Já a Cachoeira do Cruzeiro é bastante visitada, mas está bem conservada e é de fácil acesso.

Hospede-se em:

  • Pousada Vale a Pena (32) 9969.4373
  • Hotel Montanhês (32) 3746.2575
  • Hotel Vale Verde (32) 3746.1304
Por Paula Cassandra

No interior mineiro, o município de Jeceaba, a 110 km de Belo Horizonte, reserva muitos lugares para os turistas conhecerem e se divertirem entre maravilhosas paisagens. No Mirante do Taquaral, também conhecido por Cruzeiro de Pedras, avista-se a beleza da região. O lugar tem 1.200 metros e é formado por uma montanha de pedras.

Já o Balneário e as Corredeiras dos Dinizes contam com refrescantes águas para um banho inesquecível. O local possui infraestrutura para os visitantes, onde se pode pescar, acampar, andar de bicicleta e caminhar para desvendar a região.

Jeceaba oferece ainda a Cachoeira de Santa Cruz, outro balneário com uma trilha de pedras de 5 km, por onde é possível acessar mirantes que revelam a encantadora beleza das altas montanhas e dos imensos vales da cidade.

Sugestões de hospedagem em Belo Horizonte:

Por Paula Cassandra

A Serra do Gambá está localizada no município de Jeceaba, distante 110 km de Belo Horizonte, e é um dos lugares mais encantadores da região para visitar. O local possui mais de 1.200 metros de altitude, exuberante vegetação, formando morros arredondados.

Os turistas vão se encantar com o cenário ao percorrer a serra, com uma imensa área onde se encontram ribeirões, rochas antigas e muito verde. O lugar é extremamente rico em variedade de espécies da flora e da fauna, típicas do cerrado, como felinos, serpentes e aves. Destacam-se também as belíssimas árvores, de grande porte.

Na Serra do Gambá, pode-se ainda aproveitar as suas características para praticar esportes, entre eles, asa delta, vôo livre e montain bike.

Opção de hospedagem:

  • Hotel do Sabino (31) 3735.1291

Ou em Belo Horizonte:

Por Paula Cassandra

Itaúna, a 76 km de Belo Horizonte, é uma cidade de fascinantes paisagens, entre elas, a chamada Cachoeirinha, com deliciosas quedas, forma poços e grutas. Está situada a 18 km da zona urbana da cidade e ainda resguarda um clima de natureza selvagem.
Outro lugar de grande beleza é a Fonte Olhos d’Água, localizada entre bosques e trilhas, fica na Estância Água Mineira Viva. Dela sai uma água de muita pureza que é engarrafada e comercializada.
A Gruta da Nossa Senhora de Itaúna é outra opção para os visitantes. É um espaço de tranquilidade e paz, que os cidadãos de Itaúna resguardam para os momentos de oração e fé. No espaço, existe a imagem da santa, desenhada por um dos artistas locais. Um ponto turístico religioso de grande importância para a região.
Algumas sugestões de hospedagem:
Grande Hotel Itaúna (37) 3242.2100
Hotel Ponto Chic (3)7 3241.2634
Hotel Freitas (37) 3241.4780
Por Paula Cassandra

Itaúna, a 76 km de Belo Horizonte, é uma cidade de fascinantes paisagens, entre elas, a chamada Cachoeirinha, com deliciosas quedas, forma poços e grutas. Está situada a 18 km da zona urbana da cidade e ainda resguarda um clima de natureza selvagem.

Outro lugar de grande beleza é a Fonte Olhos d’Água, localizada entre bosques e trilhas, fica na Estância Água Mineira Viva. Dela sai uma água de muita pureza que é engarrafada e comercializada.

A Gruta da Nossa Senhora de Itaúna é outra opção para os visitantes. É um espaço de tranquilidade e paz, que os cidadãos de Itaúna resguardam para os momentos de oração e fé. No espaço, existe a imagem da santa, desenhada por um dos artistas locais. Um ponto turístico religioso de grande importância para a região.

Algumas sugestões de hospedagem:

  • Grande Hotel Itaúna (37) 3242.2100
  • Hotel Ponto Chic (3)7 3241.2634
  • Hotel Freitas (37) 3241.4780
Por Paula Cassandra

São Tomé das Letras, a quarta mais alta cidade do Brasil, situada a 1.444 metros acima do nível do mar, tem muito a oferecer ao turista: esportes radicais, ecoturismo, belas paisagens, várias igrejas, grutas, cachoeiras, e até ufologia, um assunto que faz parte da mística da cidade, considerada por muitos um dos sete pontos energéticos da Terra.

O portal oficial da cidade http://www.saothomedasletras.net/ traz uma série de informações essenciais ao turista, sobre pontos turísticos, dicas de compras, roteiros de visitas, hospedagem e muito mais.

Não deixe de visitar a Gruta São Tomé e a Gruta do Carimbado, além das Formações Rochosas, sendo a da bruxa a mais famosa, sem esquecer do artesanato, feito utilizando a famosa pedra São Tomé.


Quem não gosta de um bom banho quente no mais severo frio? E quem não gosta, também, de se divertir em piscinas, toboáguas e praias? Agora, agregue esses dois aspectos em um só local. Ao fazer isso, somente um nome pode ser descrito: Caldas Novas.

No entanto, não é somente no inverno que é possível desfrutar o melhor do local. Lá o público é presente o ano inteiro, principalmente no Verão, mais especificamente nos hotéis. Por falar nisso, um dos mais conhecidos é a Pousada do Rio Quente, que por sinal, foi a primeira instalação que se tem conhecimento, inaugurada em 1964, em cima das primeiras nascentes localizadas na região. Atualmente, o empreendimento conta com mais outros hotéis, além do Hot Park, um verdadeiro parque aquático com atrações para todos os gostos.

A cidade, em sua totalidade, oferece inúmeros passeios, além de águas quentes naturais presentes por toda a província. Há sorveterias, restaurantes, shoppings, praças e alguns bons bares, que desfilam em conformidade com o clima adorável do local.

Não é à toa, quem vai para Caldas Novas percebe que o público comporta crianças, jovens, adultos e idosos. E não pense que alguém se importa com isso, pois o objetivo é se divertir pra valer!


Integrante das conhecidas Cidades Históricas, Tiradentes chama a atenção do turista não por suas opções no comércio, restaurantes e afins. Na verdade, o local, por si próprio, é o grande chamariz.

Situada próxima a São João Del Rey, Ouro Preto e Mariana, Tirantes apresenta uma vasta história mineira, aquelas das boas, com muito ouro, guerras, religião etc. É no local, fundado em 1702 pelo inconfidente João de Siqueira Afonso, que se pode notar um belo conjunto de obras arquitetônicas, tombadas, então, pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN).

Para se ter ideia, ou melhor, uma curiosidade, o anúncio de mortes na cidade acontece por meio de um, digamos, megafone, em frente à Matriz de Santo Antônio, uma das mais belas igrejas do circuito histórico mineiro. Nas ruas e vielas (feitas de paralelepípedos) o comércio é bem simples, mas de bom gosto, principalmente aos que adoram doces, queijos e outras especiarias.

Claro, não dá para deixar de citar um importante fato. O local é cidade natal de Joaquim José da Silva Xavier, ou simplesmente Tiradentes, o grande símbolo da Inconfidência Mineira.


O município de São Gonçalo do Rio Abaixo, a 84 km de Belo Horizonte, é um local encantador. Entre seus atrativos turísticos, o visitante pode conhecer a Fazenda Brejaúba, onde a sua construção principal foi erguida na metade do século XIX, mostrando fortes traços da época colonial mineira.

Na cidade, os atrativos naturais também são dotados de grande beleza, como as quedas d’água da região. A Cachoeira da Cascata, a Cachoeira São José e a Cachoeira das Pacas estão localizadas em áreas particulares, mas estão abertas aos visitantes que desejam tomar um banho refrescante. Já a Parede rochosa conta com 40 metros de altura e exibe uma deliciosa água cristalina.

Algumas dicas para se hospedar:

Arco-Íris Hotel (21) 2617.6336

Eros Hotel (21) 2617.6412

Faros Hotel (21) 2617.6723


Os turistas que gostam de visitar lugares que contam histórias de um passado muito remoto vão se encantar com Uberaba, a 494 km de Belo Horizonte. Na cidade, existe o distrito Peirópolis, conhecido por ser um sítio paleontológico onde foram encontrados fósseis com 80 milhões de anos.

Os visitantes vão se encantar com a infraestrutura do local, que contem réplicas de dinossauros, centro de pesquisas e museu. Também estão ali instaladas uma área para esportes e outra dedicada à gastronomia, destacando-se os licores e doces nativos.

Uberaba também conta com o Parque Municipal Mata do Ipê, um lugar encantador repleto de árvores, com trilhas, pontes, além de fascinantes cascatas e lagos. É possível encontrar ainda minas desativadas abertas à visitação.

Algumas dicas para pousar:

  • Hotel Metrópole (34) 3332.6699
  • Hotel Nacional (34) 3313.9337
  • Hotel Porto Bello (34) 3336.7530

Uberlândia, distante 556 km de Belo Horizonte, é uma cidade com diferentes atrativos turísticos, entre eles, merece destaque o Parque Municipal Victório Siquierolli. O lugar possui características de cerrado com lindas árvores de troncos retorcidos.

Os frutos agrestes e as flores coloridas da região completam o cenário. O parque é composto por terras públicas e outras privadas, que foram doadas pelos proprietários, com o intuito de criar em Uberlândia uma unidade de conservação, principalmente para os dois belos córregos que ali existem.

O Parque Municipal do Distrito Industrial também é uma área de preservação, com mata nativa, no entorno do Córrego Liso. O local é um cinturão verde de grande beleza para visitantes de todo o país apreciarem.

Dicas de hospedagem:

  • Hotel Raposo (34) 3232.8496
  • Hotel Sara Palace (34) 3227.0915
  • Hotel Umuarama (34) 3212.1322

O município de Claúdio, distante 139 km de Belo Horizonte, é o lugar ideal para conhecer uma flora extremamente diversificada com espécies originárias do cerrado, entre elas, a barbatimão, a pequi e a cagaiteira. Exemplares de outras belíssimas árvores também são vistas na cidade, como jacarandá, cedro, angelim e sucupira, para dar apenas alguns exemplos. A flora de plantas medicinais é também muito rica.

Cláudio conta com uma grande área de mata, que abriga diferentes espécies de animais. Os visitantes que andam pela exuberante natureza da região encontram tamanduás, jaguatiricas, micos, tatus e muitas outras. Destaca-se ainda a cobra-coral, a cascavel e a jararaca.

A Cachoeira do Corumbá, a Serra da Capela Velha, do Barão e do Ouro-Fala são outros excelentes atrativos naturais para o turista que quiser se aventurar pelo interior de Minas Gerais.

Pouse em:

  • Hotel Babilônia (37) 3381.2107
  • Hotel Três Irmãos (37) 3381.2255
  • Hotel Vilaça (37) 3381.1675

1001623739_826b72a549


Os canyons e a Lagoa Azul são os lugares mais fascinantes de Capitólio, a 284 km de Belo Horizonte. Uma deliciosa cachoeira deságua na Lagoa Azul, com águas claras, é possível praticar o mergulho e enxergar até o seu fundo, de tão límpida que são as águas.

Quem prefere as formações geográficas vai se encantar com os canyons de Capitólio, que totalizam cerca de 200 metros de extensão. Ao final da sequência de fendas nas rochas sólidas, encontram-se duas maravilhosas cachoeiras com aproximadamente 30 metros de altura.

O visitante pode fazer o passeio de barco pela extensão dos canyons e ter uma visão privilegiada, o que faz deste lugar um local ideal para desfrutar de momentos de tranquilidade em meio à natureza.

Algumas dicas para se hospedar:

  • Cyrilos Palace Hotel (37) 3373.1255
  • Balneário do Lago Hotel (37) 3373.1900
  • Pousada do Rio Turvo (37) 3373.1066

A Serra de Boa Esperança é uma das atrações da cidade de mesmo nome, distante 283 km Belo Horizonte. O atrativo é um imenso acidente geológico em formato semelhante à letra V e abrange as cidades de Carmo do Rio Claro, Ilicínea e Guapé.

No percurso da serra, existem outras paisagens inesquecíveis, como a Serra Azul, a Serra do Inferno, o Buracão e o Chapadão. No município de Boa Esperança, está situado ainda o Pico do Branquinho, famoso ponto turístico, em decorrência dos seus mil e duzentos metros de altitude.

A região é repleta de uma grande riqueza de espécies da flora, como candeias, quaresmeiras, capins do campo, entre outras. Na Serra da Boa Esperança, nascem muitos riachos e córregos. O Lago de Furnas é outro ponto turístico que deve ser conhecido.

Dicas para hospedagem:

  • Hotel do Lago (35) 3851.3002
  • Atlanta Hotel (35) 3851.1419
  • Hotel Catavento (35) 3851.1380


Belo Vale, a 86 km de Belo Horizonte, é um lindo lugar para um passeio turístico, destacam-se as atrações rurais. A Fazenda da Boa Esperança tem uma linda paisagem, se localiza num vale às margens do Rio Paraopeba. A sua arquitetura data do século 18, tem o estilo predominante da arquitetura rural mineira.

Ruínas da Chacrinha também é um belo lugar para ser visitado. Apesar de restar apenas ruínas da Fazenda de Ouro, a propriedade conta muitas histórias, que remetem até a uma visita feita por Dom Pedro I ao local, em 1822. A região possui ainda uma deslumbrante cachoeira, com uma corredeira de 1,5 km. As ruínas de pedra são imponentes, algumas com 6 metros de altura, e as janelas são de pedra trabalhadas artisticamente.

Algumas sugestões para se hospedar:

  • Pousada Egg Maia (31) 3734.1313
  • Hotel Paraíso (31) 3734.1177
  • Fazenda Belo Vale (31) 9141.6534

belovale071

2396663715_6288e0db2e


Minas Gerais é um estado que possui inúmeras cidades com belas serras, Jaboticatubas, a 63 km de Belo Horizonte, é uma delas. No lugar encontra-se a Serra do Bené, onde um rio é cercado por vegetação nativa, formando uma exuberante cachoeira e um poço ideal para se banhar.

No local, outras duas cachoeiras completam a paisagem, uma de difícil acesso com uma imensa queda d’água e outra de fácil acesso se o visitante chegar a até ela pelos caminhos de pedra.

A Serra do Cipó conta com rochas arenosas, e uma maravilhosa flora com espécies que são encontradas apenas ali, como a orquídeas, bromélias, canela-de-ema e sempre-vivas. A flora também é muito exemplar, destacam-se as espécies de insetos, sapo-de-pijama, ouriços-caixeiros, jaguatiricas e lobos-guará.

Dicas para pouso:

  • Pousada Pouso Real (31) 3683.1236
  • Jabó Center Hotel (31) 3683.3200
  • Sítio Vovô Joaquim Vitorino (31) 3683.3200

A cidade de Lagoa da Prata, a 220 km de Belo Horizonte, como o nome já insinua é propício para um delicioso banho de lagoa. Mas também possui outros atrativos, como a Cachoeira da Cemiguinha, situada na Lagoa da Prata, tem muitas quedas d’águas pequenas e brandas, ideal para relaxar.

O lugar conta ainda com uma área verde e praias de areia branca. Além disso, o município está em parte da margem do Rio São Francisco, sendo possível a pesca turística.

O visitante tem a opção de momentos de lazer também na Praia Municipal Lagoa da Prata, seus 600 metros de orla, conta com infraestutura para esportes. O local abriga a Feira de Artesanato, que acontece quatro vezes por ano, e a festa dos Congadeiros, realizada nos meses de agosto e setembro.

Hospede-se em:

  • Pousada Água Viva do Ipê (37) 9984.5189
  • Hotel Plazzaro (37) 3261.1387
  • Hotel Santo Antônio (37) 3261.1654

Lavras Novas, a 117 km de Belo Horizonte, possui deslumbrantes cenários, entre eles, as diversas serras que existem no local. A Serra do Trovão é um gigantesco maciço rochoso, da onde se avista um inesquecível pôr-do-sol.

A Serra do Caparaó, da Chapada, de Ouro Branco e do Caraça são as outras serras que exibem lindas paisagens. Além dos picos Itacolomi e do Itabirito, de onde é possível ter uma visão de 360 graus da região.

O município conta ainda com a Pedra do Equilíbrio, situada na subida de uma serra, ela está equilibrada em outra rocha e parece que irá cair a qualquer momento. Os turistas vão se encantar com essa formação geológica.

Hospede-se em uma das sugestões:

  • Pousada Beija-flor (31) 3554.2172
  • Pousada Serra do Luar (31) 3554.2021
  • Pousada d’Bro (31) 9996.5530

Lindas paisagens são encontradas em Araguari, a 585 km de Belo Horizonte. A Corredeira do Pau Furado é ótima para contemplação em seus bancos de areia.  As corredeiras são formadas pelo estreitamento do rio Araguari, provocado pelas rochas. Nesse trecho, sua largura varia entre 10 a 30 metros.

O Lago da Paraíba ou Emborcação é outro belo recanto da natureza. Nele, é possível nadar e sua profundidade vai aumentando à medida que se entra. A vegetação que circunda o lago é típica de cerrado, com árvores esparsas de pequeno porte e áreas com vegetação rasteira.

Em trechos das margens, existem ranchos, inclusive para alugar, e uma área para acampar. Há também ilhas de variados tamanhos, propício para os visitantes que gostam de desvendar os mistérios da natureza.

Para se hospedar:

  • Hotel Sogrão (34) 3241.1300
  • Hotel Pousada Paraíso (34) 3241.4462
  • Orsi Hotel (34) 3241.2850

Uma das mais famosas estações serranas do Brasil, Monte Verde é conhecida como a “Suíça Brasileira”. Cidade com uma atmosferea romântica, ideal para namorados, Monte Verde oferece um clima frio e serrano, restaurantes charmosos, casas de chá e fondue, lojas de malhas e artesanatos, além de hotéis equipados com lareiras, piscinas aquecidas e ofurôs.

Para os que gostam de caminhadas, uma boa pedida é a trilha até o topo da Serra da Mantiqueira, que fica bem na divisa entre São Paulo e Minas Gerais. Vale visitar a Cachoeira dos Pretos, a maior queda d’água de São Paulo, com 154 metros, onde é possível praticar arborismo, rapel e bóia-cross.

  • Estalagem Wiesbaden – www.wiesbaden.com.br
  • Hotel Itapuá – www.itapuamonteverde.com.br
  • Pousada Villa de Lucas – www.villadelucas.com.br
  • Estalagem Spiller – www.estalagemspiller.com.br

A 420 km de Belo Horizonte, em Mutum, estão as fascinantes Pedra Ondulada, Pedra Pontiaguda e a Pedra Invejada.

A Pedra Invejada está na divisa do município de Mutum e Lajinha, no sudoeste mineiro, no Vale do Rio Doce. A formação geológica possui 1.575m de altitude e acesso por trilhas a partir de São Roque. Dela é possível observar a Mata Atlântica e sua biodiversa flora e fauna.

A trilha é feita pela Fazenda do Sr. Vavá, tranquila e com duas horas. Depois, ela torna-se pesada, com escaladas em pedras de declive acentuado, dando acesso aos picos da Pedra Ondulada e da Pedra Pontiaguda.

Além disso, o lugar oferece cachoeira com águas cristalinas e piscinas naturais. Maio e agosto são os meses propícios para a caminhada na Pedra Invejada.

Dicas de hospedagem:

  • Hotel Virgínia (33) 3312.1314
  • Hotel Pedra Bonita (33) 3312.1223

Um belíssimo local para uma caminhada cheia de aventuras.


Tombada pela Unesco, como Patrimônio Cultural da Humanidade, a cidade de Ouro Preto mostra que sua atratividade não se restringe ao Carnaval.

Passear pelas infinitas ladeiras tomadas por casas de estilo colonial e visitar as igrejas e museus onde estão expostas as obras de Aleijadinho, fazem com que o turista tenha a impressão de estar voltando no tempo.

Entres as diversas igrejas de Ouro Preto, a São Francisco de Assis é a mais famosa e representa um dos exemplares mais belos do barroco. Outro passeio interessante, é percorrer os túneis da Mina do Chico Rei. Conta a história que Chico Rei foi um escravo africano que após árduo trabalho, comprou sua liberdade e a própria mina na qual trabalhava.

Nos museus da cidade é possível aprofundar-se ainda mais na história do local.

ouro-preto-mg


Situada sobre uma montanha de pedras e a 335 km de Belo Horizonte, acredita-se que São Tomé das Letras seja um dos sete pontos energéticos da Terra, atraindo visitantes durante todo o ano.

O lugar possui grutas, cachoeiras, construções em pedra e até uma pirâmide, que foi edificada no ponto mais alto da cidade, resultando numa das mais belas vistas do local com uma panorâmica de 360 graus.

A gruta do Carimbado, cercada de histórias fantásticas, tem como lenda mais conhecida a que diz que a gruta é uma ligação entre São Tomé e a cidade inca de Machu Picchu, no Peru.

Algumas opções de hospedagem:

  • Bosque dos Beija-Flores – Santuário Ecológico (35) 3237.1154
  • Pousada dos Anjos (35) 3234.1465
  • Pousada Alpha Centauris (35) 3237.1103

Para quem procura uma cidade repleta de histórias místicas, São Tomé das Letras é o lugar certo.


Ideal para passeios românticos, São Lourenço está localizada a 390 km de Belo Horizonte. A cidade faz parte do famoso Circuito das Águas de Minas Gerais e é um dos menores municípios brasileiros.

Entre os atrativos turísticos, que são muitos, está o Trem das Águas, que realiza passeios entre São Lourenço e Soledade de Minas, numa verdadeira Baldwin Locomotive World, do ano de 1920.

Outro atrativo é a Fundação Cimas, que trabalha com o plantio e cultivo de plantas e ervas medicinais, e mantém uma exposição permanente de quadros do gênio surrealista Salvador Dalli e a Cápsula do Tempo.

Dicas de hospedagem:

  • Pousada Santo Antônio (35) 3331.1762
  • Hotel Fazenda Vista Alegre (35) 3331.3518
  • Hotel Emboabas (35) 3331.3518

A pista de kart e construções em diferentes estilos arquitetônicos fazem de São Lourenço um lugar inesquecível.





CONTINUE NAVEGANDO: