Nessie o famoso monstro que habitaria o lago escocês há séculos, atrai milhares de visitantes por ano para a região de Inverness, no norte da Escócia.

É provável que a lendária criatura não apareça, mas ainda assim o tour pela região vale para conhecer a bela paisagem local. Há diversos passeios que podem ser comprados em Glasgow ou Edimburgo. Como a rede de transporte na Escócia é eficiente, você não terá problemas se optar por fazer o turismo na região sozinho.

Para ir à Escócia os brasileiros não precisam de visto para permanência até 90 dias, mas a imigração para a conexão em Londres é rigorosa. Antes de embarcar nesta aventura, visite o site oficial: www.visitscotlland.com.

Por Fernanda Peixoto


A cidade de Dundee está localizada na costa leste da Escócia, na foz do rio Tay com o Mar do Norte e é a quarta maior cidade do país. Dundee conserva muitos atrativos turísticos e preserva sua antiga história através de seus antigos prédios, como o famoso castelo de Broughty, construído em 1496.

Entre as principais atrações da cidade está o Mills Observatory, o único observatório público Britânico construído somente para as pessoas conhecerem e entenderem a ciência. Dundee também possui belíssimos parques, onde visitantes e moradores costumam passar as tardes ensolaradas. Entre os principais parques da cidade estão o The Rock Garden e o Caird Park, ideal para caminhadas e práticas esportivas.

Outro grande atrativo turístico de Dundee é a Grassy Beach, uma mini praia pacata muito procurada por quem gosta de andar de bicicleta, caminhar ou simplesmente sentar e observar a paisagem silenciosa. 

Por Juliete Lunkes


Um dos países que é quase sempre deixado de lado nos itinerários dos brasileiros em viagens para Europa é justamente um que deveria mais do que nunca fazer parte dele. É a Escócia, especialmente sua Capital, Edimburgo. A cidade respira cultura por todos os lados e por todas as paredes de seus prédios brilhantemente arquitetados há séculos atrás.

Edimburgo divide com Glasgow a maior parte da população escocesa, e as duas cidades são também o destino favorito dos turistas que vão ao país. A capital, repleta de museus e Pubs, é considerada uma das cidades mais bonitas do Reino Unido. Um dos lugares mais interessantes para se visitar em Edimburgo são as ruelas e o castelo da Old Town, onde dezenas prédios da Idade Média formam um belo cenário.

Para quem visitar a cidade o mais legal é conhecer toda a cultura local, beber os famosos whiskys escoceses, interagir com a simpatia dos moradores, e por que não, até desfilar com um kilt (famosas saias masculinas escocesas) por aí!

Por Juliete Lunkes


Em suas próximas férias reserve tempo e dinheiro para viajar de trem da capital da Escócia, Edimburgo até outra importante cidade do país: Glasgow. O passeio dura em média quatro horas e contorna lindas paisagens escocesas.

A diversão começa já em Edimburgo, passeando em meio aos penhascos e vulcões que rodeiam a cidade. A cidade também é sede de uma importante atração cultural, o Edinburgh Castle, construído no século 11, o castelo é a principal atração do Centro Histórico.

Ao final do passeio, em Glasgow, as atrações continuam: a cidade está entre os principais destinos para compras do Reino Unido. E é contornada por belas paisagens.

Por Rosana Radke


O significado de Oban, em idioma gaélico, quer dizer a pequena baía. A pequena cidade é também muito bela; com pouco mais de oito mil moradores, Oban chega a ficar com 25 mil habitantes em temporada turística.

A baía de Oban tem formato de ferradura e é protegida pela ilha de Kerrera, e mais adiante pela ilha de Mull. O azul do mar se funde ao cinza dos rochedos que rodeiam Oban e proporcionam um espetáculo visual.

A cidade oferece uma boa infra-estrutura, como alojamentos e restaurantes. Outra boa notícia é de que os preços em Oban constumam ser baixos. Na região é possível visitar ainda o castelo Dunollie, o castelo Dunstaffnage e a torre de McCaig.

300px-Dunstaffnage_Castle

Por Rosana Radke





CONTINUE NAVEGANDO: