Conhecida como o destino dos milionários e esperança para os grandes negócios do futuro, Dubai, nos Emirados Árabes, apresenta o mercado do ouro.

Tudo por lá é feito de ouro, os corredores são ofuscados com o dourado das vitrines, que por sua vez mostram todos os objetos produzidos a base de ouro.

Para as mulheres, não faltam brincos, correntes, pulseiras, colares e diversas peças que compõe o visual das que gostam de acessórios. Mas os homens não ficam de fora, a maioria dos produtos são voltados para eles.

Não pense que o ouro em Dubai tem a mesma tonalidade, ao contrário, o ouro pode variar entre as cores amarela branda, roda ou verde. Vale treinar o papo para pechinchar, o vendedor pode se ofender se na mesma hora de ofertar um produto você ofertar, sua lábia pode ser gasta em mais de 350 lojas.

Juliana Alves


Quem disse que ir ao parque de diversões é programa para crianças? Já não é de hoje que estes centros de lazer reservam atrações especiais para o público adulto, como brinquedos mais emocionantes, que elevam a adrenalina de qualquer um, independentemente da idade.

Mas, considerando que é o público mais velho quem planeja e decide o destino das férias, já existem opções que aliam diversão e entretenimento a temas que atraem ainda mais os adultos.

Um exemplo é o Ferrari World, inaugurado no dia 4 de novembro de 2010, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. O parque temático é inteiramente dedicado à tradicional marca italiana, que tem como fãs homens e mulheres de diversas idades e de vários países. Com mais de 550 mil metros quadrados, o parque já é considerado o maior do mundo e tem capacidade para 10 mil pessoas.

Entre as 20 atrações do Ferrari World, está a montanha-russa Formula Rossa – ou Fórmula Vermelha, em alusão a cor da famosa escuderia. O brinquedo simula um carro de Fórmula 1 e, em apenas dois segundos, passa de 0 a 97 km/h. Por alcançar a velocidade máxima de 240 km/h, a montanha-russa da Ferrari já é considerada a mais rápida do mundo, desbancando a Kingda Ka, dos Estados Unidos. A velocidade é tanta, que os ocupantes do carrinho precisam usar óculos para proteger os olhos da força do vento!

Os ingressos para o Ferrari World custam entre 61 e 102 dólares (o equivalente a R$ 103 e R$ 172).

Por Nicole Trovato


Na cidade de Dubai é tudo muito suntuoso, mega, muito exagerado, e para quem visita a cidade muitas vezes fica um pouco atordoado com tantas opções nos momentos de ir às compras.

Uma dica que é pouco conhecida é o Wafi, um shopping bem menor, mais clean – e, mesmo assim, é o equivalente ao novo e sofisticado Cidade Jardim, de São Paulo. Lá você encontra as grandes e conhecidas marcas, como Chanel, Chanel Fine Jewellery, Versace, Escada, Nicole Farhi, Tiffany, Rolex, entre outras, sem falar nos vários e bons restaurantes. São trezentas e cinqüenta lojas e os preços, são bastante convidativos.

Veja mais informações em: www.bulgarihotels.com

Por Danielle Batista


Antes era Dubai, agora a mais nova atração do Oriente Médio e casa dos ricos e muitas vezes famosos, é a vizinha Abu Dhabi. A Nova York árabe esbanja ostentação, luxo, exagero, mas também uma tolerância ainda não encontrada em várias outras partes de países árabes como a própria Dubai.

Em Abu Dhubai, turistas estrangeiros ou não, muçulmanos ou não podem visitar a famosa mesquita branca do Sheike Zayed. Lá os visitantes se encantam com a coleção de tapete iranianos, cristais Swarovki, cerâmica turca e especialmente os mármores italianso, chineses e gregos que cercam todo o edifício interno que é também ornado com ouro de 24 quilates.

Uma festa para os olhos! Além das belezas turísticas Abu Dhabi também atrai turistas de toda parte do globo. Alí, mulçumanos ou não podem beber bebida alcólica ao ar livre e além disso, o sistema de imposto (ou falta dele) faz de Abu Dhabi um verdadeira paraíse duty free.

Por Nara Vidal





CONTINUE NAVEGANDO: