Sem dúvida, uma opção diferente para quem curte aventura e esportes, são os Passeios de Balão. Não existe nada melhor para conhecer lugares, tendo uma visão privilegiada, apreciando as paisagens naturais e ao mesmo tempo se divertir nas alturas e ao ar livre.

Pensando nisso, algumas empresas apostam nesse segmento, para proporcionar o necessário para que você possa curtir essa viagem. Em São Paulo, existe um site especializado em passeios de balões. Acesse www.passeiodebalao.com.br agende seu voo e divirta-se com sua família.

Serviço: Horários de funcionamento: Segunda a Sexta, das 9h às 18h, ligue para: (11) 2059.0761. Aos Sábados, Domingos e Feriados, apenas pelo celular: (11) 7961.7010.

e-mail de contato: contato@passeiodebalao.com.br.

Por Monique Mota


Mais do que só um lugar para relaxar ou emagrecer, no Canadá os spas são endereços para ir com os amigos e passar horas muito agradáveis. O mais bacana de todos chama-se Balnea, fica pertinho da capital Montreal e foi projetado pela descolada stylist Sthéphanie Émond, ex-jornalista de moda.

No Balnea, uma moçada cool vai para passar o dia nas saunas e chaises longues, se revezando entre banhos quentes e frios – tudo com uma bela vista para a floresta. Além disso, quem quiser pode incrementar o dia com uma massagem ou almoço – saudável, sim, mas com direito a um bom vinho.

Mais informações na página do Balnea (em francês) – www.balnea.ca/fr.

Por Danielle Batista


Conhecida como a capital brasileira do boteco, Belo Horizonte, mantém este tradicional paradigma, pois tem como explicação a ausência de mar. Assim, a opção é ir a um belo e bom boteco. Existem até constatações do IBH – Índice de Boteco por Habitante – que beira a margem 3 para 1 e, obviamente um dos maiores índices do Brasil.

Mas, brincadeiras a parte, ressalta-se os tradicionais botecos como Casa Cheia, dentro do Mercado Central e o Café Palhares, que serve a 50 anos o “kaol”, um prato feito de arroz, linguiça e ovo. Também existem os moderninhos como o Maria de Lourdes Botequim, onde? Em Lourdes.

No evento Comida di Buteco, onde mais de 40 casas participam, a intenção é divulgar a gastronomia. Entretanto, quem visita BH e pensa que só vai degustar a típica comida mineira; engana-se. O circuito gastronômico de “Beagá” varia desde a comida baiana até pratos que são destaques internacionais.

Por Patricia Gujev





CONTINUE NAVEGANDO: