Este termo é para viajantes considerados independentes, traduzido do “Backpacker”, originou-se na Austrália. Característicos o uso de bagagens em uma mochila, tradução livre do termo. São identificados por não utilizarem agencias turística, definem seu roteiro através de informações de amigos, guias e websites. Preferindo hospedagens modestas, ênfase em conhecer a cultura do local e outros mochileiros.

Liberdade, praticidade, aventura e economia. É o lema dos típicos mochileiros, muitos com estadia prolongada arranjam trabalhos voluntários ou temporários no local. Prática comum no em todo o mundo.

Oportunidade de viajem e também de estilo de vida, tem facilidades para muitos turistas que se enquadram em algumas características. E demonstra que existem muitas maneiras de todos poderem desfrutar do prazer de conhecer lugares novos, culturas diferentes e ser um turista no Brasil e no Mundo, gastando menos e podendo mergulhar em um real intercambio.

Não se restrinja a achar que só consegue viajar com muito dinheiro, desbrave outras possibilidades.

Mais informações: www.mochileiros.com

Por Thais Gusmão


Existem vários lugares que tanto a população carioca como os visitantes devem conhecer, como a Ilha Fiscal e o Museu Histórico Nacional.

A Ilha Fiscal, pertencente ao Espaço Cultural da Marinha, fica às margens da Bahia de Guanabara. Semanalmente, escuna e micro-ônibus vão ao encontro da ilha Fiscal. Arquitetura neogotica, a Ilha Fiscal foi inaugurada, em 1889, como posto aduaneiro. Horário para visitas de quinta a domingo, às 13h, 14h30 e 16h.

O Museu Histórico Nacional foi criado em 1922, como parte das comemorações do centenário da Independência do Brasil. O local abriga quase 350 mil itens históricos, como carruagens, quadros da família real e canhões. É uma viagem pela história. O Museu fica na Praça Marechal Âncora, s/n. O horário de visitação é das 10h às 17h30, de terça a sexta-feira e das 14h às 18h, aos sábados, domingos e feriados.

Fernanda T. Sodré


Se as suas viagens incluem a criançada junto, segue algumas dicas de lugares que os pequenos vão adorar e os papais também:

– Barreirinhas – MA

A cidade mais próxima do Parque nacional dos lençóis Maranhenses é diversão garantida para os maiores de 8 anos.

– Bombinhas – SC

Águas calmas e areia branquinha, ideal para crianças pequenas. Saídas de escunas e locais interessantes para todas as idades como o Ecomuseu que tem esqueletos de baleias e fósseis.

– Bonito – MS

A gruta Lago Azul e o Parque ecológico Baía Bonita, que tem cama elástica flutuante e um museu de história natural são ótimos programas para mini e grandes turistas.

– São Paulo – SP

Sério! A capital paulista tem muitas atrações para crianças, como museus, pinacoteca, Zoo Safári, Instituto Butantã, Jardim botânico, planetário…

Boa Diversão! Para todos!


Quem quer curtir as férias com intensidade tem que sair da rotina e fazer atividades diferentes.  Existem várias opções para todos os tipos de gosto e bolso.

Os parques de diversão oferecem atrações com garantia de diversão, adrenalina e emoção.  Você pode escolher  algum pertinho como Playcenter e Hopi Hari como pode viajar e curtir os parques da Disney.

Cidades turísticas proporcionam esportes radicais como é o caso de Socorro e Caldas Novas, as cidades têm estruturas para a prática de rafting, tirolesa, arborismo, paraglider e muito mais. Portanto, separe um dinheiro para aproveitar as férias porque  as atividades exigem um investimento mínimo de duzentos reais.

Por: LB.


Localizada em Santa Catarina, Joinville possui ingredientes distintos que se complementa. A herança dos imigrantes europeus, cultivada na dedicação ao trabalho, faz da cidade um lugar especial para se conhecer. Maior e mais rico município de Santa Catarina, com 490 mil habitantes, Joinville une a vocação industrial com a de centro de excelência em turismo. Cultura, história, gastronomia típica, eventos, atividades ligadas à natureza e à vida rural são alguns dos inúmeros aspectos que a cidade oferece.

Em Joinville há muito o que se fazer. Você pode caminhar pela Rua das Palmeiras e visitar o Museu Nacional da Imigração, conhecer o turismo rural da Estrada Bonita e do Pirai, ver a cidade do alto indo ao Mirante e passando pelo Parque Zoobotânico ou subir a Serra Imperial Dona Francisca. Os mais aventureiros podem ir com o barco Príncipe de Joinville III até São Francisco do Sul.

O município também é uma referência internacional na dança. Lá funciona a única filial em outro país da Escola do Teatro Bolshoi. O Festival de Dança de Joinville é o maior da América Latina. Anualmente envolve 4 mil bailarinos amadores e profissionais, atraindo um público de 50 mil pessoas. No roteiro há balé clássico, dança contemporânea, jazz, dança de rua, danças populares e sapateado.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


Viajar com crianças e bebês pode ser um desafio maior do que se imagina. Apesar de não existir muita literatura sobre este tópico no mercado, algumas dicas e o famoso bom senso são sempre bem vindos.

Se for viajar de avião leve sempre a chupeta para o momento da decolagem e aterrissagem. A pressão causada pela elevação da aeronave deixa os pequenos muito irritados e sugar a chupeta pode aliviar a pressão. Se as crianças já forem maiorzinhas, diga a elas para bocejar. Assim elas se distraem e a pressão passa.

Brinquedos são importantes. Compre joguinhos novos e não mostre as novidades antes do voo. Afinal, o fato de ser novidade os mantém ocupados por mais 5 minutos, uma eternidade quando se trata de criança! Se tiverem mais de 5 anos, programas de TV ou jogos eletrônicos são a salvação.

Por fim, esqueça todo a noção de comida saudável e aposte em um chocolate de vez em quando. Deixe para educar as crianças quando elas voltarem a rotina. A não ser que você não se importe de ouvi-las gritando e chorando durante a viagem!


Jataí é uma cidade encantadora, repleta de mistérios que ainda não foram desvendados desde a sua descoberta.

Com muita história e adoração pela cidade, que ató mesmo o hino da cidade demonstra, os moradores do local mostram satisfação e orgulho da terra.

Encontra-se a 327 quilômetros de Goiânia, Jataí possui rios e cachoeiras com águas límpidas, ainda prestigia os viajantes com lagos, bosques, parques, museus, feiras, centro cultural e o artesanato, típico do lugar mostra ainda mais a cultura da cidade.

Para abrigar os turistas a cidade possui infra-estrutura singular, são hotéis fazenda e restaurante que garantem um bom atendimento e satisfação do cliente.

Quer descanso e tranquilidade? Procure Jataí.

Por José Alberi Fortes Junior.


Para quem gosta de viajar e tem aquele “Q” de turista, os meios para procurar o destino certo estão cada vez mais acessíveis.

Há algum tempo atrás só existiam agencias de viagens, agora o viajante pode comprar sua passagem, reservar hotéis e ate mesmo decidir seu roteiro pela internet.

São varias formas de pagamento e ainda recebe a passagem em casa.

As facilidades são tantas que para conhecer, visitar ou explorar algum lugar basta arrumar as malas e seguir em frente, pois se a internet não ajudar, o telefone ajuda. E se assim mesmo o turista não conseguir as agencias de viagens estão instaladas em diversos locais: shoppings, galerias, aeroportos, sem mencionar as que possuem o endereço nas ruas mais movimentadas de todas as cidades.

Basta querer e pé na estrada.

Por José Alberi Fortes Junior.


A partir de agora (01/03), que for viajar de avião é obrigado a mostrar a identidade na hora do embarque, na aeronave. Segundo a Anac, na Europa e América do Norte essas medidas já são tomadas, chegando aqui somente agora. Quem faz check-in pela internet, celular ou postos de autoatendimento também não vai precisar carimbar a passagem nos balcões das empresas, podendo, assim, entrar direto na sala de embarque do aeroporto.

Os documentos aceitos para identificação são: RG, Carteira de Habilitação com foto, passaporte, carteira de trabalho, qualquer documento expedido pelo governo, carteira profissional expedido por algum conselho ou federação (nacional e com foto), licenças comissário, piloto, mecânico de voo e despachante emitidos pela Anac, carteira de identidade expedido por qualquer órgão Judiciário ou Legislativo, federal ou estadual.


Domingos Martins, uma cidade localizada na região serrana do Espírito Santo, abriga uma série de atrativos para quem gosta de sossego em meio à natureza.

Sua principal atração é a Pedra Azul, assim chamada pela cor que obtém de acordo com a incidência da luz solar durante o dia, e possui dois mil metros de altura.

O parque natural em que está localizada também possui piscinas naturais, cachoeiras e trilhas. Para quem gosta de esportes radicais, Domingos Martins ainda oferece a possibilidade da prática do trekking, rapel e rafting.

A cidade capixaba possui colonização italiana e alemã, o que pode ser visto através do estilo das casas e da gastronomia da região. Inclusive também se realizada lá a Festa da Imigração Alemã – Sommerfest, que ocorre há mais de vinte anos no final do mês de janeiro e além da gastronomia também brinda os participantes com bailes e apresentações folclóricas.

Domingos Martins possui uma temperatura média de 12°C, possuindo números mais baixos nos meses de inverno. Aliás, uma bela época para curtir uma lareira a dois.


Rio Claro, a 179 de São Paulo, conta com lindos lugares para visitar, o Jardim Público Central é um dos pontos turísticos urbanos da cidade. Nele, existem duas praças, a XV de Novembro e a Tenente Otoniel Marques Teixeira, que oferecem lindas espécies para contemplação no jardim. O lugar assemelha-se a um bosque, ideal para caminhadas relaxantes.

Outra praça do município é a Dalva de Oliveira, criada em homenagem à cantora de mesmo nome. É ali que são realizadas as apresentações ‘Seresta, Nostalgia e Chorinho’, projeto musical que encanta e reúne visitantes e moradores.

A área natural Lago Azul é outro delicioso lugar de lazer. Já as fascinante espécies de orquídeas da Chácara Orquídea são um dos atrativos mais belos de Rio Claro, os apreciadores dessa planta vão se encantar com as 1.700 espécies existentes.

Pouse em:

  • Hotel Cristal (19) 3534.0901
  • Hotel D’Italia (19) 3524.2965
  • Hotel Estação (19) 3534.1033

Por Paula Cassandra


Pilar do Sul, próximo 114 km de São Paulo, possui atrativos naturais que encantam os visitantes. A Cachoeira Nascente das Águas é formada por três quedas d’água, além de trilhas para caminhada em meio a bosques, de vegetação exuberante.

O município possui também o Parque Natural da Água Santa, um área de preservação, com animais de pequeno porte e pássaros que embelezam ainda mais o local. O destaque do parque são as 32 rochas de 8 metros cobertas por mata nativa, do seu interior brota uma nascente.

Quem visitar o Sertão de Pilar, na Serra do Paranapiacaba, vai se encantar com a paisagem de córregos e rios, com uma lindíssima mata fechada. No local, é possível fazer trilhas com jipes e se aventurar no sertão, rica em diversidade de flora e fauna.

Dicas para pouso:

  • Hotel Central (15) 3278.1129
  • Hotel Pilar (15) 3278.4252
  • Pousada Ilha do Pombal (15) 3278.1881

Por Paula Cassandra


A cidade de Peruíbe, a 128 km de São Paulo, conta com diferentes atrativos turísticos. Entre eles, destaca-se o Porto de Pesca, local de venda de peixes frescos e onde uma homenagem em forma de monumento foi feita à colônia japonesa.

Na Praça Redonda, o turista pode passear à noite, conhecer a gastronomia e o comércio local. Na Praça Flórida, o destaque é para o artesanato da região. A Praça Monsenhor Lino de Passos é outra opção para quem deseja conhecer as praças de Peruíbe.

Já as Ruínas do Abarebebê são o ponto turístico cultural e histórico da cidade, conta um pouco da história do seu povo. O ecoturismo é outra alternativa para apreciar o turismo de Peruíbe, conta com a Barra do Uma, uma pequena vila ideal para momentos de tranquilidade.

Hospede-se em:

  • Brisamar Praia Hotel (13) 3455.4392
  • Praia Sul Apart Hotel (13) 3455.4125
  • Hotel Agua Azul (13) 3458.2791

Por Paula Cassandra


Hoje Curitiba atrai um público curioso por conhecer uma capital famosa pelos seus parques, ótimas opções de gastronomia e um sistema de transporte público que fez história.

A capital paranaense, em 2007 foi citada pela revista norte-americana Reader’s Digest como a cidade brasileira com melhor qualidade de vida. Nos últimos anos, Curitiba só tem melhorado para receber os turistas mais diversos possíveis.

Esta capital oferece ótimos restaurantes com gastronomia variada, parques com muita área verde além de ótima infra-estrutura.

Com ruas muito bem sinalizadas, é fácil passear por Curitiba de carro. Um outra opção bem interessante para turistas, é a Linha Turismo, com ônibus especiais que passam por 25 pontos turísticos, num percurso que dura 2h30.


Você já se imaginou em um local paradisíaco, parecido com um deserto e com lagoas de águas cristalinas?

Pois o lugar fica aqui no estado do Maranhão, se nunca imaginou, imagine agora, pois o site www.parquelencois.com.br é um guia, com o objetivo de fazer você encontrar hotéis, pousadas e passeios em um verdadeiro paraíso ecológico, em minha opinião, um dos lugares mais bonitos do Brasil.

O maior atrativo da região é sem dúvida o Parque Nacional dos Lençóis, que é o único deserto do mundo, com varias lagoas de águas limpas, que você pode tomar seu banho, ou simplesmente admirá-las.

Nesse site com certeza, você vai encontrar um hotel ou pousada, de acordo com suas características pessoais e financeiras, pois lá tem tudo desde lugares mais econômicos aos lugares mais caros. Nesse lugar maravilhoso que é chamado de Lençóis Maranhenses realmente dá para ser feliz e esquecer o resto do mundo. É só conferir!

Por Salete Dias


A cidade de Belém do Pará costuma ocupar o noticiário nacional por causa de suas chuvas. Mas, é por lá também que se adentra a Amazônia e o berço da cultura indígena brasileira.

E se lava a alma com suas praias e embarcações que formam cenário de pintura de rincão, seus frutos quentes, doces e amargos, o cupuaçu e o açaí de um jeito que só lá se serve.

Para atravessar o canal de Marajó, ver um pouco do Brasil colônia no recém-restaurado prédio Feliz Lusitânia ou se banhar no mar salgado bem na linha do Equador.

Clique aqui e confira dezenas de opções de hospedagem, entre hotéis e pousadas em Belém.

Conheça um pouquinho mais das belezas de Belém (PA) no vídeo abaixo:

Por Karina Gonçalves


Jundiaí, a 60 km de São Paulo, é uma cidade presenteada com uma das mais belas paisagens paulistas, a A Serra do Japi, de extrema importância ambiental por preservar a vegetação de Mata Atlântica. É formada também por outras serras: a Guaxinduva e a Jaguacoara. O local atrai geólogos de todo o país, devido à riqueza de rochas da região.

O Parque Comendador Antônio Carbonari é outro ponto turísticos de Jundiaí, conhecido popularmente como Parque da Uva, abriga as festas em homenagem à fruta.

O Parque da Cidade também merece ser visitado, é ideal para fazer um piquenique com a família, o que atrai os moradores para momentos de descanso. No lugar é possível fazer caminhadas ecológicas ou correr na pista de cooper e se exercitar nos aparelhos de ginástica.

Sugestões de hospedagem:

Dinastia Hotel (11) 4581.5030

Graffit Palace Hotel (11) 4521.0133

Hotel Estância Vale das Vinhas (11) 4582.1553

Paula Cassandra


Ilha Solteira, distante 669 km São Paulo, é um extraordinário lugar para conhecer. A cidade pertence a um arquipélago denominado Cinco Ilhas. Em seu território, é possível encontrar uma rica variedade de espécies de animais e de vegetação.

Durante o passeio, pode-se desfrutar ainda das belezas do Rio São José dos Dourados, que cruza a Ilha Solteira, nasce na cidade de Mirassol e deságua no Rio Paraná. No seu percurso, o visitante vai se deparar com lindíssimas e inesquecíveis paisagens. Quem for a Ilha Solteira também poderá passear pelo Rio Paraná, que tem origem do encontro dos rios Grande e Paranaíba, e oferece cenários encantadores em meio à natureza.

Hospede-se em uma das seguintes opções:

Hotel Ilha Bela (18) 3742.1852

Ilha Palace Hotel (18) 3742.2800

Ype Park Hotel (18) 3742.2105

Confira o Vídeo institucional da Cidade:

Por Paula Cassandra


O Parque Estadual de Ilhabela situa-se a 210 km de São Paulo. O lugar é espetacular, conta com praias lindíssimas, montanhas e florestas.

São cerca de 250 cachoeiras, muitos riachos e rios. É possível encontrar áreas de mangue e ilhas ricas em flora e fauna. O parque compreende grande parte da cidade de Ilhabela, além da Ilha de São Sebastião e as ilhas de Búzios, formando um dos mais belos cenários paulistas.

Em Ilhabela, encontra-se ainda deliciosas praias, como a Praia da Feiticeira, onde é comum a prática do kitesurf. No local, é possível se refrescar num riacho e descansar na sombra dos chapéus de sol. Já a Praia da Figueira é uma fascinante enseada na Baía dos Castelhanos. Ela é acessada através de trilhas, ficando escondida e sossegada.

Opções de hospedagem:

Pousada Isola Bella (12) 3894.1879

Barra do Piuva  (12) 3895.3000

Hotel Fita Azul (12) 3896.2023

Por Paula Cassandra


Muitas pessoas, no momento de se programar para uma viagem internacional, deixam para a última hora o passaporte. Isso pode gerar inconvenientes e até mesmo adiar ou frustrar a viagem dos seus sonhos. Para que isso não aconteça, siga algumas orientações importantes:

– Acesse www.dpf.gov.br, que é o site da Polícia Federal e vá à guia “informações gerais e requerimento de passaporte”, selecione o local e o tipo de passaporte.

– Escolha “emissão de passaporte”, preencha os dados, digite o código e confirme. Clique em “gerar protocolo”, “gerar GRU” e conclua.

– Imprima a Guia de Recolhimento da União (GRU), cujo valor da taxa de pagamento será de acordo com o tipo de passaporte.

– Vá ao posto da Polícia Federal portando a GRU paga e o protocolo da solicitação, RG, certidão de casamento, título de eleitor e comprovante de votação e certificado de naturalização (quando for o caso) e passaporte anterior (quando houver).

De maneira geral é isso, mas outras informações importantes, de acordo com o caso particular de cada um, podem ser encontradas no site do Departamento de Polícia Federal.

Por Lindomar Vieira


Férias, verão e sonhos de viagens. Nesta época do ano muitos brasileiros arrumam as malas e saem em busca de prazer e diversão, mas na hora de planejar o destino é preciso muita atenção. Uma das primeiras coisas a serem feitas, é exigir da empresa de viagem contratada um documento, onde esteja descrito todos os direitos e deveres, para não ter surpresas na hora do embarque.

Não existe nada pior do que ficar na rua com as malas na mão. Segundo o Ministério do Turismo, quem adquire pacotes de viagem é um consumidor de produto, e precisa ter seus direitos assegurados. Por isso a necessidade de se fazer um contrato e ler atentamente antes de assinar. Caso não fique muito claro, o contratante deve pedir ajuda aos órgãos competentes no seu estado ou consultar o site de turismo oficial www.turismo.gov.br. No site são encontradas informações que podem prevenir problemas no futuro, ou melhor, na hora da viagem. Quem quiser pode ainda consultar se a agencia a ser contratada esta devidamente cadastrada. Não deixe que sua viagem de férias se transforme em um inferno.


Apenas por ser um destino no Canadá, Montréal, já é considerada uma boa idéia. Cheia de lugares para passear, muita cultura por todos os lados e com um povo que sempre é muito hospitaleiro, a cidade, que tem a maior população de sua região, tem muito que mostrar para seus turistas.

Há uma mistura de visuais por lá. É fácil ver prédios modernos, próximos a prédios com arquitetura antiga e muito bem conservados. Além disso, ótimos restaurantes, que servem comidas de varias regiões do mundo e bares ótimos, também são fáceis de achar.

Andar a pé é o melhor para conhecer tudo, aproveitar para entrar nas livrarias e galerias de arte também é imperdível. Além disso, existem carruagens nas ruas, muito estilo nas vitrines e um clima muito agradável. Vale à pena conhecer!

Por Susan Mélany


Há exatos 20 anos, o muro de Berlim que dividia a cidade em dois lados, estava sendo derrubado. Essa queda, modificou e muito os hábitos de toda a população, que apesar das mudanças não perdeu sua cultura e nem seu charme.

Capital da Alemanha, Berlim tem muito que contar, por isso, os museus, centros de artes, e muitos monumentos a céu aberto, são as principais atrações da cidade. Porém para quem é mais afim de vida noturna, Berlim tem bares ótimos, a cidade fica lotada a noite e quem sai para se divertir não se arrepende!

O que é bem interessante, é ver que mesmo com a queda do muro, as diferenças entre as condições de vida das pessoas dos lados que eram separados por ele continuam bem desiguais, mais que se pode descobrir muita coisa bacana em ambos os lados.

Por Susan Mélany


Vale a pena passar uns dias na cidade de Saragoça, na Espanha. A localização da cidade é privilegiada, ela fica entre Barcelona e Madri. Muita história e cultura espanhola esperam os visitantes em Saragoça, uma das mais antigas da Espanha.

Os prédios, casas, ruas e igrejas apesar de muito antigos encontram-se em bom estado de conservação. A parte velha da cidade tem mais de 2000 anos.

Os principais monumentos que merecem ser visitados são a Praça do Pilar, a Porta do Cármen, a Basílica do Pilar, o Palácio Aljafería e a Catedral. Além disso há muitos  museus, a maioria deles permite visitação gratuita ou por preços baixos.

Por Rosana Radke


Que tal comer algo como guacamole, tacos, burritos ao som de uma boa música dos Mariachis e curtir a paisagem de Cancun, no México. Programe sua próxima viagem a esta cidade, uma das mais turísticas do país, e aproveite para conhecer mais da cultura mexicana.

Para se chegar a Cancun não faltam opções, a viagem pode ser feita por terra, mar ou ar. Por mar, o melhor é aproveitar os cruzeiros que saem de diversos pontos, inclusive do Brasil.

Em Cancun não falta diversão. A danceteria Señor Frog’s é um exemplo disso, dentro dela há um escorregador, que joga os mais aventureiros direto para o mar.

Por Rosana Radke


Quem visita o arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, não esquece das paisagens do lugar, tem uma beleza incomparável. Faz verão o ano todo e há muita praia.

Os passeios terrestres e marítimos mantêm entretido o turista por longos dias. Há muitas opções de lazer, uma delas é o mergulho, onde o turista tem a chance de ver de perto espécies marítimas exóticas.

As praias costumam ser calmas, principalmente entre os meses de abril e novembro, nas outras épocas são mais propícias para prática de surf. Uns dos lugares mais visitados é a Baía dos Golfinhos, a Praia da Conceição e a Praia do Meio.

Por Rosana Radke


Pedreira é uma cidade nacionalmente conhecida pela fabricação de porcelanas: a cidade conta com várias fábricas e vende boa parte de sua produção em dezenas de lojas que fazem do local um verdadeiro centro de compras no que se refere não só a louças em geral, mas também artesanato, itens de decoração e muitas novidades, como lojas que vendem móveis rústicos, artigos em couro e itens de jardinagem, como vasos e floreiras.

As lojas permanecem abertas aos sábados, domingos e feriados, o turista vai encontrar um certo congestionamento em datas comemorativas, como dias das mães e Natal: nestas datas a cidade recebe muitos ônibus de turismo e fica completamente tomada por centenas de pessoas. Mas as oções de compras são imperdíveis!

Jaguariúna é uma cidade que se localiza próximo a Pedreira e se destaca pelo grande número de empresas, dos mais diversos setores: bebidas, comunicação, informática, tecnologia. Nela está instalada a fábrica da Motorola, por exemplo. Outro destaque é o Rodeio, que acontece todos os anos e atrai multidões. A cidade está na rota dos viajantes que percorrem o circuito das águas, que inclui as cidades de Amparo, Lindóia, Águas de Lindóia, Pedreira, Serra Negra e Socorro.

imagem-jaguariuna-01

Créditos: Cris Keller


Há muitos anos, a cidade mineira de Poços de Caldas era considerada, a melhor cidade para passar a lua de mel, não é a toa que a maioria das pessoas de todas as partes do país conhece algum casal que já foi para lá curtir o clima de romance que a cidade tem a oferecer.

Hoje, a cidade está totalmente evoluída, com uma população muito grande e com muito mais atrações para oferecer além do clima super agradável. A cidade investe em festivais todos os anos para aumentar a quantidade de visitantes e dá certo.

Em vários meses do ano é possível acompanhar uma programação cultural super diversificada e intensa. São várias as opções, JulhoFest, com bandas da cidade, Festival Musica nas Montanhas, com orquestras de todo Brasil e do exterior e várias peças de teatro e muitas outras atividades.

Além disso, os pontos turísticos são ótimos, como Véu das Noivas, Cascata das Antas, Recanto do Japonês, Cristo Redentor, passeio de bondinho e muitos outros lugares para visitar. Além disso, a culinária é fantástica, com doces e comida mineira de dar água na boca. Vale a pena conhecer!

Por Susan Mélany



Passar o réveillon em alto mar é privilégio de poucos, mas não é impossível. Atualmente, as agência de turismo oferecem vasta gama de forma de pagamento, opções, tudo para caber no seu bolso.

Além disso, é importante que pense e conhece também um pouco do destino, para que a decepção não aconteça. Se o destino for o exterior, com a valorização do real, as viagem estão mais baratas. Vale a pena observar.

Algumas sugestões aqui no Brasil, com belas paisagens e oportunidade de diversão, lazer e também descanso são: Jericoacoara em Fortaleza no Ceará, Porto de Galinha em Pernambuco, Búzios no Rio de Janeiro que também tem muitos navios ancorados, e outros.

Clique aqui e confira outras opções, dicas e muito mais pra você que está planejando as próximas férias.

Por Rafaela Ometto.


Santa Catarina é o menor estado da região Sul do Brasil, e sua capital atrai os mais variados tipos de turista desde surfistas a pessoas que gostam do ecoturismo, esportes radicais, quem gosta de paisagens rurais etc.

As hospedagens agradam todo o tipo de gostos e bolsos, se pode alugar a casa de um pescador a, até mesmo, passar a temporada em um luxuoso resort paradisíaco.

No aspecto natural as paisagens na capital catarinense estão à altura do Rio de Janeiro com diversas montanhas, lagoas, dunas, manguezais, Mata Atlântica, restingas e várias praias, oficialmente 42 praias, selvagens ao sul e urbanas ao norte.

Se você for a Florianópolis tente ficar na cidade por uma semana, pelo menos, já que, algumas atrações como, os passeios de barco para a Ilha do Campeche e para as fortalezas coloniais duram 1 dia cada. Lembre-se que o Sul não é igual ao Nordeste, lá só faz calor na primavera e no verão. Não se impressione se a vontade de voltar para Floripa for muito grande, é o que acontece naturalmente com a maioria dos turistas, nunca se vai à cidade uma vez só.

Para ver um bom guia da cidade com as principais atrações clique aqui.

Por Levi Rocha


Uma imensa quantidade de cores diferentes. Parece estranho, mais é isso que o turista encontra quando visita Maragogi. Isso porque a água das praias é tão clara e limpa que os corais ficam todos à mostra, montando um visual maravilhoso.

O principal passeio é o de catamarã, uma espécie de lancha que leva os turistas a mergulhar nas galés, que deixa as pessoas muito próximas de todas as espécies marítimas da região.

Além das belezas naturais, a cultura e a população, são atrativos a parte. O turista encontra muito sossego, belas paisagens na cidade, e muita hospitalidade. Boa pedida para um feriado prolongado depois de uma semana cheia de stress, não acha?

Por Susan Mélany

wellyngton_2005@hotmail.com-ou-wellyngton_ltda@hotmail.com (105)


As formações geológicas de Gonçalves, a 464 km de Belo Horizonte, devem ser visitadas pelos turistas que forem conhecer a cidade. A Pedra de São Domingos é um pico com mais de dois mil metros de altura e de seu topo é possível ter uma visão belíssima.

A Pedra do Forno é acessada por uma trilha em meio à vegetação, de seu topo avista-se a Pedra do Baú. Já a Pedra Bonita é o ponto mais alto, com uma visão incrível, enxerga-se o Vale do Paraíba e a Serra do Mar.

A Pedra do Cruzeiro é uma rocha imensa que emerge do Vale do Lambari, conforme o ângulo que o visitante olhar para ela, vai enxergar uma forma diferente. Em um dos lados da pedra, está o acesso para uma gruta.

Pouse em:

  • Pousada Serra Vista (35) 3654.1314
  • Pousada Dona Manoela (35) 9917.4742
  • Pousada Solar D´araucária (35) 3654.1398

Paula Cassandra


Para quem deseja desvendar o interior de Minas Gerais, uma opção é conhecer a cidade de Delfinópolis, a 420 km de Belo Horizonte. No local, está a nascente do Rio São Francisco, no Parque Nacional da Serra da Canastra. O lugar é fascinante e possui uma vegetação exuberante e biodiversa.

A Cachoeira Casca D’Anta é outro atrativo para os visitantes de Delfinópolis, também situada no parque. Para acessar a sua queda d’água é necessário seguir pela trilha chamada Caminho do Céu ou pelo caminho denominado Babilônia.

Outras cachoeiras para visitar são a Luquinha e Lobão, Paraíso, Mirante e do Claro. Próxima delas existe uma fazenda com infraestrutura para acomodar os turistas. As águas são límpidas e deliciosas para um banho refrescante.

Opções para pouso:

  • Pousada das Flores (35) 3525.1250
  • Pousada Jardim da Serra (35) 3525.1256
  • Pousada Lobo Guará (35) 3525.1841
Paula Cassandra

Já que nos próximos meses os pacotes turísticos, vôos e diárias de hotel para o exterior estarão mais baratos, aí vai uma ótima sugestão: interior da Inglaterra.

O verde espalhado por todos os cantos, castelos que escondem histórias magníficas e uma gama de estilos de hotéis e gastronomia. No Sudeste do país é possível encontrar uma região repleta de lendas e mitos, a Cornualha.

O local recebe turistas de muitas partes do mundo interessados em conhecer, sobretudo, lugares elegantes e com atendimento de primeira classe. O turista, exigente, procura locais, além de bonitos, que adicionem conteúdo intelectual e histórico.

Por Rafaela Ometto

Bons ventos sopram para quem pretende viajar para o exterior nos próximos meses. A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) afirmou que as viagens para o exterior estarão 40% mais baratas nos próximos meses. Os motivos? Queda do dólar, a crise econômica que reduziu o turismo interno e o medo da gripe A.

Para os interessados a notícia é ótima, além de ser uma oportunidade de conhecer outros lugares e aprimorar línguas estrangeiras. Os descontos podem ser encontrados em pacotes turísticos, diárias de hotéis e passagens aéreas.

Há quem já tenha programado e até comprado viagens para essa época do ano, porém, devido às promoções e queda do preço, outros destinos são escolhidos. Sônia Vargas, turismóloga, é uma delas.  “Já vi os e-mails promocionais e os preços estão maravilhosos”, comenta a turista que vai para Europa e Argentina.

Por Rafaela Ometto

Para quem gosta da natureza, Macaé, a 180 km do Rio de Janeiro, é o lugar certo. A Lagoa de Imboassica é um dos atrativos, está entre o mar e as colinas. Os visitantes podem praticar esportes, como a vela, jet ski e remo.

O distrito Sana é outro local para visitar, com cachoeiras pouco exploradas e a beleza da Mata Atlântica preservada. As cachoeiras no Córrego Peito do Pombo, de águas límpidas, formam poços e quedas que deságuam no Rio Sana.

O Peito do Pombo é uma rocha que lembra a imagem de um pombo pousado sobre a pedra. Tem mais de mil metros de altura e atrai visitantes que gostam dos desafios da escalada. O Rio Sana, de águas calmas e límpidas, possui corredeiras e áreas de praia idéias para o banho.

Hospede-se:

Paula Cassandra


O “Museu do Olho” é uma ótima opção para quem está em Curitiba e quer conhecer um pouco de outras culturas ou olhar obras de artes de artistas paranaenses, brasileiros ou artistas internacionais.

Museu Oscar Niemeyer tem uma arquitetura toda peculiar e, devido ao formato de sua fachada, recebeu o apelido, pois parece com um grande olho. Já  expôs obras de vários artistas consagrados internacionais e de artistas ainda buscando reconhecimento.

No primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita e o museu está localizado no Centro Cívico de Curitiba, próximo ao Palácio do Governo.

museu-olho


A CVC tem um pacote para Gramado que fará você usufruir cada segundo de sua estada num cenário de rara beleza e paisagens inesquecíveis!

Para se ter uma idéia do que há em Gramado, que tal uma visita ao Museu do Chocolate? Ou ao Museu do Perfume, do Piano? Cansado de museus? Você poderá conhecer o Lago Negro e fazer excelentes compras na cidade.

O pacote consiste de transporte aéreo de ida e volta além de traslado Porto Alegre- Região Serrana (ida e volta), 7 noites de hospedagem no hotel escolhido com café da manhã, passeio às cidades de Gramado e Canela, visita a pontos turísticos (ingressos não incluídos), passeio panorâmico pela capital gaúcha e na época do Natal visita ao belo espetáculo do Natal de Luz.

Há pacotes a partir de R$868 reais, partindo de São Paulo.

Informe-se junto a CVC mais próxima de você. Para mais informações, acesse http://www.cvc.com.br.


Cruzeiros pela costa brasileira é uma excelente opção para quem gosta de requinte, sofisticação, beleza natural, estrutura impecável e shows e espetáculos perto e no mesmo ambiente da viajem.

Alguns cruzeiros vendem pacotes para o período de estadia em águas do litoral brasileiro. Agregado ao valor é disponibilizada toda a estrutura do navio cruzeiro, como piscinas, bares e casas de shows.

Apesar dos valores ainda não serem exatamente populares, estão mais atrativos pois você pode aproveitar os pacotes de diárias curtas de três, quatro ou cinco noites. Artistas de todos os portes já descobriram em cruzeiros temáticos uma ótima forma de divulgar seu trabalho e conquistar novos públicos.


Você está fazendo aquela viagem tão esperada e tudo está indo as ‘mil maravilhas’, até se dar conta que está perdido. Confira algumas dicas para se livrar de enrascadas ao viajar de carro, para algumas das capitais brasileiras:

Belo Horizonte – Como as avenidas transversais cortam as ruas e formam triângulos, o visitante que perde a referência de paralela pode dar de cara com um cruzamento de nada menos que seis esquinas! Para evitar que isso ocorra, siga pelas vias principais.

São Paulo – Antes de tudo lembre-se que São Paulo é a maior cidade brasileira, uma entrada errada pode custar muitos minutos até que você encontre um retorno, portanto, tenha em mãos um guia de rua ou se possível um GPS.

Goiânia – Apesar de ser uma cidade planejada é um pouco complicada. As ruas são identificadas por números, mas o que confunde é que há ruas com o mesmo número nos chamados setores (bairros) diferentes. A dica é verificar sempre o setor que deseja ir.

Recife – Antes de se aventurar para essa capital, é interessante saber que no Recife o centro não é conhecido como centro, e sim como Santo Antônio, Recife Antigo e Boa Vista.

Anotou as dicas?Então, boa viagem!


A cidade de Brotas, no interior paulista, distante 242 km da capital, é sinônimo de esporte de aventura e muito contato com a natureza. O site oficial da prefeitura da  cidade de Brotas disponibiliza importantes informações para o turista, e pode ser o ponto de partida para conhecer mais sobre a cidade, sua localização e tudo o que ela pode oferecer na área de ecoturismo. Acessando http://www.brotas.tur.br/ você ainda encontra links para vários serviços essenciais ao turista, como agências de turismo, hotéis e pousadas, utilidades públicas e dicas de compras.

O site também oferece excelentes dicas de vários passeios imperdíveis, como o do Museu do Calhambeque (http://www.brotas.com.br/museudocalhambeque/) e a visita à fundação CEU (Centro de Estudos do Universo http://www.fundacaoceu.org.br/aia2009/).





CONTINUE NAVEGANDO: