Mesmo após mais de vinte anos da queda do muro de Berlim, em que a Alemanha ocidental se uniu novamente à Alemanha oriental, muitas cidades alemãs, como Meissen, Dresden e mesmo Berlim, estão sendo redescobertas hoje.

São cidades que sofreram muito com a guerra causada por um tirano (Hitler), mas que se reergueram, e hoje nem se percebe que guerras e comunismo passaram por lá.

Meissen e Dresden são banhadas pelo rio Elba, onde se pode navegar. A viagem de uma cidade a outra acompanhando o rio é simplesmente linda. Meissen é famosa por sua porcelana e Dresden por sua história.

Berlim, apesar de ser uma capital de grande extensão territorial e de 3 milhões de habitantes, possui muitos parques, o que a deixa muito bela. Lá é possível visitar o muro de Berlim (uma parte) hoje pintado por artistas plásticos não tão famosos, conhecer o Zoo, a torre de TV, o primeiro semáforo da Europa, dentre outras coisas.

E, para quem gosta de andar de bicicleta, a cidade possui lugares onde se pode alugá-las.

Dicas pessoais de quem esteve lá.

Por: Karin Földes


Berlim é a capital da Alemanha e uma das cidades mais importantes do mundo. Após a queda do muro, que separava a Alemanha Oriental da Alemanha Ocidental, simbolizando também a divisão do mundo entre capitalistas e socialistas, em 1989, Berlim se tornou um símbolo de esperança de entendimento entre as nações do planeta.

E quem visita a cidade se deslumbra com a quantidade de atrações que ela oferece, além de sua excelente infra-estrutura. Um passeio de barco, por exemplo, permite vislumbrar marcos históricos como a antiga Catedral de Berlim e a ilha dos museus, e acompanhar os momentos de descontração dos turistas na Praia da Imprensa.

Em Berlim, se respira arte, cultura e história. Um lugar ideal tanto para quem quer saber um pouco mais sobre os conflitos gerados durante e no pós-guerra quanto para quem quer aproveitar as férias curtindo musicais, shows, óperas, concertos e os bares da região. O site www.visitealemanha.com abre as portas para o turista. Visite!

Por Rosane Tesch


Há exatos 20 anos, o muro de Berlim que dividia a cidade em dois lados, estava sendo derrubado. Essa queda, modificou e muito os hábitos de toda a população, que apesar das mudanças não perdeu sua cultura e nem seu charme.

Capital da Alemanha, Berlim tem muito que contar, por isso, os museus, centros de artes, e muitos monumentos a céu aberto, são as principais atrações da cidade. Porém para quem é mais afim de vida noturna, Berlim tem bares ótimos, a cidade fica lotada a noite e quem sai para se divertir não se arrepende!

O que é bem interessante, é ver que mesmo com a queda do muro, as diferenças entre as condições de vida das pessoas dos lados que eram separados por ele continuam bem desiguais, mais que se pode descobrir muita coisa bacana em ambos os lados.

Por Susan Mélany





CONTINUE NAVEGANDO: