Já imaginou ficar hospedado em um castelo? Essa é a proposta do albergue Lua Cheia, situado na cidade de Natal e considerado um dos melhores albergues do Brasil. O local parece um castelo, e lá os hóspedes se sentem bem à vontade, alguns até brincam de ser bruxo(a) e usam os famosos chapéus pontudos.

A vantagem de passar uma temporada em um hostel é a possibilidade de conhecer pessoas diferentes, e alguns de várias partes do mundo, além de outro diferencial: o preço, muito mais em conta do que ficar em hotéis e pousadas.

O albergue Lua Cheia oferece passeios de buggy ou van pelo litoral ou interior do estado do Rio Grande do Norte, levando os visitantes a belos lugares. Fica então a dica de quem deseja passar o feriado do carnaval em um ambiente inusitado, pagando pouco e conhecendo gente nova. Para fazer a reserva e conhecer o hostel, acesse o site: www.luacheia.com.br.

Por Andrea Gomes


Os albergues da juventude, ou “hostels”, são muito comuns pela Europa e pela América Latina. E esse setor também está ganhando destaque no Brasil. A estimativa da FBAJ (Federação Brasileira de Albergues da Juventude) é que, neste ano, os albergues da juventude faturem R$ 35 milhões.

Em 2009, a rede mundial HI (Hostelling International) faturou 500 milhões libras, o correspondente a R$ 1,33 bilhão. Segundo a rede de hostels, o Brasil tem um grande potencial de crescimento porque é um país com um conjunto interessante de atividades e com boas acomodações.

O crescimento dos albergues no Brasil fez o setor hoteleiro cair 2%. Segundo o Fohb (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), a taxa de ocupação em 2008 era de 65%, mas em 2009 caiu para 63%. Neste período, porém, a ocupação em albergues subiu 7,6%.

Fonte: Folha de S. Paulo

Por Luana Costa





CONTINUE NAVEGANDO: