Passeios no Atacama – Onde Ir e O Que Conhecer





Confira aqui algumas dicas do que você deve conhecer quando viajar para Atacama.

Você tem vontade de conhecer o Atacama? Sendo um dos desertos mais secos do mundo, ao viajar para o local você terá oportunidades de fazer passeios incríveis. Geysers, vulcões, salares e espetaculares formações rochosas lhe aguardam para serem apreciados. A noite, inclusive, possui um céu vasto de estrelas que encanta qualquer visitante.

Ficou com a vontade ainda mais aguçada de conhecer este destino? Conheça a seguir, sa dicas com variados destinos sobre onde ir e o que conhecer em sua viagem ao deserto do Atacama.




O que você precisa saber antes de viajar ao Atacama

Em média, para uma viagem em ritmo tranquilo e sem correrias, sete dias serão suficientes para conhecer diversas maravilhas deste local que fica bem próximo ao Brasil. Caso você deseje permanecer por mais tempo, não há mal nenhum nisso!

Em relação ao melhor período do ano para conhecer o local, ele não existe. O Atacama pode ser visitado durante todo o ano. Sua temperatura é mutável devido a grande amplitude térmica que os desertos, em geral, possuem. O termômetro máximo que você pode presenciar neste deserto é 27ºC, no verão, e o mínimo é 1ºC, no inverno (a não ser no passeio aos Geysers del Tatio com temperaturas abaixo de zero).


Se você pretende ficar longe de pancadas chuvas, evite conhecer o local no verão (entre dezembro e março), pois há riscos de ter um passeio interrompido. Durante o inverno, o deserto do Atacama se torna algo ainda mais incrível. O único problema é que não há possibilidades de entrar nas lagoas e podem ocorrer interdição nas pistas, fora isso existe muito o que fazer.

Onde ir e o que conhecer no Atacama

Ao chegar nos hotéis de San Pedro do Atacama você, certamente, irá se deparar com serviços de passeios pelo deserto. São passeios diversos, de acordo com o perfil de cada turista. As opções vão desde esportes radicais à passeios arqueológicos, ou seja, há muito o que conhecer. Confira alguns passeios interessantes que separamos para você conhecer.

Salar do Atacama

Considerado uma das maiores salinas do mundo, o salar do Atacama se localiza na Reserva Nacional Los Flamencos. Esse é um passeio bem calmo, incluindo apenas caminhas planas e observação das três espécies de flamingos da Laguna Chaxa.

Esta Reserva possui 2.300 m de altitude e no mesmo local há outras lagunas que você vai conhecer a seguir. Para dar o início aos passeios este é o destino mais recomendado, principalmente para os primeiros dias de viagem.

Lagunas Altiplánicas e Piedras Rojas

Se você está acostumado com caminhadas longas e altitudes maiores, reúna o passeio anterior à este. Para chegar ao destino deste tópico é preciso passar pela Laguna Chaxa, portanto, não há mal algum em fazer os dois passeios em um único dia. Localizado a 4.000 m de altitude, com ausência de vegetação e a presença de vicuñas que adoram ser fotografadas, o planalto é repleto de montanhas e vulcões.

Essa junção de Lagunas Altiplanicas e piedras rojas é o ponto mais apreciado dos passeios pelo Atacama. As montanhas são cinzas, deixando uma beleza jamais visualizada nos olhos de quem presencia o local. O motivo dessa tonalidade é a presença do Salar de Talar, com a ação dos ventos e o sal presente, o tom das montanhas são inconfundíveis.

Geysers del Tatio

Uma visita ao campo geotermal de Tatio pode ser o espetáculo que você procura nesta viagem. A erupção de geysers acontece todas as manhãs e você pode visualizá-las bem de perto. As belas erupções podem ser vistas até um pouco depois do nascer do sol, onde começa ocorrer a diferença entre temperaturas da água e o ambiente.

É recomendado fazer este passeio com muitos agasalhos, afinal, são 4.300 m de altitude. As temperaturas costumam chegar abaixo de zero, mas com o nascer do sol pode dar início a um calor aconchegante.

Laguna Piedra, Ojos de Salar e Laguna Tebinquinche

Espetacular para conhecer no verão, a Laguna Piedra de águas bem salgadas é um ótimo passeio a ser feito. Para quem gosta de mergulhar em águas mais tranquilas, esse é o destino ideal a se conhecer. Ainda tem a opção dos Ojos de Salar onde há duas lagunas de água doce e bem gelada para mergulhar. Por fim, presenciar o pôr do sol na Laguna Tebinquinche pode ser uma ótima escolha.

Atente-se, apenas, para visitar o Atacama e suas belezas no período correto, pois no inverno as lagunas estão sempre congeladas.

Juliana Almeida



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *