O Que Fazer na Cidade do México – Roteiro de Passeios





Saiba aqui o que conhecer na Cidade do México.

Consolidada como um dos destinos mais procurados pelos turistas de todas as partes do globo, a Cidade do México é uma cidade com grandes números, seja nos seus habitantes ou em sua extensão. Para dar conta da grandiosidade do lugar, é bom o visitante separar no início da viagem quatro dias para conhecer sua principais atrações e explorar cada canto da cidade.

Para intensificar a visita, vamos separar os roteiros em duplas afins, dessa forma economiza-se tempo e cobre boa parte das grandes atrações. Acompanhe a seguir o que conhecer na Cidade do México.




Zócalo e Museu de Antropologia

O mais interessante em começar a visita pelo Museu de Antropologia é que ele abrirá a compreensão do visitante para entender os sítios arqueológicos, a cultura mexicana e o que virá nas demais atrações.

O maior tesouro guardado pelo museu é sem dúvida a Pedra do Sol, com a representação do calendário elaborado pela grande civilização Azteca. A Pedra foi encontrada na região do Zócalo, bem no coração da cidade. Na mesma área, você pode conhecer o Castelo de Chapultepec, construído durante o vice-reinado espanhol.


Localização: Tanto o Castelo de Chapultepec como o Museu de Antropologia ficam no Bosque de Chapultepec.

Horários: O museu funciona de terça a domingo, sempre das 9h às 19h.

O Castelo também funciona de terça a domingo, das 9h às 17h;

Valor da entrada: Ambas as atrações custam 57 pesos cada.

Acesso: Estações de metrô Chapultepec ou Auditório

O Zócalo, é o marco inicial da Cidade do México e sua praça principal. A Catedral foi construída bem em cima do antigo Templo Azteca, mostrando a dominação dos colonizadores. Nos locais, as atrações, além da catedral, ficam por conta do sítio arqueológico Templo Mayor, bem ao lado da igreja e o mural feito por Diego Rivera na escadaria do Palácio Nacional.

Localização: Centro Histórico

Acesso: Estação de metrô Zócalo

Horários: Palácio Nacional visitas diárias das 9h às 16h30, acesso gratuito.

Pirâmides de Teotihuacan e Basílica de Guadalupe

Verdadeiros ícones da cidade, o passeio dos dois lugares é uma excelente combinação.

O local onde a Basílica da Virgem de Guadalupe foi construída, acredita-se que foi cenário da aparição que a virgem fez ao indígena Juan Diego, fazendo com que um belo jardim de rosas brotasse no lugar. A basílica atualmente se divide em duas: uma igreja mais moderna da década de 60 e a original que está interditada. O colorido que adorna o lugar já vale a visita.

Localização: Norte da cidade próximo ao Zócalo (8 km)

Acesso: Estação de metro 18 de Março.

Visitação: Diariamente entre às 6h e às 21h.

Pirâmides de Teotihuacan

Sem dúvida as pirâmides estão entre as atrações mais impressionantes do México. Elas estão situadas a 40km de Guadalupe e é um passeio melhor aproveitado se for feito depois de você estar já alguns dias conhecendo a cidade, por estar melhor adaptado à altitude e poder subir melhor os 248 degraus da Pirâmide da Lua.

Localização: Melhor opção é ir com um grupo em um passeio com guia.

Horário: Diariamente entre às 8h e às 17h

Entrada: 57 passos?

Frida Kahlo e Diego RIvera

Tão importante quanto visitar aos templos e pirâmides, ir ao México e não conhecer seus ícones artísticos é mesmo que não ter ido. O casal célebre das artes, é tão conhecido mundialmente como os escritores Sartre e Beauvoir ou mesmo Rodin e Claudel. Com um casamento nada convencional e bastante tempestuosos, foram 30 anos de uma convivência que termina com a morte de Frida Kahlo.

Sendo um grande muralista, a obra de Rivera comunica por si só. Já a arte produzida por Frida Kahlo está ligada a suas vivências pessoais. Ambos possuem museus.

O museu dedicado a Diego Rivera fica no bairro de San Angel e chama-se Casa-Estúdio e na vizinhança o visitante ainda pode desfrutar de um dos melhores restaurante da Cidade do México.

O museu dedicado à Kahlo, leva seu nome e fica na mesma casa em que viveu com Diego Rivera no belíssimo bairro de Coyoacán. Em um único passeio você pode conhecer os dois museus e se a visita for em um sábado, pode passear pelo mercado colorido da principal praça de Coyoacan ou, como muitos preferem, você também pode combinar um passeio ao museu e aos canais Xochimilco a 13 km do museu de Frida.

Horários: Museu Frida Kahlo de terça a domingo, sendo terça das 11h às 17h45 e nos outros dias da semana de 10h às 17h45.

Entrada: 75 pesos

Casa – Estúdio de Diego Rivera funciona de terça a domingo das 10h às 17h

Entrada: 12 pesos

Passeios pelos canais de Xochimilco

Horário: diariamente das 9h às 18h

Entrada: 180 pesos.

Agora é só tomar nota das informações e curtir uma linda viagem pela encantadora Cidade do México.

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *