Hotéis em Moscou (Rússia) – Onde Ficar?





Confira aqui onde ficar hospedado em Moscou (Rússia).

Moscou é a capital e a cidade mais populosa da Rússia, com mais de 13 milhões de pessoas nos limites da cidade e 20 milhões em toda região metropolitana. Para efeito de comparação, São Paulo tem mais de 12 milhões de habitantes nos limites da cidade e [assim como Moscou] mais de 20 milhões em toda a região metropolitana. Para administrar melhor tantos milhões de pessoas, a cidade foi dividida em doze distritos, que se subdividem em mais de cem bairros.

Sabendo de tudo isso, você deve estar começando a pensar que será uma tarefa impossível escolher os melhores lugares para ficar em Moscou. Mas não se preocupe. Iremos te ajudar.




Fizemos uma seleção dos cinco melhores distritos de Moscou para um turista se hospedar, juntamente com dicas de hotéis e pontos turísticos. Assim, você terá “a faca e o queijo” na mão na hora de montar o roteiro da sua viagem.

Onde ficar em Moscou: dicas essenciais

A cidade de Moscou tem um anel viário (como o Rodoanel de São Paulo) que circunda a região central da cidade. Para ter um roteiro de viagem prático e otimizado, procure se hospedar e se manter dentro desse “círculo”.


Por mais prático e otimizado que seja o roteiro dentro da área central da cidade, não é possível fazer as principais rotas sem pegar algum tipo de transporte, sendo o transporte público a melhor opção. Lembre-se disso quando for reservar o hotel, para que tenha localização próxima a alguma estação de metrô.

Mas não desanime por ter que pegar o metrô, pois as estações são deslumbrantes, merecendo atenção aos detalhes. São um passeio à parte.

Os melhores distritos para se hospedar

Vamos à parte principal desse artigo: os melhores distritos para se hospedar na cidade de Moscou.

Kitay-Gorod

Se você não tem medo de gastar dinheiro e quer ficar hospedado na região mais visitada da cidade, esse é o lugar certo. Esse distrito abriga os pontos turísticos mais icônicos e tem palácios neoclássicos, alguns dos parques mais bonitos e noites cheias de baladas. O transporte público é o mais acessível da cidade nessa região.

Khamovniki

Essa região é considerada nobre, sendo considerada a área residencial mais cara de Moscou. Apesar disso, há opções baratas para se hospedar e é considerada uma região estratégica para turistas, já que está próxima de famosos monumentos. A região é muito bem servida de transporte público.

Arbat

Se você gosta de arte e quer ficar no centro histórico para se sentir na Moscou histórica, esse é o seu lugar. Nesse distrito há uma via homônima ao bairro que tem mais de 500 anos. Nessa via, que é reservada para pedestre, há lojinhas de souvenires, artistas de rua e toda aquela agitação própria de regiões históricas. O preço dos hotéis pode ficar alto se as reservas forem feitas muito próximas às datas da viagem. Reserve o hotel com antecedência para garantir melhores preços.

Presnensky

Se você gosta de comparar construções históricas com construções contemporâneas esse é o seu lugar. Aqui você vai observar o contraste entre os antigos prédios históricos da cidade e os novos e modernos arranha-céus do centro financeiro da Moscou prestes a entrar na década de 2020.

Tverskoy

Esse distrito é considerado por muitos como o melhor da cidade para se hospedar, pois está preparado para hospedar todos os tipos de turista, desde aquele mochileiro que não curte luxo até os turistas mais exigentes. O distrito tem acesso ao ponto mais conhecido da Rússia, a Praça Vermelha.

Se você busca por animação, esse é o distrito certo. Aqui você encontra uma agitada vida noturna, restaurantes finos, praças com boa arquitetura e belos exemplos da arquitetura da Rússia. E para fechar com chave de ouro: o teatro Bolshoi. Esse teatro tem alguns dos melhores espetáculos da Europa. É extremamente recomendada a visita.

Por Bruno Rafael da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *