Como Montar Roteiro de Viagem para Europa





Confira aqui algumas dicas para montar o seu roteiro de viagem para a Europa.

Todo mundo que vai para a Europa, mesmo não sendo pela primeira vez, tem essa sensação de que toda viagem é a primeira. Fica na dúvida sobre por onde chegar, quantos dias passar em cada lugar, que tipo de transporte escolher, e por aí vai?

Por esse motivo, separamos algumas dicas e a forma como você deve montar seu roteiro de viagem à Europa na sua próxima viagem. Para saber tudinho, continue lendo.




Menos é mais quando o assunto é itinerário

É a mesma coisa na hora de arrumar as malas, pense nos lugares que gostaria de conhecer e reduza pela metade. Durante a excitação de fazer uma viagem, a empolgação acaba por aumentar os números e isso na montagem do roteiro não ajuda. O ideal é sempre escolher os lugares que estejam no mesmo trajeto.

Em um mapa ou aplicativo, tudo parece perto, mas em números a situação é bem diferente. É preciso levar em consideração os tempos de voo, transporte quando sair do aeroporto, check-in, etc. Acredite, quanto mais você trocar de local ou cidade, mais tempo você perde.


Para cidades grandes separe pelo menos quatro dias

Toda cidade maior, ou com maior relevância da Europa, precisa de pelo menos 4 dias. Os ônibus de dois andares que costumam ter nesses lugares, acabam passando na maioria dos pontos turísticos em um único dia. Mas você não vai querer passar apenas na porta dos monumentos.

Quatro dias é o ideal para começar a se sentir um pouco morador, com esse tempo é possível começar a se localizar melhor e as obrigações turísticas diminuem. Se for uma capital muito grande, como Paris ou Londres, pense em sete dias, no final de tudo ainda será pouco.

Monte seu roteiro em módulos

Essa é uma das formas mais simples de montar seu roteiro de viagem. A primeira coisa é escolher o seu itinerário e depois dividi-lo em 5 ou 7 dias. Cada módulo desse, deve corresponder a uma metrópole ou uma região que você pretenda explorar.

Você deve ficar na cidade de cada módulo o dia todo ou durante a duração que decidir. Em viagens feitas de carro ou de trem o roteiro pode ser montado com no máximo duas bases, isso deve resolver.

Com bate e volta você viaja mais e cansa menos

Uma das formas de economizar tempo é sempre que possível viajar com algum transporte que seja bate e volta. Se o seu destino for algo que não justifique uma pernoite e sim apenas algumas horas, o seu tempo vai render mais.

Nada de malas, check-in ou check-out, você consegue aproveitar mais o dia e a noite estará de volta em seu local de hospedagem. Poupa energia e consegue aproveitar bem mais.

Avião, trem ou carro?

O trem é um dos meios de locomoção da Europa mais populares, mas quando comparado a viagens de avião, ele perde no que diz respeito ao tempo. Você vai gastar pelo menos três horas com avião de diferença, se pensarmos em despache de bagagens, fazer check-in e esperar as malas.

Porém, ele ainda é o mais indicado para atravessar o continente. Os carros na cidade ajudam muito com o GPS, mas não elimina o estresse com trânsito, buscar por estacionamento, gastos com aluguel, etc. Na hora de montar seu roteiro, isso também deve ser levado em consideração.

Quando fazer as reservas?

Evite comprar as passagens aéreas cedo demais, por mais que seja tentador se segurar diante de algumas promoções. Só compre a passagem quando realmente estiver com seu roteiro de viagem completamente montado.

Depois disso, será o momento para reservar o hotel. De preferência com três meses de antecedência, com isso você evita as taxas e tarifas que os sites costumam cobrar.

Por: Susan Nogart



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *