Turismo no Mar Morto – Hotéis, Restaurantes, Melhor Época Para Ir




Confira aqui algumas dicas de viagem para quem está pensando em conhecer o Mar Morto.

Alguns anos atrás os brasileiros quando saíam de férias para outros países tinham determinados destinos já definidos como os Estados Unidos ou países da Europa. Mas, a verdade é que de algum tempo para cá, os brasileiros estão interessados em conhecer outras regiões em diferentes continentes. E, no texto de hoje, vão ser apresentadas algumas informações sobre um local de tirar o fôlego, trata-se do Mar Morto. Se você tem interesse em saber alguns pontos específicos sobre esse lugar, não deixe de conferir as informações abaixo. Quem sabe o Mar Morto não se torna o destino da sua próxima viagem, não é mesmo?

Explicações iniciais sobre o lugar e qual a melhor época para conhecer o Mar Morto?

Muitas pessoas não sabem sobre as principais informações acerca do Mar Morto. Por exemplo, você sabia que ele ocupa o espaço de três países diferentes? Sim, é possível encontrar extensões do lago em Israel, Palestina (Cisjordânia) e Jordânia. Você deve estar pensando que eu escrevi errado quando coloquei a palavra “lago”. Não está errado. O Mar Morto na verdade é um lago com mais de 600 metros de extensão.


Outro ponto que precisa ser mencionado é sobre a denominação desse espaço. O nome é dado, pois nenhuma criatura seja animal ou vegetal consegue se manter viva em contato prolongado com as águas do Mar Morto. Uma vez, que a quantidade de sal é extremamente alta. Por exemplo, para as pessoas que se banham no rio, é recomendado um contato de menos de 15 minutos. O que faz bem para a estética humana, na verdade, é a lama que fica no fundo do lago. Uma vez que esse composto possui muitos minerais que atuam diretamente sobre a pele, causando rejuvenescimento, firmeza, brilho, cura de doenças, dentre outros, segundo relatos das pessoas que já usaram esse produto natural.

Já sobre a melhor época do ano para visitar o Mar Morto, pode-se falar que é entre os meses de maio e junho. Pois, as temperaturas estão mais agradáveis e também é nessa época que acontece o Ramadã. E com isso, os pontos das praias que formam o Mar Morto vão estar mais vazios. Com isso, você pode ter mais liberdade para aproveitar melhor a viagem. Caso você não consiga a primeira opção, uma segunda recomendação é entre os meses de setembro a novembro, pois é um período mais tranquilo e que a temperatura também está boa.

A respeito da hospedagem no Mar Morto

Como é um lugar de grande visitação, o que não faltam são opções para se hospedar. Se você busca por lugares com mais luxo, busque pelos resorts. Três alternativas que atendem todas as necessidades são: “Holiday Inn Resort Dead Sea” (Jordânia); “The Orchid Hotel and Resort Eilat” (Israel) e “Millennium Palestine Ramallah” (Palestina).


Mas, também existem outras opções de lugares mais baratos, como os tão conhecidos hostels. Ainda existe a alternativa de alugar quartos em pensões, procurar por albergues. A grande dica é sempre procurar por lugares que tendem a mostrar que são de confiança. Por isso, faça uma busca minuciosa. Procure por registros, fotos, entre em contato com o proprietário. E sempre deixe alguém amigo ou familiar avisado sobre o lugar em que você se encontra. Uma boa dica também que precisa ser mencionada é viajar acompanhado, isso também pode fazer com que as despesas diminuam e também a segurança pode ser reforçada.

Sobre a alimentação, dicas de restaurantes

A culinária árabe é uma das mais apreciadas no mundo e isso não é nenhuma novidade. Com isso, não se preocupe que você vai ter uma experiência muito boa em relação à parte de alimentação na região do Mar Morto. Para as comidas típicas viste: o “Haret Jdoudna” ou o “Burj Al Hamam”. Essa última opção também traz pratos vegetarianos.

Já para quem gosta de pratos de outras localidades, uma dica é conhecer o “El Grito Latino Americano”. Ainda têm-se opções mais específicas para comer hambúrguer ou pizza, por exemplo. Basta se informar. Além disso, os hoteis costumam oferecer refeições. Por isso, também vale levar essa opção em consideração.

Essas foram às principais dicas sobre o Mar Morto. Espero que elas te ajudem a começar a planejar uma viagem para esse lugar esplêndido.

Isabela Castro.

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *