O turismo de aventura em Bonito, município do Mato Grosso do Sul, conta com a contribuição do Circuito Arvorismo, cujo grau de dificuldade é denominado “acrobático”.

O circuito possui 350 metros, com treze obstáculos em seu percurso, entre eles quatro tirolesas, pontes (como a Ponte de Bambu e a Ponte Crusoé) , rapel e outras atividades suspensas.

A administradora do Circuito Arvorismo indica que os interessados em percorrer o Circuito devem, além de trazer repelente, vir vestidos com camiseta leve, confortável e comprida (abaixo da linha do quadril); calça ou bermuda comprida que permita boa movimentação às pernas; e calçado fechado (tipo tênis) com meias compridas que passem da altura do tornozelo.

O Circuito Arvorismo localiza-se a 10km da sede de Bonito, na Rodovia MS 345, conhecida como “Estrada do 21”.

O telefone do local é o (67) 3255-1610, e o email é contato@circuitoarvorismo.com.br.

Por Laura Skws.


Bonito, conhecido município do Mato Grosso do Sul, conta com um belo circuito de cachoeiras, que constituem forte atrativo turístico da região.

De acordo com a Prefeitura de Bonito, são cinco os principais destinos que envolvem cachoeiras:

Um deles é o Parque das Cachoeiras, nele os visitantes podem fazer uma admirável caminhada pela mata ciliar do Rio Mimoso, indo ao encontro das famosas cachoeiras do local.

As Cachoeiras do Rio do Peixe, por sua vez, localizam-se na Fazenda Água Viva. Entre os atrativos do local estão: o almoço típico da região, a bela fauna, suas piscinas naturais, rios e, é claro, a rota das belíssimas cachoeiras.

Os atrativos da Estância Mimosa Ecoturismo estão além das cachoeiras. O local possui ainda uma plataforma de salto, pequenas grutas, passarelas suspensas, mirantes e um trecho de trilha percorrido através de barco a remo. Novamente, há oferta de almoço típico aos visitantes.

A estância Boca da Onça Ecotur conta com a cachoeira mais elevada do Mato Grosso do Sul, com 156 metros de altura.

Já a estância Ceita Corê (“Terra de meus filhos”, em Tupi-Guarani), é composta de cachoeiras, pequenas grutas, piscinas naturais, entre outros atrativos.

Para quem quer conhecer Bonito, o turismo nas cachoeiras é uma excelente opção para relaxar e admirar as maravilhas da natureza.

Por Laura Skws.


O feriado de Carnaval foi bem aproveitado pela maioria dos brasileiros. Alguns optaram por ficar em casa e aproveitar as várias horas disponíveis para descansar; outros, diferentemente, usufruíram o tempo livre para viajar para outro município ou Estado e até para o exterior. Daqui a menos de 45 dias haverá outro feriado: Tiradentes e Sexta-Feira Santa.

Uma nova viagem atrai boa parte da população. Destino interessante em função de sua exuberante beleza, a cidade de Bonito, localizada em Mato Grosso do Sul, parece ser uma boa escolha. A Ambiental Turismo, focada nesse roteiro, oferece pacote de cinco dias e quatro noites, o qual inclui hospedagem em apartamento duplo com café da manhã, traslados e passeios em meio à natureza local.

Com saída de São Paulo, no dia 20 de abril, o pacote tem o valor de R$ 1.836. Aos que quiserem efetuar parcelamento, a Ambiental possibilita diluir o valor em cinco vezes. O custo do roteiro é diferenciado de acordo com a cidade de origem, que podem ser escolhidas entre Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Para consultar mais detalhes sobre o pacote, acesse o site da Ambiental.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Muitas pessoas que gostam de viajar, dão preferência para roteiros nacionais. A quantidade de lugares e agências especializadas nesse tipo de turismo é grande e tem crescido muito.

Nos últimos anos um dos destinos mais procurados nas agências é a cidade de Bonito no estado do Mato Grosso do Sul, rica em paisagens naturais, matas, rios e animais, o lugar se destaca por imensa beleza.

A empresa de turismo CVC possui pacotes especiais para quem deseja conhecer esse local tão interessante.

Os pacotes geralmente incluem passagem área de ida e volta, translados e hospedagem para 7 dias.

Um dos locais mais visitados em Bonito é a Gruta do Lago Azul, não perca essa oportunidade de conhecer mais do nosso país.

Acesse o site www.cvc.com.br e saiba mais.

Por Milena Evelyn


Se tem um lugar no Brasil que eu amo no Brasil e indico para qualquer um que me perguntar é a Bonito, no Mato Grosso do Sul. Desde a primeira vez em que estive lá eu descobri o óbvio; Bonito não é bonito, mas sim estupidamente extraordinário.

Complicado é chegar lá, são pelo menos quatro horas de chão por carro, van ou ônibus saindo do aeroporto em Campo Grande. Só que chegando lá compensa tudo. Há o rio Olho D`agua afluente do Rio Prata. Pelo rio é possível encontrar jacarés e sucuris.

Tem a fazenda Parque das Cachoeiras, trilhas entre as sete cachoeiras da região. ótima comida, resort, caminhadas, grutas e lagos subterrâneos que podem ser visitados acompanhado por guias.

Por Teresa Almeida


Um dos roteiros turísticos mais procurados no Brasil é Bonito, no Estado do Mato Grosso. Bonito possui 18 mil habitantes e fica localizada a 257 quilômetros da capital e apesar de ser uma cidade turística, ainda apresenta-se tranquila e sem violência, um ótimo refúgio para quem quer sair um pouco da rotina das grandes cidades.

Lá você pode mergulhar no Rio Sucuri, cuja visibilidade é facilidade pelo calcário, e sair deslizando sendo embalado pela correnteza da água e aproveitando para visualizar as belezas aquáticas naturais.

Além disso, vale a pena encarar uma escadaria de duzentos e noventa e quatro degraus para chegar na gruta do Lago Azul, com águas cristalinas. A caverna foi descoberta por um índio, em 1924 e em 1992 uma expedição encontrou vários fósseis de mamíferos que viveram lá cerca de seis a dez mil anos atrás. A profundidade do lago é estimada em 90 metros.

Outra atração são as Grutas de São Miguel,  situadas na Reserva Natural Parque Ecológico  Vale Anhumas. Para chegar nas grutas percorre-se uma trilha de duzentos metros em meio à mata virgem.  O trecho pode ser feito a pé ou por um carro elétrico.

A visita pode ser feita o ano todo.


A cidade de Bonito no Mato Grosso do Sul, já é especialmente famosa pela beleza natural, rica em diversidades. Porém a Lagoa Misteriosa, em Jardim, trás uma curiosidade singular.

Reaberta depois de três anos, é um ótimo atrativo para turistas de todos os lugares, pois possui uma visibilidade de 40 metros, mas nunca foi encontrado ou visto o seu fundo mesmo depois de 220 metros de profundidade alcançados (a maior profundidade registrada).

Apesar do interesse no mergulho de exploração os peixes não são a razão maior, pois existem apenas três espécies vivendo neste habitat. Na realidade as plantas aquáticas chamam mais a atenção, isso por que elas formam uma “pintura” nas paredes da lagoa.


Pela sétima vez consecutiva Bonito, município de Mato Grosso do Sul foi eleito pela revista Viagem e Turismo, da Editora Abril, como a melhor opção em ecoturismo do Brasil. Referência como local de mergulhos em águas cristalinas, a cidade encanta pelas belezas naturais, como grutas, cachoeiras e cavernas.

A eleição foi realizada através de uma votação feita exclusivamente com os assinantes da revista. Alguns dos lugares mais bonitos da cidade são subterrâneos, como as grutas do Lago Azul e do Mimoso atraem uma série de mergulhadores que buscam aventura.

Para quem deseja praticar ecoturismo, Bonito é o lugar ideal. São várias opções como a Boca da Onça, Cachoeira do Rio do Peixe, Buraco das Araras, Aquário Natural, Gruta de São Miguel, além de outras maravilhas, inclusive para quem pratica rapel e arvorismo.

Bonito está localizada sobre o Planalto da Boquena e é considerada pólo do ecoturismo, sendo reconhecida inclusive mundialmente. Se você ficou com vontade de saber mais sobre a cidade que faz justiça ao nome que ganhou, acesse o site da Prefeitura de Bonito.


Os passeios pela Lagoa Misteriosa, a 40 km de Bonito – distante 330 km de Campo Grande, são inesquecíveis. A lagoa é dotada de uma beleza inconfundível e atrai turistas de todas as partes, está localizada atrás de uma colina, semelhante a um buraco, tem ao seu redor uma exuberante vegetação.

Um dos passeios é a trilha interpretativa em meio à natureza, onde o visitante observa a biodiversidade de espécies de fauna e flora ali presentes. A trilha segue até um mirante de 70 metros, propício para se ter uma visão geral da região.

A lagoa é muito profunda e sua água é extremamente transparente, ideal para a prática de mergulho. Existem ainda paredões rochosos, areais brancas e troncos caídos, formando uma das imagens mais belas do Brasil.

Descanse em uma das sugestões:

  • Pousada Moinho de Vento (67) 3255.1086
  • Pousada Paraíso (67) 3255.1660
  • Pousada Sonho Meu (67) 3255.1658


Para os mergulhadores que procuram emoção, Bonito, no Mato Grosso do Sul, reserva diversas opções, como o mergulho no Abismo Anhumas ou o mergulho com cilindro no Recanto Ecológico Rio da Prata, além de outros lugares propícios ao esporte.

Bonito é a principal cidade da região turística da Serra da Bodoquena e a Depressão do Miranda.

O local também reserva beleza em atrativos naturais menos radicais, como as inúmeras cachoeiras e piscinas naturais no meio do Rio Formoso, situado na Ilha do Padre. Ou o Parque Ecológico Rio Formoso, que possui trilha pela mata ciliar em meio a uma belíssima flora.

Sugestão de repouso:

  • Eco Pousada Villa Verde (67) 3255.1818
  • Hotel Pousada Águas de Bonito (67) 3255.2330
  • Camping Barra Bonita (67) 3255.1266

Se você procura por águas cristalinas, Bonito é uma das melhores escolhas no Mato Grosso do Sul.





CONTINUE NAVEGANDO: