Dicas de turismo no Pantanal



  

Grande parte na Região Central é ocupada pelo Pantanal, esta planície alagada está presente nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso. Além da extensão em terras brasileiras, o Pantanal também existe no Paraguai, Bolívia e Argentina, nesses países a maior planície alagada da terra se chama Chaco.

As mudanças drásticas na paisagem do Pantanal são decorrentes da variação entre períodos de seca e humidade (a água divide o clima em dois períodos bem diferentes), todas estas alterações de uma estação para outra faz da planície um local único e que cada vez mais está atraindo turistas de vários lugares do país e do mundo. No Pantanal, o ecoturismo é uma das grandes atrações.

É nesta planície pluvial que se desenvolve uma grande quantidade de espécies da flora e da fauna, a abundância de ambos é resultado da influência dos biomas da Mata Atlântica, Chaco, Cerrado e Amazônia. No Pantanal são encontradas mais espécies de aves do que na América do Sul e mais tipos de peixe do que na Europa. O cenário formado entre os mais diversos componentes da flora e da fauna junto às variações do clima é um dos mais belos da terra. 

Desbravar o Pantanal por meio de trilhas é um desafio que a maior parte dos turistas, principalmente os estrangeiros, procura encarar assim que chega nesse paraíso natural. Outras atividades que são muito atraentes para os visitantes são safaris fotográficos, ecoturismo e pesca esportiva. Alguns dos passeios mais realizados no Pantanal são cavalgada, caminhada, observação de animais, passeio de barco, manejo do gado, entre outros.





Para alojar o grande número de visitantes, foram construídos muitos hotéis e pousadas que alojam os turistas com muito conforto e hospitalidade. Há muitas hospedagens, algumas dessas são Pousada do Agupé, Refúgio Ecológico Calman, Pousada Refugio da Ilha, Recanto Barra Mansa, Pousada Monteiros, Pousada Xaraés Ecoturismo, Fazenda São Francisco.

Geralmente, as hospedagens da região oferecem serviço de alimentação, guia turístico, passeios, transfer entre o aeroporto e a pousada/hotel. O preço da estadia na alta temporada (julho a setembro) é bem mais elevado, pois nessa época muitos turistas buscam conhecer as belezas do Pantanal.

Por Melina Menezes

Pantanal



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *